Arquivos de sites

Na Ignorância dos Comuns

Mais uns dias passaram e mais uma vez senti que informação extremamente importante acabou por passar quase despercebida por entre as malhas da racionalidade colectiva. Foi informação que se foca especialmente em Portugal, mas que infelizmente é em larga medida reveladora do racional das elites institucionalizadas presentes um pouco por todo o mundo ocidental, e não só.

 1bancos

o Governo quer que o Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social passe a investir 90 por cento da carteira da poupança dos portugueses em dívida pública nacional. Na prática, significa aumentar de 6 para 10 mil milhões de euros as aplicações da Segurança Social em dívida nacional.
Jornal de Notícias

Antes de mais, o significado de “investir”: “ECONOMIA – aplicar capitais com o intuito de obter um valor suplementar”
A pergunta que se segue é: que valor suplementar existe para a Segurança Social, e para as pensões, que o dinheiro seja “investido” em dívida pública nacional? Que valor? Algum?
Alguns com um racional menos matemático irão provavelmente afirmar que tal serve para garantir a sustentabilidade das contas públicas. Para esses digo apenas isto: peguem numa máquina de calcular e façam contas à dita sustentabilidade das contas públicas – são impagáveis qualquer que seja o caminho tomado que não o de não pagamento de uma parte significativa da mesma. E não, não é não pagar porque assim desejamos, mas porque é matematicamente impossível. É só fazer contas.

se o Estado português claudicar no falhanço das reformas estruturais e o Estado nunca controlar o défice (continuando a endividar-se), isso significa que os trabalhadores portugueses vão ser o primeiro dano colateral dessa política. Quem faz descontos estará literalmente a financiar a dívida pública, sem qualquer diversificação, prudente, dos ativos da Segurança Social
Jornal de Notícias

Ainda poderia existir uma esperança aninhada em bons resultados das políticas seguidas, mas nem isso serve de porto minimamente seguro para justificar a aceitação passiva desta medida, porque como todos estão a par, ou deviam, não tem sido alcançado quase nenhum dos resultados económicos propostos.
E se então é matematicamente impossível, porque razão as nossas elites institucionalizadas queimam o racional incontornável da impossibilidade e tentam tornar o impossível em possível?

É um plano maquiavélico de Gaspar e da troika. […] sempre que alguém reclamar perdão da dívida para Portugal isso significará, não só uma hecatombe nos bancos portugueses, carregados de dívida pública, mas também a perda das poupanças amealhadas pelos portugueses na Segurança Social. […] Portanto, não nos esqueçamos: sempre que quisermos um perdão de dívida de (30… 40… 50… por cento) será essa percentagem que desaparecerá da Segurança Social. Com uma diferença entre os credores internacionais e nós: eles beneficiaram de juros elevados, durante muitos anos; nós entramos com a casa a arder apenas para os ajudar a perder menos dinheiro.
Jornal de Notícias

Eis o trabalho que há muito anda a ser feito. Perante a impossibilidade matemática de pagamento, estes anos têm sido quase exclusivamente usados para espoliar o máximo possível tudo o que seja passível de transferência para os credores internacionais – Elites institucionalizadas, mesmo que isso venha a significar a destruição do sistema social que segura a democracia, ampara a sociedade moderna e que, para uma fatia cada vez mais significativa da população, significa a diferença entre vida e morte. Eles – elites institucionalizadas – estão bem a par do dano que tais medidas irão causar. Estes são sinais que nos comprovam que a sua causa não é a nossa, por muito que os sound bytes nos desejem fazer crer o contrário.
Esta medida é imensamente mais gravosa do que era a TSU, e no entanto o povo ficou sereno, está sereno e quase nem se manifestou mentalmente perante este racional que em nada defende o futuro e o interesse público. Mais um silêncio da ignorância auto-infligida e, em muito casos, desejada.
Mas tal como reza a História, o povo é sereno até ao dia em que deixa de ser. Tal como assistimos hoje na Turquia, depois de silêncios de ignorância acumulados ao longo dos anos, o povo deixou a serenidade de lado e reagiu de forma descontrolada perante algo quase supérfluo, quase incrível, uma gota de água. O copo transborda quase sempre quando menos se espera e, quando transborda dessa forma, explode invariavelmente de forma violenta…

Turquia proíbe consumo de álcool das 22h às 6h e restringe publicidade
Folha

Portanto, estamos em Portugal, na Europa e não só, perante uma elite institucionalizada que não segue a causa dos comuns, que continua a encher gota-a-gota o copo do descontentamento, que continua na esperança que a ignorância auto-infligida da maioria dos comuns lhes continue a dar margem para espoliar ainda mais e mais, até…

O potencial para a instabilidade social em países da União Europeia é maior do que em qualquer outro lugar no mundo e as lacunas já abissais entre ricos e pobres, um importante gatilho, tendem a aumentar globalmente
Reuters

Será o mesmo neoliberalismo [palavra que esconde o espoliar dos comuns em favor de uma elite institucionalizada] político que tanto encanta as elites, a causa da sua própria destruição. O problema mor é que essa destruição significará muito provavelmente uma destruição acentuada nos comuns, na sociedade e na democracia.

O paradoxo que mais me revolta é o dos países que enriquecem mas cujos habitantes empobrecem. […] Qual a utilidade da democracia, interrogam-se, se ela não consegue protegê-los deste insólito abandono? Se ela não aperfeiçoa rapidamente as condições materiais da sociedade? […] as revoltas voltarão – e o Portugal de hoje é um exemplo disso. É uma questão de oportunidade e de tempo. […] É isto que a globalização pretende? É isto que o actual governo de Portugal pretende?
Jornal I

De que serve a democracia quando deixa de funcionar em prol dos comuns e passa funcionar em benefício das elites institucionalizadas, democracia essa que foi delapidada principalmente por causa da desresponsabilização dos comuns perante uma das suas mais importantes obrigações em democracia: controlar os abusos? A resposta, como reza invariavelmente a História, será primeiro uma convulsão contra a democracia, seguido de um tempo de anarquia, acabando nas mãos de um líder que arrasta as massas.
Que líder frequentemente acaba por ser esse?

Não era apenas porque os seus símbolos se pareciam com suásticas. […] Mas sim porque eram tantos. Homens e mulheres enraivecidos gritando furiosamente “A Grécia é dos gregos” […] Como os soldados que lhes servem de modelo, os gregos que subscrevem o dogma ultra-nacionalista neo-fascista do Golden Dawn são os primeiros a dizer que estão em guerra.
Business Insider

Na ignorância auto-infligida da maioria dos comuns costumam nascer resultados que são contrários aos desejos da esmagadora maioria deles mesmos. A falta de um porto seguro, uma democracia viva e dinâmica – culpa do seu alheamento do controlo de abusos –  conduz frequentemente à capitulação da sociedade a ideais que lhes dizem oferecer espaço para um novo e mais seguro porto. A restante história desse novo e aparente porto seguro está escrita na História recente da Alemanha, de Itália, do Brasil, da Argentina, de Portugal, de Espanha, da Tunísia, do Uruguai, do Chile, do Panamá, do Zimbabué, da África do Sul, do Japão, da China, da Rússia, de Mianmar e de tantos e tantas outras largas dezenas de exemplos iguais de tiranias.

Irá desta vez ser diferente?
Iremos desta vez largar a ignorância auto-infligida e promover um espaço comum melhor?

Os sinais são tudo menos auspiciosos. Uma vasta maioria dos comuns continua a defender e acreditar nas elites institucionalizadas, as mesmas elites que mentem, manipulam, espoliam e destroem a democracia, a sociedade e a vida. E não, não é estar contra e culpar tudo o que  os político fazem e dizem que os comuns estarão a conseguir escapar da ignorância auto-infligida, bem pelo contrário! As pseudo-elites políticas são alvos de arremesso posicionados pelas verdadeiras elites que dominam o mundo para afastar a atenção dos comuns. As verdadeiras elites são transnacionais, são apátridas, não têm os valores dos comuns e traçaram o caminho da destruição, porque é na destruição que mais capitalizam as suas valias; na guerra, na fome, na destruição ambiental, no roubo da economia que devia ser para todos.

O capital global, na forma de corporações multinacionais assim como multimilionários, estão a ganhar enorme poder de negociação sobre os países. As empresas globais não estão interessadas em melhorar a qualidade de vida num determinado país nem na melhoria de competitividade de uma nação. O seu único objectivo é a maximização dos retornos para os seus investidores.
Business Insider

São estas as verdadeiras elites institucionalizadas.
Muitos perguntam: O que podemos fazer contra elas?

Qualquer tentativa de aumentar o poder das nações ou grupos de nações em relação às corporações e multimilionários globais irá certamente provocar uma reacção feroz. Os lóbies financiados pelas corporações, os seus advogados, os seus operacionais políticos, os impérios de média, as doações de campanhas políticas, os grupos de intelectuais e o engodo de lugares bem pagos no estado irão todos ser destacados em oposição a tais intenções.
Business Insider

E voilá, ei-los – as elites – realmente preocupados. E então não será antes por aqui e não ficar apenas a lançar tomates às cores e caras políticas que são trocadas pelas verdadeiras elites como quem muda de fralda, e direccionar o colectivo dos comuns exigindo às verdadeiras elites imutáveis a cedência de controlo para as nossas mãos, as mãos do povo?
Quando os comuns não conseguem ver o verdadeiro inimigo, a História já está escrita, será apenas e novamente revista.

O 1% mais rico controla actualmente 39% da riqueza no mundo, e é provável que o seu quinhão continue a crescer
CNBC

Como poderão a democracia e a sociedade moderna sobreviver num mundo em que uma mão cheia de indivíduos são mais ricos que nações, em que se podem dar ao desplante de comprar “todos” os políticos que desejam?
Já chega de andarem a fazer cócegas às elites culpando as caras dos políticos por tudo. Já chega!
O que está a acontecer não é algo novo, a História está repleta de momentos em que a sociedade viveu exactamente o mesmo tipo de situação que hoje vive, é apenas na ignorância auto-infligida dos comuns que tudo parece ser a primeira vez.
Para os mais esquecidos e mergulhados na sua ignorância talvez as palavras de Plutarco, que viveu de 46 – 120 d. C, possam ajudar uma qualquer coisinha:
“Uma desigual distribuição de riqueza entre os ricos e os pobres é a doença mais antiga e fatal de todas as repúblicas.”

E assim vamos caminhando para o fim deste texto, e também talvez estejamos todos a caminhar para um reinício civilizacional – frase que poderá agradar a muitos daqueles que já se consideram “acordados” para estas questões, dos quais muitos dos que conheço se esquecem, ou desejam não ter de se lembrar, que antes de um reinício existe sempre um fim, fim que só muito raramente termina de forma pacífica e sem avultados danos nas vidas comuns. Portanto, também para aqueles que lutam cegamente por um reinício, ficam as palavras de que lutar por um reinício sem acautelar os danos do fim e sem se tratar da forma de como reiniciar com o menor de danos é ignorância auto-infligida equiparável à ignorância auto-infligida dos comuns que ainda não “acordaram”. Destruição é sempre destruição…

O tempo acaba sempre por levar os grandes projectos e organizações humanas, incluindo as civilizações, ao seu fim. As civilizações são sistemas adaptativos complexos que funcionam em equilíbrio instável à beira do caos.
Público

E talvez, como no último texto que escrevi, a informação seguinte seja demasiada para aqui estar. Mas tal como no outro texto, há informação que dada a sua possível perversidade para com a sociedade e silêncio dos meios de informação para as massas será sempre vista e sentida como “demasiada”.

A reunião anual que junta realezas, primeiros ministro e chefes de multinacionais – famosa por ser envolta em secretismo – vai este ano ter lugar no Reino Unido […] O véu de secretismo que envolve estas reuniões, que bane a participação de jornalistas, tem alimentado muitas teorias da conspiração, incluindo que os participantes estão a conspirar para dominar o mundo.
Daily Mail

E pronto, assim fechei este texto com mais uma história de “doidinhos”, mas – apenas como um ínfimo exemplo – relembro aos “sãos” que ainda ontem a União Europeia era uma instituição só com virtudes e que quem se atrevesse a dizer o contrário era conotado como “doidinho”…

Notícias do Dia 29/05/2013

* Corrupção é problema que já vinha da ditadura
([…] “não só não houve combate eficaz à corrupção, como não houve combate nenhum, como pelo contrário o regime organizou-se para fomentar a corrupção”. “A política transformou-se numa mega central de negócios, os grupos económicos dominam os partidos e por essa via toda a vida política e a democracia está refém desta situação” […] “a sociedade portuguesa está hoje contaminada na sua opinião pública por mentiras permanentes” […] “Aliás, essa é uma forma de ilibar os principais responsáveis” […] “Eles [políticos] nunca chegaram ao poder por um golpe de Estado. Eles são escolhidos pelo povo português, que sabe do que se passa. É também ao povo português que devemos imputar a responsabilidade por esta situação” […] porque o povo português não exerce cabalmente a sua ação de vigilância, de crítica cívica” […] Em Portugal o silêncio — por cobardia, por medo, por oportunismo — rende sempre mais, é sempre muito mais vantajoso do que a denúncia, do que a crítica” […])
* União Europeia investiga Passos Coelho, Miguel Relvas e Tecnoforma Sai mais uma mão cheia de nada? Ou chantagem?
* Ministério Público deve investigar chantagem sobre Portas e Cavaco
(“Paulo Portas tem sido chantageado pelo governo por causa do processo dos submarinos e dos carros de combate Pandur”. […] A coacção parte do governo ou de fora dele? Há forças estrangeiras envolvidas, sabido que os submarinos foram vendidos pelos alemães e que o processo por corrupção aberto na Alemanha acabou com um acordo entre os arguidos e o Ministério Público, deixando o caso por esclarecer.)
* Luvas dos submarinos com rasto no Dubai
* “Pior que as estimativas da recessão, é o crescente endividamento”
* Fim-de-semana com o morto
(Há mais um pormenor sobre o filme do início deste artigo que pode ser relevante para a reflexão. É que no final da história, os “parceiros” do morto conseguem safar-se. O morto, esse, bem, continuou morto.)
* A vitória é nossa
(Não há que enganar, a austeridade é um êxito retumbante. Franquelim Alves, o tal que não se deu ao trabalho de avisar o Banco de Portugal sobre o fiasco do BPN, anunciou aos deuses do investimento que os nossos ordenados já oferecem “condições mais favoráveis” – leia-se “estamos a um passo de concorrer com o Bangladesh”.)
* A resistência cultural
(Este escândalo de se procurar a felicidade pelo terror “explica-se” pela necessidade de socorrer o capitalismo a qualquer preço, “custe o que custar” […])
* As revoltas voltarão?
(Em certas zonas da Ásia e do Pacífico, o neoliberalismo não conheceu sucessos macroeconómicos a não ser em Estados não democráticos – por exemplo, a Coreia do Sul, Hong Kong, Tailândia, Singapura e o Chile do tempo do general Pinochet. […] Por outro lado, como os Estados estão a deixar de garantir o direito à educação, à habitação, à saúde e à agricultura, e qualquer dia à segurança social, as revoltas voltarão – e o Portugal de hoje é um exemplo disso. É uma questão de oportunidade e de tempo. E, assim, a voz dos pobres virá a ser cada vez mais audível num mundo onde, em breve, os ricos serão mais de quinhentos milhões e os pobres e excluídos muito acima dos cinco biliões? É isto que a globalização pretende? É isto que o actual governo de Portugal pretende?)
* Direitos de passagem Bónus…
* Metro perde dois milhões de passageiros por mês
* DECO denuncia “estranha harmonização” de preços nas botija de gás Bónus…
* Pobres estão cada vez mais pobres
* Número de portugueses com fome aumenta
* Portugal é “refúgio” de capitais ilícitos angolanos Bónus…

* E pluribus unum? Claro que não…
(A zona euro parece estar a repetir, embora por enquanto em menor extensão e num contexto parcialmente diferente, os erros que nos anos 1930s conduziram à Grande Depressão.)
* Europe’s problem isn’t a recession – it’s a depression
([…] o problema na eurolândia é melhor descrito como uma depressão económica – uma quebra na economia que é resulta de um colapso sistémico. Não é um evento cíclico. […] Por isso, o declínio económico só irá agravar-se, e continuar durante um longo período de tempo.)
* German EU commissioner dismisses David Cameron as a ‘hobbled prime minister’, says Italy is ‘ungovernable’ and claims ‘Europe is ripe for an overhaul’
* Pimco warns of eurozone ‘zombification’
* Analysis: Europe’s austerity-to-growth shift largely semantic
* ‘Keeping euro afloat at all costs behind catastrophic EU unemployment’
* Desemprego cresce quatro vezes acima do esperado na Alemanha
* Eurozone fears for Slovenia as bad debt brings economy to a standstill
* Italy GDP contracted 230 billion euros in 2009-2013
* Greek children increasingly living in poverty, says UN report
* Technocrat Oresharski Becomes Bulgaria’s New PM Alegria para a UE…
* Swedish riots: if instability can happen here, what might unfold elsewhere?
([…] o país a braços com turbulência está a ficar polarizado, e está a render mais dos seus serviços públicos a privados (por vezes com resultados desastrosos). […] A primeira coisa que devemos observar sobre a Suécia é o quão rápido se está a abrir o fosso entre ricos e pobres.)
* Germany fears revolution if Europe scraps welfare model
* “Sr. Euro” debaixo de fogo
* Grillo blasts Italians who didn’t vote for M5S

* ECB: Cyprus Shock Caused Deposit Flight Se falam em pequena…
(O bailout da zona euro ao Chipre causou uma pequena corrida aos bancos em muitos dos 17 membros da união em Abril, exacerbando o declínio nos empréstimos à economia real […])
* Bank of Cyprus may Still Collapse
(O Banco do Chipre, o maior do país, poderá necessitar de ser ainda mais recapitalizado, disse na quinta-feira o governador do banco central Panicos Demetriades. […] Os depositantes do Banco do Chipre contribuíram com 37,5% dos seus depósitos acima de 100.000 euros para salvar o banco. Em breve irá ser decidido até quanto de mais de 22,5% dos seus depósitos irá ser afectado pela análise da BlackRock.)
* Depósitos em Espanha estão em queda
* Dívida pública detida pelos bancos aumentou 250 por cento em 15 meses Casino…
* Espírito Santo Financial Group fecha trimestre com prejuízos de 13 milhões
* Portugueses tiram 1,2 milhões dos PPR para pagar crédito

* OECD gloomily cuts global growth outlook to 3.1%
* Nations Around The World Are Getting Smoked By Corporations
(O capital global, na forma de corporações multinacionais assim como multimilionários, estão a ganhar enorme poder de negociação sobre os países. As empresas globais não estão interessadas em melhor a qualidade de vida num determinado país nem na melhoria de competitividade de uma nação. O seu único objectivo é a maximização dos retornos para os seus investidores. […] Os impostos efectivos sobre as multinacionais e os multimilionários estão em declínio em quase todas as partes do globo; as regulações estão a ser desmanteladas (nem mesmo o maior desastre financeiro desde 1930 conseguiu produzir muito em relação a novas regras financeiras); estão a crescer os subsídios dos governos às corporações; e os salários reais estão em queda.)
* No saviour in sight as world credit cycle rolls over
* Looting Of America
* We Are Now One Year Away From Global Riots, Complex Systems Theorists Say
* Food banks struggle to feed hungry as demand rises
* Outlook for China’s Economy Just Keeps Getting Worse
* Seeking Help — For China’s Labor Market
* Suddenly bankrupt: People with great credit scores are hurtling into crisis
* Delinquent US student loans hit record high, with over $100 billion past due
* Number of homeless youths on the rise, suggests shelter, hotline data EUA
* Worse-Than-Cyprus Debt Load Means Caribbean Defaults to Moody’s
* Dilma, a mãe dos cleptocratas
([…] o perdão da doutora destina-se a alavancar interesses empresariais brasileiros. Todas as dívidas caloteadas envolveram créditos de bancos oficiais concedidos exatamente com esse argumento. […] essa Guiné tem a maior renda per capita da África e um dos piores índices de desenvolvimento do mundo. […] Se o Brasil não fizer negócios com o sobas, os chineses farão, assim como os americanos e europeus os fizeram. As caixinhas de Gaddafi para universidades inglesas e americanas, assim como para a campanha do presidente francês Nicolas Sarkozy, estão aí para provar isso. Contudo, aos poucos a comunidade internacional (noves fora a China) procura estabelecer um padrão de moralidade nos negócios com regimes ditatoriais corruptos.)
* Brazil’s treatment of its indigenous people violates their rights
* The jewellery designer who turns profits into aid for the poor

* Stock markets tumble across the globe as investors take fright at OECD warning over global growth
* FDIC: Banks Net Income in 1Q Hits All-Time High of $40.3 Billion Noutro planeta…
* Royal Mail banks in spotlight over Libor-rigging Mais uma…
* Payday loan companies are bleeding an already indebted Britain dry
* Are current accounts the next mis-selling scandal for the banks? Customers being ripped off and unable to get perks they are being charged for
* Political intelligence firms set up investor meetings at White House Na cama…
* Tory MPs were ‘warned their career and seat were under threat’ if they did not back gay marriage in free vote Como será então com casos bem mais sérios?!?!?
* Total multada em 308 milhões para evitar acusações de corrupção
* 1,08 milhões de milhões de euros saem de África em 30 anos
(“O pensamento tradicional é que o Ocidente tem inundado África com dinheiro através de fluxos de ajuda internacional e do setor privado, sem receber grande coisa em troca. O nosso relatório inverte esta lógica – África é um contribuinte líquido para o resto do mundo há décadas” […])
* Rob Ford’s Family In Drugs? Toronto Mayor’s Connections With Underworld Run Deep, Globe And Mail Reports

* Rising cost of living drains retirees’ savings
* US Busts Bitcoin-Like System Liberty Reserve in Costa Rica

* FBI used Photoshop in Boston bombings evidence: Investigative journalist Hmmm…
* Abu Nusaybah, ‘Friend’ Of London Attack Suspect Michael Adebolajo, Arrested After BBC Interview
* Slash welfare budget, pour money into security – UK
* ‘The enemy is everywhere’: Former MI5 head calls for people to spy on their neighbours following murder of soldier Lee Rigby PIDE
* UK security services ‘completely out of control’
* The US press and repression in the Obama era
(Paulo Freire, o radical educador brasileiro, lembra-nos que agir contra a opressão só é possível quando as pessoas desenvolveram consciência crítica.)
* Singapore Tightens Grip on Internet News Sites
* Obama and the 1917 Espionage Act
(O Presidente usa a demasiado ampla e pouco utilizada lei da Primeira Guerra Mundial para perseguir jornalistas.)
* Opinion: Worse Than Watergate
* Report: Holder Went Judge Shopping To Obtain Fox News Subpoena
* EUA: cartas derrubam tese de que abusos do Fisco foram restritos
* US spy device ‘tested on NZ public’
* With New Mini-Satellites, Special Ops Takes Its Manhunts Into Space
* German railways to use mini drones to stop graffiti
* New website reveals extent of secret CIA flight network
* Forças britânicas mantêm dezenas de afegãos detidos há mais de um ano sem acusação
* CIA thwarts polio vaccination campaign
* How the U.S. Government Hacks the World
* ‘The future of freedom on the internet is at stake’
* Exclusive: Facebook censors pictures of children rallying against GMOs during global March Against Monsanto
* A volta da mordaça: Juíza censura o jornalista Emiliano José Shhh…

* Why I think we’re wasting billions on global warming, by top British climate scientist
* Hay Festival 2013: global warming is ‘fairly flat’, admits Lord Stern
* Verão de 2013 será o mais frio desde 1816
(Segundo o relatório apresentado pelo canal francês de meteorologia esta probabilidade acontecerá devido a um inverno longo que levou a um arrefecimento do mar e também à elevada presença de partículas vulcânicas na atmosfera, libertadas pelas fortes erupções ocorridas nos últimos anos em vários pontos do planeta, que servem de ‘filtro’ aos raios solares, reduzindo o aquecimento provocado pelo Sol. […] Algumas estimativas consideram que em 2013, no verão, as temperaturas poderão cair, em média, um a três graus na Península Ibérica. Também haverá precipitação. Significa isto, de acordo com as previsões do La Chaine Météo que há 70% de probabilidades de que haja uma ausência completa de verão na Europa Ocidental.)
* Tim Yeo: humans may not be to blame for global warming
(O Sr. Yeo, ministro do ambiente durante o tempo de John Major, é um dos mais fervorosos defensores no Partido Conservador de ação radical para cortar as emissões de carbono.)
* ‘Monsanto is the metaphor for genetic manipulation, food chain control’
(O problema fundamental com as culturas transgénicas é serem biológica e geneticamente instáveis. […] estão sempre em mutação.)
* GM ‘hybrid’ fish pose threat to natural populations, scientists warn Brincando ao aDeus…
(Os filhos do salmão geneticamente alterado e da truta castanha selvagem crescem ainda mais rápido e são mais competitivos que os seus pais, revela um novo estudo, fazendo aumentar os receios de que animais transgénicos que escapem para a poderem causar sérios danos às populações naturais.)
* Biodiversity Loss Becoming Major Threat For Farmed Plants And Livestock Breeds
(Está a acelerar o declínio da biodiversidade nas plantas de cultivo e nos animais de abate, ameaçando o futuro da oferta alimentar para uma população mundial em crescimento […] existem 30.000 plantas comestíveis mas apenas 30 culturas são responsáveis por 95% da energia despendida na alimentação dos humanos […] 22% das raças de animais de abate estão em risco de extinção.)
* O poder das corporações que controlam o comércio dos agrotóxicos
([…] nos últimos três anos, o Brasil se tornou o maior consumidor de agrotóxicos, perto de um bilhão de litros utilizados, um crescimento de 190% em dez anos. […] O mercado dos agrotóxicos, insumos e das sementes, além de movimentar cifras bilionárias anualmente, que supera o PIB de vários países, tem a fabricação e comercialização desses produtos controladas por um cartel (acordos entre si) constituído por seis grandes multinacionais – Basf, Bayer, Dupont, Monsanto, Syngenta e Dow. O poder é tanto que, em países com pouca tradição democrática, como o Brasil, muitos dos agrotóxicos e sementes modificadas liberados para comercialização ocorreram mediante acordos públicos envolvendo empresas como a Embrapa, considerada uma das mais conceituadas no campo das pesquisas agropecuárias no mundo. […] Com essas políticas, abriram-se as portas para que companhias estrangeiras conquistassem no Brasil status de poder capaz de influenciar os poderes legislativos e executivos na regulação de leis menos restritivas, especialmente no que tange a comercialização de fertilizantes e agrotóxicos. Nesse aspecto, diante da concepção de economia sustentável que o governo brasileiro tenta incutir no imaginário social, na defesa de uma alimentação mais saudável e nutritiva, esconde-se uma política perversa e terrorista, dominada por setores agroquímicos, que vêm introduzindo a venda casada de sementes geneticamente modificadas e agrotóxicos. […] anualmente 400.000 mil pessoas são contaminadas, totalizando quatro mil mortes. […] admite-se que, de cada indivíduo avaliado com intoxicação, outros cinqüentas ficam de fora.)
* Fipronil named as fourth insecticide to pose risk to honeybees
* Diet soda as bad for teeth as meth, dentists prove
* Walmart found guilty of dumping hazardous waste nationwide
* Study shows dangers of BPA chemical used in plastic packaging
([…] causando possíveis alterações em determinados aspectos do comportamento sexual […])
* ‘Horror movie in a pill’: Side-effects of Lariam worse than malaria
* At what cost? Life-saving drug withheld
* Saúde à venda: tratamento de pneumonia custa até US$ 38 mil nos EUA
* The mother with cancer who can’t cuddle her children – because treatment has made her RADIOACTIVE
* Wi-fi radiation may trigger cancer and Alzheimer’s
* Devastating Photos Of India’s Illegal Coal Mines
* Mining in the Congo
* Worse than fracking? California environmentalists terrified by acid jobs
* Volcanic Riddle: Burst in Mount Etna Eruptions Puzzles Experts
* Feds Open Special Inspection Into NC Nuke Plant
* Coreia do Sul desliga mais dois reactores nucleares devido a falsos certificados de qualidade
* Seaweed forces East Lothian’s Torness nuclear plant closure

* Strict radiation reference levels shunned to stem Fukushima exodus

* Russian gas pipeline could doom Europe’s Nabucco plan
* Cheap shale gas bubble ‘will burst within 2-4 years’: Expert
(“A bolha dos preços baixos [nos Estados Unidos] irá estourar dentro de dois a quatro anos”, afirmou Hughes. “A um preço suficientemente elevado, a bolha da oferta irá estourar talvez dentro de 10 a 15 anos, quando os locais para perfuração começarem a escassear”. “A oferta pode ser mantida durante muitos anos, mas apenas a preços cada vez mais elevados com cada vez maiores impactos ambientais devido ao cada vez maior número de poços que terão de ser perfurados”. […] “A bolha é resultado do esgotamento dos pontos de extracção mais ricos e em que as perfurações terão de se movimentar progressivamente para áreas de qualidade inferior, requerendo cada vez mais poços e preços cada vez mais elevados para os justificar” […])
* UK Gas Supply Six Hours From Running Out in March
* Cerca de 1,2 mil milhões de pessoas vivem sem eletricidade
* Massive power outages continue Paquistão
* ‘Don’t pay electricity bills!’ Egypt campaign protests blackouts
* UAE starts work on second nuclear reactor
* “Europa relançou plano para tornar eletricidade mais cara”
* War on Subsidies: Brussels Questions German Energy Revolution
(Os donos de eólicas e parques solares receberam aproximadamente 14 mil milhões de euros só no ano passado. Esta é a diferença entre o preço garantido e o que realmente alcançam no mercado pela electricidade que injectam na rede. […] Existem muitas razões para a explosão nos custos. Contrariamente ao anteriormente previsto, os parques solares e eólicos estão ainda muito longe de conseguirem produzir energia aos preços possíveis nas centrais alimentadas a carvão ou nucleares. Existem também os elevados custos associados com a expansão da rede e com as instalações de armazenamento de electricidade – ambas necessárias para um sistema mais dependente de renováveis – assim como com as centrais de reserva, que assumem controlo quando o sol não brilha ou o vento não sopra.)
* No sign of end to solar PV glut
* Deforestation dries up dams threatening hydropower

* Crise nuclear foi fabricada pelo Ocidente
(Há 65 anos que o assunto Palestino, é o assunto central e o problema essencial no Oriente Médio. Algumas potências tentam, dando ênfase ao assunto nuclear iraniano, e criar uma crise artificial, deixando o assunto palestino na margem e colocando o programa nuclear iraniano como um assunto subjacenteno Oriente Médio. […] Mostrar o Irã como uma grande ameaça,promoveriranofobia, demonizando o Irã na região, favoreceu um mercado bom e muito lucrativo para empresas de produtores de armamentos ocidentais. […] Por isso,estes potências não são muito interessadas de resolver o caso nuclear iraniano através de negociações técnicas e preferem continuar com a controvérsia, através de acusações infundadas, e vivenciando o assunto na manchete da mídia internacional.)
* Russia blasts US double standards over Syrian peace progress
* ‘The real problem is the Syrian opposition,’ says veteran dissident
* So-called Free Syrian Army represents al-Nusra terrorists in Syria: Analyst
* ‘UK govt lining up with Islamist radicals in Syria’
* Exclusive: John McCain Slips Across Border Into Syria, Meets With Rebels
* EUA consideram introdução de zona de exclusão aérea sobre a Síria
* Terrorists seek to drag Lebanon into Syrian crisis: Mohsen Saleh
* Hizbullah desafia rebeldes e envia reforços para cidade na Síria
* Jordan seeks to deploy patriot missiles on its Syria borders
* Jordan, Israel working as one over Syria: Report
* Israeli defense chief indicates if Russia ships advanced missiles to Syria, they could be hit
* Russia says missile systems for Syria will deter intervention
* S-300 Air Defense Systems Deployed at Snap Alert Drills Rússia
* Iranian Navy warships to dock at Russia’s Astrakhan: Russian military
* Israel builds up military presence in occupied Golan Heights
* Governo de Israel prepara-se para expandir colonização de Jerusalém Prepara-se?!?!
* Israel settlements in West Bank grew to 1,977 acres in 2012
* Israeli Military Vehicles, Bulldozers Enter Gaza
* Israeli military holds chemical weapons drill

* ‘US opposes formal North-South peace treaty’ – Pyongyang
* Cold War? Russia seeks to replace U.S.
* Appearance of nuclear arms in south of Korean peninsula unacceptable for Russia – Patrushev
* China prepara manobras para testar tecnologia digital
* PLA Navy’s three fleets meet in South China Sea for rare show of force
* Japan Plans More Aggressive Defense
* With eye on China, Japan to provide patrol boats to Philippines
* Manila confirms boost to military spending
* Chinese troops intercept Army patrol in Ladakh Índia
* Avião não tripulado dos EUA mata quatro pessoas no Paquistão
* Renamo ameaça recorrer à força para retirar a polícia de sede no norte de Moçambique
* Made in Germany: Berlin Under Fire for Tank Deal with Cairo
* Navy considers 3D-printing future fleets of drones

* Challenging Monsanto: Over two million march the streets of 436 cities, 52 countries
* Bahrainis hold fresh anti-regime demo in Manama
* 1 killed, several injured in Tunisia clashes
* Rallies in 12 U.S. cities protest Koch Tribune takeover
* Polícia chilena dispersa protesto com gás lacrimogéneo e canhões de água

Why the whole banking system is a scam – Godfrey Bloom

Notícias do Dia 02/05/2013

* A contagem decrescente para o segundo resgate
([…] depois de 2014, a refinanciamentos anuais no mercado em montantes de 16 mil milhões de euros, muito mais do que os dez a 12 mil milhões de euros que o Estado era capaz de refinanciar antes do memorando de entendimento, numa altura em que tinha um rating positivo (investment grade). […] duas exigências muito danosas para o País, que, com toda a certeza, serão impostas. A primeira será a reprodução dos requisitos do bail-in, que foram experimentados em Chipre. Os depositantes em bancos nacionais irão aprender à sua custa […] A segunda condição será, com grande probabilidade, a utilização parcial ou integral (eventualmente como garantia ou qualquer outra forma indireta) das reservas de ouro nacionais, para amortizar a dívida. Julgo, contudo, que existirá uma terceira condição, e que será essa que ditará o ponto crítico onde se jogará, duplamente, o destino do segundo resgate e o próprio futuro de Portugal como país que vacila entre a recuperação ou da perda total da soberania. […] Muito provavelmente, o segundo pacote exigirá – como terceira condição a acrescentar às duas acima apontadas – um novo imposto sobre o património imobiliário das famílias. […] Se e quando isto acontecer, a austeridade em Portugal ultrapassará o nível do Rubicão. Muito provavelmente, o País entrará numa entropia política e social em que o sofrimento e o empobrecimento serão os únicos dados que se poderão antecipar com toda a certeza. Os cidadãos preocupados com o futuro de Portugal e as instituições onde ainda resiste um mínimo de consciência patriótica e orgulho nas liberdades e direitos constitucionais terão à sua frente cerca de um ano antes desta catástrofe se tornar realidade. Teremos inteligência e coragem suficientes para a prevenir? Seremos capazes de nos reerguer como nação se o segundo resgate se impuser contra toda a boa racionalidade técnica e o bom senso político? Seremos capazes de defender o interesse superior dos portugueses e a bondade do projeto de uma Europa pacífica, “governada por leis e não por homens”?)
* Crise foi provocada pela corrupção e não pelos excessos dos portugueses, diz Paulo Morais
([…] “grande parte da divida pública e privada é fruto da corrupção e não dos alegados excessos dos portugueses”. Paulo Morais destacou o peso do caso BPN e das Parcerias Público-Privadas (PPP), entre outros, na dívida pública e lembrou que 68% da dívida privada é resultante da especulação imobiliária, salientando que só cerca de 15% da divida privada se pode atribuir aos alegados excessos dos portugueses. […] “O que o Estado pagou a mais às PPP só é possível porque a sede da política – Assembleia da República – está transformada num centro de negócios” […])
* Swaps: Conselheiro de Gaspar foi quem comprou dívidas fiscais para o Citigroup Bónus…
* O predestinado Gaspar
(Quando chegou ao governo, cortou em subsídios, criou taxas e aumentou impostos. Nenhum contrato com os trabalhadores e com os reformados, nenhum compromisso com os contribuintes, nenhuma lei da República, incluindo a Constituição, o fez vacilar. Mas quando estavam em causa os bancos e milhares de milhões de euros, ficou dois anos a avaliar. […] “Não fui eleito coisa nenhuma” […] Não depende da lei, da legitimidade do voto, da democracia. Limita-se a executar o que não se questiona, porque a dúvida não tem qualquer validade na cabeça de um fanático. E não há pior fanático do que aquele que se julga um mero executor da fria técnica. A história está cheia deles e dos seus sinistros legados.)
* Ministro “coisíssima nenhuma”!
(Será que foi eleito pelos comissários da troika? Tomou de assalto o ministério ou recebeu-o por via hereditária? […] Adiciona vitórias sobre vitórias, até à derrota final: um milhão de desempregados em escalada ascendente; dezenas de famílias e empresas aos milhares a falir; sempre a subir, quanto mais assalta o bolso para pagar o défice, mais este pula. Gaspar veste a pele de Schwarzenegger/Exterminador caseiro. E cinicamente chama ao cenário dantesco que criou e alimenta “esforço de uma geração”!)
* Operação Rigor Mortis. Gaspar destrói mais de 208 mil empregos até ao próximo ano
* Gastos com desemprego já subiram tanto como o previsto para o ano Brilhante…
* Taxa de emprego em Portugal é a mais baixa dos últimos 27 anos
* Manuela Ferreira Leite: “Podem anunciar e amedrontar, mas resultados não vão ter nenhuns”
* As sentenças definitivas sobre Portugal e a sua condição
(Portugal vive um tempo dominado por estas estratégias de fabricação de um senso comum que misturam sabiamente simplismo indolente com moralismo mesquinho. O País vive amarrado a imagens e frases feitas, condenado a não as discutir. A força dessas estratégias é aliás essa mesmo: as supostas verdades por elas produzidas são tidas como absolutas e quem as questionar fica logo desqualificado como extremista.)
* O credo da desgraça
(A nova ideologia, à semelhança do que se dizia do velho “socialismo científico”, é totalitária e, curiosamente, tenta também fundar na teoria económica e no fatalismo histórico as suas verdades irrefutáveis. Exalta os fortes e castiga os fracos. Prescreve a resignação e a penitência. […] Não importa o aumento da carga fiscal desde que sirva para alcançar o merecido empobrecimento geral e os credores sejam pagos com a venda das empresas púbicas em que se andou a investir tanto tempo com tanto empenho. […] Só o poder político democrático, a lucidez e a vontade dos cidadãos poderão erguer uma barreira efetiva à euforia destruidora dos epígonos do novo credo.)
* Soares diz que governo sofre de “insensibilidade moral” e compara-o a Hitler e Mussolini
([…] apesar de ter sido eleito, “Hitler e Mussolini também foram e isso não os impediu de produzir os estragos que são conhecidos”.)
* Passos Coelho merece ser responsabilizado criminalmente?
* Bruxelas teme que TC também chumbe novas medidas de austeridade Temor da lei e da democracia…
* “Os reguladores fazem menos do que deveriam”
* Deco pedia quase 9 milhões ao vencedor do leilão de electricidade
* Factura da água subiu cerca de 8% em 2012
* Trofa diz-se “refém” de contrato de concessão de água

* Boaventura de Sousa Santos: O “Diktat” alemão
(Quando a Alemanha invadiu e destruiu a Bélgica (1914), sob o pretexto de se defender da França, violou o direito internacional, dada a neutralidade daquele pequeno país. Sem qualquer escrúpulo, o chanceler alemão declarou no Parlamento: “A ilegalidade que praticamos havemos de procurar reparar logo que tivermos atingido o nosso escopo militar. Quando se é ameaçado e se luta por um bem supremo, cada qual governa-se como pode”. […] Ou seja, se os belgas se deixassem instrumentalizar pelos interesses alemães, o seu sacrifício receberia uma hipotética recompensa. Caso contrário, sofreriam sem dó nem piedade. A Bélgica decidiu não ser boa aluna e pagou elevado preço: uma agressão tão vil que ficou conhecida como a “violação da Bélgica”.)
* Presidente irlandês condena UE “hegemónica”
* ‘I give the euro medium-term only a limited chance of survival’ – Merkel’s advisor
(Numa entrevista ao Die Welt, o Presidente do Conselho de Conselheiros Científicos para o ministro das finanças alemão, Prof. Dr. Kai A. Konrad […] o conflito entre a Alemanha e os países periféricos da Europa ameaça a existência do euro. “A médio prazo, acho que o euro terá apenas uma chance limitada de sobrevivência” […] Agora, o líder do grupo de políticos mais influente na pirâmide de poder na Alemanha propões o voltar aos princípios do Tratado de Maastricht. A mensagem enviada ao resto da Europa é clara: “odeiam a Alemanha por impor austeridade. Tudo bem! Deixa-mo-vos pedir emprestado o dinheiro que quiserem, mas depois não venham pedir um bailout!” […] Este conflito irá certamente destruir a união monetária caso não seja resolvido.)
* Estatísticas e estereótipos
* Prémio Nobel desmente Alemanha quanto a taxa sobre depósitos no Chipre Pinóquios…
(“A forma como eles lidaram com os bancos foi: num dia tomaram uma decisão, no outro dia mudaram de ideias, depois voltaram para trás, e depois disseram que foi o governo cipriota que sugeriu o que é completamente falso. Eu fiz parte das negociações e posso garantir que foram a Alemanha e o FMI que sugeriram a taxa sobre os depósitos e foram eles que concordaram que os depósitos abaixo de 100 mil euros deviam ser taxados e que foram os cipriotas que o rejeitaram”, refere Christopher Pissarides.)
* Protests rock Cyprus capital as parliament approves EU bailout
* ‘Another kind of colonialism’ say protesters
* Slovenia Bank Rescue at 20% GDP Means No Escaping EU Aid Nº7
* Eurozone manufacturing downturn deepens in April Pufff…
* France back in hedge funds’ sights as economy stutters
* Spain Almost Doubled Contingent Liabilities Tic,tac,tic,tac…
* Taxpayers facing a barrage of obligations in next nine months Grécia
* S&P sees deepening house slump in Spain, France and Holland
* Debt-crippled Holland falls victim to EMU blunders as property slump deepens
(“A incapacidade por parte do governo holandês reconhecer os danos causados pela austeridade, mesmo perante tantas provas em contrário, é um caso de dissonância cognitiva” […] A Holanda oferece uma salutar lição daquilo que pode acontecer a uma economia rica e sofisticada presa numa depressão pós-bolha uma vez perdido o controlo sobre a sua moeda, o seu banco central e as suas alavancas monetárias. Isto teria acontecido no Reino Unido sem o Banco de Inglaterra, e nos Estados Unidos sem a Reserva Federal. […] O desemprego era muito baixo até a barragem ceder. Agora está a crescer tão depressa quanto o de Chipre. A taxa de desemprego duplicou nos últimos dois anos, saltando de 7,7% para 8,1% apenas no mês de Março. A economia está em recessão desde o início de 2011. […] “A Holanda apresenta semelhanças assustadoras com Espanha e Irlanda de há dois ou mais anos” […] Os preços no mercado imobiliário caíram 18%, deixando um quarto dos empréstimos “debaixo de água”, e o pior ainda está para chegar. […] Em Fevereiro o governo viu-se forçado a nacionalizar o SNS REALL – o quarto maior banco […] Então bem, aceitem o vosso destino.)
* Danes as Most-Indebted in World Resist Credit: Mortgages
* Spaniards hold mass anti-austerity demos
* German Labor Day rioting: Firecrackers and water cannons unleashed (PHOTOS, VIDEO)
* Dezenas de milhares de operários alemães pararam hoje por melhores salários
* Greeks Protest Austerity on May Day
* Scuffles break out between British protesters, police during May Day demos
* Hate attacks on the rise in Greece, activists warn
* “Robin Hood” mayor and supporters reoccupy military land Espanha
* Partido antieuropeu com resultado “fenomenal” nas eleições locais britânicas
* Ex-conselheira do FMI adverte que ‘austeridade excessiva’ pode levar a governos populistas
* Iceland’s economic thaw a thorn in EU’s side
([…] a atitude arrogante da UE para com a candidatura da Islândia à zona euro ajudou na dramática reviravolta contra o governo pró-integração europeia […])

* “Estamos a viver um novo tipo de ditadura”
* Autor da “Terceira Via”, Anthony Giddens, nunca viu o mundo “tão opaco”
* JEREMY GRANTHAM: We Are In A Race To Prevent The Collapse Of Civilization
(“A nossa economia global, incauta no uso de todos os recursos e sistemas naturais, apresenta muitos dos indicadores do potencial falhanço de derrubou muitas das civilizações que nos precederam” […] “as civilizações que desapareceram sofriam do excesso de confiança: da crença de que as suas capacidades iriam sempre estar à altura das ocasiões e que os crescentes sinais de fraqueza podiam ser ignorados como pessimismo” […])
* Twin slowdown in China and US feeds global fear Pufff
* IMF Official: World Growth Still Too Slow to Generate Jobs
* Is America in terminal decline after years of global dominance?
* Encomendas à indústria dos EUA registram forte queda em março
* Jonathan Kay: China’s ruthless foreign policy is changing the world in dangerous ways
* China: A Billion Strong but Short on Workers
* China Manufacturers Survive by Moving to Asian Neighbors
* Balança comercial brasileira tem pior abril da história Brasil
* College loan debtors and delinquents increasing
* U.S. Homeownership Rate Falls to Lowest Since 1995
* Mexico’s Record Foreclosures Impeding Home Ownership: Mortgages
* ‘Real’ Jobless Rate Still Above 10% In Most States
* Middle class is resigned to stagnation
* 8 companies where CEOs get 1,000 times the average employee’s pay
* Prince bin Talal warns ticking bombs threaten Saudi Arabia
* Suicide Rates Rise Sharply in U.S.
* Nearly 30% of Americans advocate for an armed rebellion
(Quase um terço dos americanos dizem que poderá ser necessária uma revolução armada nos próximos anos para prevenir e escalada da guerra contra as liberdades constitucionais […])
* 9 steps to surviving the financial apocalypse
(Pessoalmente não tenho dúvida que estamos a caminhar para um declínio acentuado que irá causar danos significativos ao nossos sistema financeiro. Não sei quando ou como irá acontecer.)
* Crise de fome na Somália provocou 258.000 mortes
* The economics of enough
([…] está na altura de abandonar a busca de mais crescimento nas nações mais ricas e considerar uma nova estratégia – uma economia do suficiente. Suponha que em vez de procurar mais coisas, mais empregos, mais consumo e mais rendimento, nos focava-mos em coisas suficientes, em empregos suficientes, em consumo suficiente e em rendimento suficiente. […] Continuar a busca de crescimento apenas pelo crescimento é pura e simplesmente irresponsável. […] Temos de questionar umas quantas coisas em relação ao nosso PIB. Cresceu porque a sociedade se tornou mais rica, ou terá crescido porque nos endividámos imensamente e liquidámos os nossos recursos naturais? […] precisamos de uma nova aproximação – um novo modelo que dê prioridade às pessoas e ao planeta em vez de aos lucros rápidos. Está na altura de abraçar a nova forma económica e dizer “O que é demais, é demais!”)

* Neil Macdonald: The illusion of growth
([…] a impressão de dinheiro por parte dos bancos central distorceu o universo financeiro para além de qualquer dimensão lógica. […] Se o programa massivo de impressão de dinheiro conhecido como quantitative easing evitou numa situação ainda pior é algo discutível. Mas uma coisa é certa: É simplesmente impossível libertar tais forças económicas sem gerar consequências sérias, sejam elas propositadas ou acidentais. […] “Todo esta impressão de dinheiro está a criar um mercado que assenta numa fantasia” […] Pela primeira vez, não existe apenas uma bolha, mas um “mundo inteiro em bolha”. Todas as classes de bens, todas as que consiga imaginar. Está tudo numa bolha e algo irá furá-la. “A festa”, afirma com tremenda certeza, “irá terminar”. […] Ao agir de forma concertada para guiar o mundo na mesma direcção, os banqueiros central assumiram apostas imensas. E, diz Johnson, “é bom que estejam certos”. […] Uma das principais causas para o colapso de 2008 foi demasiado dinheiro barato, ” e agora existe muito mais”.)
* Gross Says Central-Bank Policies Impose ’Haircuts’ on Investors
* El Erian: Fed will struggle to unwind its giant trade
* Fed Keeps Interest Rates Low, Continues Bond Buying Program
* Roubini: Fed Risking Sequel to 2008 Financial Crisis
* BOJ’s money supply hit record high in April
* “A nova redução das taxas aniquila a poupança”
* Draghi admite taxa de depósito negativa
* Poupadores fogem para o câmbio paralelo e diferença para o oficial chega a 85,1% Argentina
* Gold Rush From Dubai to Turkey Saps Supply as Premiums Jump
(“Não se passa apenas no Médio Oriente, mas por todo o mundo” […])
* Perth Mint working flat out on weekends to satisfy gold rush
* Dwindling U.S. gold stocks signal surge in physical demand
* CME’s Duffy Says Exchange Competition Helps Market
* Year of the yuan: China’s explosive currency goes global
* Arizona lawmakers pass bill making silver, gold legal tender
* Zimbabwe after hyperinflation
* Digital cash replacement from Royal Canadian Mint in the works

* Julian Assange: The Internet threatens civilization
* Google’s spymasters are now worried about your secrets
(O que é realmente assustador é que as técnicas do estado totalitário são as mesmas que estão a ser promovidas pelas chamadas democracias onde empresas comerciais, como a Google, moeram no seu espaço privado os direitos individuais garantidos na Constituição. […] essa tecnologia invasiva está agora a passar por um upgrade revolucionário […] “Os dados mais importantes que irão no futuro recolher será informação biométrica, que poderá ser usada para identificar indivíduos através dos seus atributos físicos e biológicos. Impressões digitais, fotografias e testes de ADN são formas biométricas comuns nos dias de hoje… Com a computação em nuvem, são necessários apenas segundos para comparar milhões de faces… Ao indexarem as nossas assinaturas biométricas, alguns governos irão tentar seguir cada nosso movimento e palavra, tanto fisicamente como digitalmente.” E se um desses governos for o nosso? […] “Através do processo integrado e sistemas interligados, os serviços secretos deverão, até ao limite permitido por lei, disponibilizar a outras agências toda a informação contextual biométrica e biográfica associada à pessoa que seja razoavelmente suspeita” […])
* Mozilla furious as disguised spyware used against pro-democracy activists
(E empresa de Internet, Mozilla, exigiu a uma empresa britânica de software de segurança que deixasse de usar o seu browser como frente para governos recolherem dados dos cidadãos de forma velada. […] um software conhecido como ‘Finfisher’ foi sem conhecimento instalado por utilizadores em pelo menos 36 países, disfarçado de um update do browser Firefox. Finfisher consegue capturar imagens dos ecrãs do computador, gravar a escrita no teclado e conversas no Skype, e ligar remotamente câmaras para filmar os utilizadores. […] Países na Europa e estados nas Américas também estavam representados no mapa do Finfisher produzido pela Citizen Lab, com o Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos a usarem o software no seu território.)
* Powerful Enemies: Kremlin Targets Russian Facebook Clone
* Terrorism: It is a duplicitous game which the US is good at playing – Rozoff
(Para os Estados Unidos está tudo bem quando acontece noutros países, especialmente se o ajudar a atingir os seus objectivos geopolíticos.)
* Saudi Arabian ambassador in Washington now DENIES his nation warned the United States about Tamerlan Tsarnaev in 2012
* Boston Manhunt ‘Missed the Boat’ as Police Skip Street
* Report: Dzhokhar Tsarnaev’s repeated requests for a lawyer were ignored
* Bomb Suspect’s Cause Of Death Found, Not Released Hmmm…
* Suspeitos detidos em Boston não estiveram envolvidos no atentado
* Boston Bombings Show Future Use For Police Drones
* Remote Control
* Gunfire and moments of fear as a rural Oregon school tests its readiness
* Obama acusado usar ataques aéreos para não lidar com detidos
* Não basta fechar Guantánamo
(O presidente Barack Obama usou os piores argumentos para reiterar sua proposta de fechar o campo de prisioneiros de Guantánamo. Os argumentos: “Guantánamo é cara e ineficaz” […] De fato, dos 166 prisioneiros de Guantánamo, um punhado está lá há mais de 11 anos sem julgamento e sem que se explicite do que são acusados –uma aberração jurídica que contradiz frontalmente o respeito à “rule of the law”, um mantra de que os americanos se orgulham. […] O problema, pois, não é Guantánamo como local de detenção, mas como símbolo de uma grave violação aos direitos humanos e, por extensão, à legalidade.)
* EUA pedem anistia para americano preso na Coreia do Norte Hipocrisias…
* UN calls force-feeding at Guantanamo ‘torture’
* Guantanamo attorney dead in apparent suicide Hmmm…
* CIA workers intimidated into silence over Benghazi attack – report Shhh…
* Obama continues the secret US war on whistleblowers Shhh…
* Prosecutors Raid South Korean Spy Agency in Presidential Election Inquiry
* South Korean spies target Australian farm trade
* Switzerland increasingly targeted by spies: report
* India anger at death of ‘spy’ beaten to death in Pakistani jail
* Secret court in control of a £2billion fortune: It holds the assets of 16,000 vulnerable people – but pays them paltry interest
* Bolívia expulsa representantes dos EUA
* Anúncio inteligente ‘lê’ olhos de consumidor em loja
* Diário de Anne Frank censurado nos EUA por ser “pornográfico”

* Insight: Why did Cypriot banks keep buying Greek bonds?
([…] “o poder tende a corromper, e o poder absoluto corrompe absolutamente.”)
* Latvia bank deposits to grow as cash leaves Cyprus, Moody’s says
* Lucro do BNP Paribas cai 45% no primeiro trimestre
(1,34 mil milhões de euros)
* Is this a warning of things to come? Bank of Ireland doubles tracker rate mortgages overnight affecting 13,500 UK customers

* Algorithms Replacing Wall Street Analysts, Investors
* Gary Shilling: There’s a ‘Grand Disconnect’ Between What Investors See and Reality
(“Ninguém irá acabar com esta festa de forma voluntária”, afirmou Shilling. “Só irá terminar quando acontecer um grande choque,” como o agravar dos problemas com a Coreia do Norte ou o colapso de um banco europeu.)
* Investors Say No to Sallie Mae Bond Deal Tic,tac,tic,tac…
* HMRC accused of letting Goldmans off £20m tax to avoid ‘major embarrassment’ to Chancellor Mais uma…
* IBM investigada por corrupção e suborno
* Alegado financiamento líbio de Sarkozy faz mais uma vítima
* Voter fraud hounds Malaysia’s ruling party
* More than 165,000 Canadians voted improperly: report
* Canada can’t account for $3.1B in anti-terror funding, AG finds
* British monarch Charles exploits assets of the dead to fund own charities

* Science is being corrupted to a point of fraud
(O tema do dióxido de carbono é um exemplo de como a ciência passou a fazer parte das preocupações do público, e mostra uma falta de objectividade que só pode ser chamada de religião e uma falta de padrões que mais parece uma fraude sem vergonha. […] Eu sou um dos muitos cientistas independentes. Sendo independente, não me é permitida a publicação dos meus resultados. vimos como o processo de publicação é controlado na ciência do clima através da libertação dos emails da unidade de Pesquisa do Clima de Hadley no Reino Unido, onde o processo de avaliação é usado para prevenir a publicação de visões contrárias, e os editores são afastados caso publiquem material de oponentes. […] Havia cinco vezes mais CO2 no ar durante a era dos dinossauros, e vinte vezes mais quando se no mundo se iniciou a fotossíntese há 500 milhões de anos. Não existe nada de equilibrado na equação do CO2.)
* Awful April: Spring hard to find across northern USA
* Global Warming Alarm: Continued Cooling May Jeopardize Climate Science And Green Energy Funding!
* Leak at BP platform could have caused “major accident”
* Study: More fracking health concerns than previously thought
* Fresh ExxonMobil pipeline spill hits Missouri
* Chemicals pervasive in Chicago air
* Study links insecticide use to invertebrate die-offs
* Michael Pollan: Genetically Modified Foods Offer Consumers “Nothing”
* Restaurantes em Xangai vendiam rato por cordeiro, revela polícia
* Tests of ground turkey find antibiotic-resistant bacteria
* Baby food recalled in mercury alert
* Living in US raises risk of allergies
* Chinese scientists slammed for creating new ‘deadly’ influenza strains Os deuses do aDeus…
* Here Comes The Boom ?!?!
* Greater Mekong countries ‘lost one-third of forest cover in 40 years’
* Illegal logging robbing people in Africa of livelihoods – Global Witness
* There she blows: Mount Etna erupts for 13th time this year spewing lava and ash hundreds of feet into the air
* Australian volcano Big Ben rumbling again as NASA images reveal lava lake has overflowed crater
* Sex Superbug Could Be ‘Worse Than AIDS’
* Plastic bags, tape, broomsticks fix San Onofre leak
([…] sacos de plástico, fita-adesiva e cabos de vassoura a serem usados para tapar uma enorme fuga num cano. […] “Isto é tecnologia nuclear e se é desta forma que vamos controlar as fugas acho que o público deve saber,” afirmou a fonte anónima.)

* M5.7 quake hits off the east coast of Honshu, Japan Tic,tac,tic,tac…
* Black smoke detected from Monju reactor during test operations
* Leaks, Rats and Radioactivity: Fukushima’s Nuclear Cleanup Is Faltering
(Honestamente, se as consequências não fossem potencialmente tão dantescas, a luta em foco da limpeza da central nuclear em Fukushima no norte do Japão seria algo digno de uma comédia. […] Não tenho a certeza que as coisas estivessem muito pior se o coiote do Bip Bip fosse o CEO da Tepco. Mas não tem graça, nem um pouco, porque são muito reais as consequências da fusão nuclear e da incompetência da Tepco. […] Mais de dois anos depois do tsunami, a Tepco continua a correr contra o tempo […])
* Flow of Tainted Water Is Latest Crisis at Japan Nuclear Plant
(Como sinal do imenso tamanho do problema, o operador da central, Tokyo Electric Power Company, ou Tepco, está a planear derrubar uma pequena floresta a sul do complexo para dar lugar a centenas de novos tanques […] “A Tepco está claramente a viver dia-a-dia, sem tempo para pensar no amanhã, quanto mais no ano que vem” […])
* ‘A very fragile situation’: Leaks from Japan’s wrecked nuke plant raise fears

* 7 Reasons Why Oil Prices Won’t Plunge
(É saber convencional que a produção dos campos de petróleo amadurecidos decai a uma taxa de 5% a 10% ao ano […] Descobriram que alguns campos de petróleo decaem muito mais rápido. […] Mesmo que o declínio médio no mundo se fique pelos 5%, isso significa que a indústria terá de desenvolver uma nova Arábia Saudita a cada dois anos, apenas para manter a produção actual. […] Mesmo com o enorme crescimento da produção nos Estados Unidos, o custo de se extrair esse petróleo está a aumentar a taxas sem precedente.)
* Gazprom sets sights on arctic reserves Nas últimas fronteiras…
* Insiders doubt Libya’s oil push plan
* Egypt seeks oil deals to ease shortages
* UK Gas Hit As Norway Pipeline Supply Cut
* Problems choke India’s coal industry
* Swedish Power Price Poised to Gain as Nuclear Outages Double
* Turquia e Japão vão assinar acordo para construção de usina nuclear
* Japão via assinar acordo de energia nuclear com EAU
* Russia to spend over $30 billion in nuclear energy development
* Oslo has a problem: Shortage of garbage to generate power
* Droughts put U.S. energy supply in peril: Kemp
* Quatro fatores para entender a crise do etanol
* Ambientalistas e agricultores unem-se contra lei europeia das sementes
(A obrigação de registar toda e qualquer planta de cultivo que possa trocar de mãos, mesmo que sejam cedidas a título gratuito, está a deixar organizações de ambiente e agricultura, tanto nacionais como europeias, em pé de guerra contra Bruxelas. […] o novo regulamento sobre a comercialização de sementes discrimina “severamente as sementes e material de propagação de plantas de polinização aberta, regionais e tradicionais, a favor das sementes industriais e dos operadores corporativos”, pelo que há um risco de inviabilizar “os sistemas informais de troca e venda de sementes que são a base da segurança alimentar, nomeadamente em países em desenvolvimento”. […] além de ser “considerada um ataque” aos agricultores e à “herança biocultural comum”, põe em causa “a maioria das dezenas de milhares de variedades locais de plantas de cultivo, seleccionadas e adaptadas por agricultores durante milénios”.)

* Iran calls attention to aggressive plans of the U.S. and Israel
* Buying oil from al-Qaeda, deep scar on EU, US
* Obama moving toward sending lethal arms to Syrian rebels, officials say
* Robert Fisk: Assad sends his feared militia squads to the battlefront
* Seven Wounded by Syrian Fire at Turkish Border
* New survey shows most Americans oppose US intervention in Syria
* Iraqi army losing hold on north to Sunni and Kurdish forces as troops desert
* Abril foi o mês mais violento dos últimos 5 anos no Iraque
* IDF ‘Lebanon war’ drill caught defense minister by surprise
* Navio militar russo entrou no Golfo de Áden
* ‘Danger’ of regional arms race after Egypt’s withdrawal from the NPT – UK MP
* UK sends underwater drones to Gulf for anti-mines exercise

* 5 Weapons of Mass Destruction the U.S. Military Uses Every Day
* Japan’s crocodile tears over Russia’s Kuril Islands
* Blue helmet drones? UN prepares to send drones over Africa.
* Pentagon deploys small number of troops to war-torn Mali
* Armed protests in Libya threatening safety in capital
* Libya: Mystery of Gaddafi and the gold-laden convoy crossing the desert to Niger
* Falhou tentativa para derrubar presidente do Chade
* UN report calls for killer robot moratorium

* Bahrain Police Break Up May Day Demo
* Montreal police arrest 447 at May Day demonstration
* Protestos do Dia do Trabalho terminam em violência no Chile
* May Day rally turns violent in Seattle

Worldiwde Worker Woes: May Day clashes in Germany, Spain, Colombia, Chile

Rand Paul Warns of ‘1984’

Notícias do Dia 08/04/2013

* Portugal’s top court has ruled out euro membership
([…] essencialmente o tribunal disse que Portugal não pode continuar a participar no projecto do euro tal como ele actualmente está montado. […] toda a política de desvalorização interna é imoral, reaccionária e indefensável. Funciona aumentando o desemprego para níveis excruciantes (26% em Espanha e na Grécia, 17,5% em Portugal e a aumentar) que eventualmente “quebra” a resistência dos trabalhadores em relação aos cortes salariais. Isto é um claro contraste com reais desvalorizações. A taxa de desemprego na Islândia situa-se nos 5,4% e no Reino unido nos 7,7%. […] Isto não teria acontecido se Portugal ainda tivesse o escudo. A moeda teria desvalorizado. Os ordenados teriam sido reduzidos até níveis competitivos internacionalmente sem o mesmo trauma. […] “Pergunto se as pessoas e as empresas com poupanças superiores a 100.000 euros nos bancos portugueses estarão confortáveis com a situação?” […] Ele devia dizer-lhes que o norte tem de pagar uma parte igual no reequilibrar da competitividade interna, que têm de aumentar os seus custos de trabalho “pari passu” com os cortes no sul, e que têm de estimular a sua procura interna “pari passu” para equiparar a contracção da procura no sul. Se tal não for aceitável, Portugal deve voltar ao escudo, e gozar uma libertação em catarse da Máquina Infernal. […] Irá o Sr. Passos Coelho fazer isso? muito dificilmente. Ele irá persistir e tentar quebrar as rodas do seu país, até que a ele próprio lhe quebrem as rodas.)
* “O nosso casamento com a moeda única deve acabar”
([…] o país está bloqueado, não tem futuro, as gerações mais novas não têm emprego. E, ou têm que sair do país, ou ficam desempregadas.”Há também a sensação de que o país deixou de ter capacidade de crescimento económico” e tudo isso ao mesmo tempo que as dívidas pública e externa se acumulam e atingem níveis muito elevados. “E, sem crescimento económico e com dívidas grandes e sem emprego, é evidente que toda a gente esta inquieta quanto ao futuro”. […] “a ideia de sair do euro impõe-se para que seja possível incentivar a produção de bens transaccionáveis. Ou seja, de bens que são susceptíveis de exportação ou de substituição de importações”. Como explica, quando se desvaloriza uma moeda, existe uma espécie de subsídio à produção da agricultura, indústria, turismo estrangeiro, outros serviços. […] Para quem argumenta que a eventual saída do euro seria um desastre via “aumento do peso da dívida”, o autor afirma que “esse é um grande erro de análise.” A dívida será a mesma depois de sairmos do euro, diz, acrescentando que o instrumento normal para problemas de endividamento externo é a desvalorização cambial. Sobre o risco-país, garante que esse “não aumenta, porque se for credor fico mais descansado por saber que o país passa a ter uma moeda compatível com a sua estrutura produtiva”. […] “o que é pior? Ter um pouco mais de inflação, emprego e crescimento económico ou não ter inflação e o país definhar?)
* Portugal Fires Warning Shot for Austerity in Europe
(“O programa de 2011 de ajuda a Portugal já saiu dos carris há algum tempo. Se não fosse a complancência da troika e a procura por dívida de Portugal, o programa já teria falhado.”)
* O estímulo
* Governo admite segundo resgate se falhar novos prazos
* New Trouble for Euro in Portugal
(“Subsiste o problema com os bancos que poderão estar demasiado interligados e serem demasiado grandes para reverterem acções sem criar um perigo para o sistema financeiro” […])
* O talentoso senhor Passos
([…] a decisão do Tribunal Constitucional, que envolve apenas 0,7% do PIB, ficará a ser responsável pelo encerramento de escolas e hospitais e por cortes nas pensões. Já os 1,9% em falta por culpa direta de Vítor Gaspar serão meros desvios irrelevantes. […] Pedro Passos Coelho precisava de um bode expiatório para os seus próprios erros, de um pretexto para avançar sem oposição para o programa de “refundação” do Estado Social e de criar o fantasma necessário para instalar o medo: o segundo resgate que, se vier, virá por causa dos resultados das políticas de austeridade e não devido a esta decisão do TC.)
* Tribunal Constitucional – O bode expiatório
* Cortes planeados pelo Governo já eram propostos pelo FMI em Janeiro
* Os pobres que paguem a crise
([…] quem vai ser afectado? Quem não tem dinheiro para colocar os filhos em colégios, quem não tem dinheiro para pagar um seguro de saúde, os pensionistas que não conseguiram poupar durante a vida activa, os beneficiários do rendimento social de inserção e seus congéneres. Todos os que precisavam da ajuda do papel social do Estado – os mais desfavorecidos. São eles agora que vão ser chamados a pagar a crise. […] E, ou eu me engano muito, isto também não será constitucional. E, se o for, a Constituição está errada.)
* Pensionistas milionários podem ir a tribunal reclamar do confisco
* Perez Metelo: mais cortes vão castigar economia ainda mais
* Queda acentuada no volume de negócios na indústria em fevereiro
* Mexia recebeu pela EDP 3,1 ME em remunerações de 2012 e prémios de anos anteriores
* Saiba quem são e que negócios têm os ex-donos do BPN

* George Soros: Alguns países da UE “ficaram relegados ao estado de países do terceiro mundo”
([…] antes do euro os países desenvolvidos nunca corriam risco de falhar pagamentos, pois podiam sempre desvalorizar ou emitir moeda, porém, com uma moeda única assumem um risco “típico de países do terceiro mundo”.)
* The Cyprus crisis is a symptom of what is rotten in the EU
([…] o Chipre não consegue pagar as suas dívidas, enquanto a Alemanha e a UE não podem simplesmente continuar a lançar dinheiro […] Ambas as histórias ofuscam um factor chave: que existe algo errado com todo o sistema em que especuladores banqueiros sem controlo conseguem levar um país à bancarrota. A crise cipriota não é uma tempestade num copo de água de um país pequeno, é um sintoma daquilo que está errado em todo o sistema da UE.)
* Crise europeia deixou um milhão no desemprego nos últimos seis meses Obrigado Euro!!!
* European Union lost 6 mn jobs since 2008, ILO says
* As many as 1.6 million Italians dropping out of job hunt
* Bernd Lucke interview: ‘Why Germany has had enough of the euro’
(“O euro não é uma moeda em que o projecto europeu possa prosperar,” afirmou. “Existe uma divisão na Europa que vai aumentar no futuro, caso não pararemos este processo e não venhamos a introduzir mais flexibilidade monetária para os países que mais sofrem.” […] o Sr. Lucke advoga uma “dissolução” progressiva da zona euro, com as nações do sul da Europa – Grécia, Chipre, Portugal, Espanha, Itália – as primeiras a sair. Ainda mais controverso, ele também reomenda o mesmo destina para França […])
* Governo grego analisa relatório de dívidas da Alemanha à Grécia
(Uma equipa do Ministério das Finanças da Grécia elaborou um relatório com a lista de dívidas que a Grécia poderá reclamar da Alemanha […] existem organizações gregas que estimam o crédito grego em 162 mil milhões de euros. Um montante que corresponde a cerca de 80% da dívida do país. “A Grécia nunca recebeu quaisquer compensações, nem pelos empréstimos que foi forçada a fornecer à Alemanha ou pelos danos em que incorreu durante a guerra”, revela o relatório de 80 páginas elaborado pelo Ministério das Finanças.)
* Gov’t studies lower pay for teenagers Grécia
* Crisis: Greece; 30,000 households a month have power cut Energia para uma casta…
* Germany’s account surplus jumps, no one is happy
* Why making Europe German won’t fix the crisis
* Speculation mounts over Slovenian bailout Tic,tac,tic,tac…
* Finland Turns to Venture Funds to Rescue Economy: Nordic Credit Hmmm…
* Governo sem dinheiro para pagar salários e pensões de abril Chipre
* Political scandals and austerity, an explosive mix in Europe
* Italian suicides over unpaid bills sparks anti-government protest
* Economia espanhola, o outro lado da moeda
(“O objetivo é buscar uma alternativa para a chaga do capitalismo selvagem e semear a base de uma sociedade mais justa e solidária” […] Na Espanha coexistem mais de 30 moedas locais complementares ao euro, “ferramentas que permitem o empoderamento das comunidades mediante a troca de produtos e serviços e criação de mercados paralelos” […] O comum, o laço e o coín, em Málaga; o puma, em Sevilha; o zoquito, em Jerez de la Frontera, Cádiz; a pita em Almería; e a justa em Granada, todas no sul da Espanha, são algumas das denominações que compartilham por todo o país a missão de dinamizar a economia local e caminhar para um modelo econômico e produtivo mais sustentável. […] Além de promover o intercâmbio de produtos e serviços, o dinheiro complementar pode servir para valorizar o trabalho de pessoas voluntárias ou geradoras de conhecimento […])

* EU’s Rehn: Big depositors could suffer in future bank bailouts under new law
* Greek Bank Merger Halted Hmmm… Nacionalizados…
* Net Short Euro Position Jumped 33% in Past Week
* Tiny Luxembourg’s outsized financial sector under increased scrutiny following Cyprus bailout
* Sob críticas, Luxemburgo considera abertura bancária
* “A Áustria está sozinha com o seu segredo bancário”
* Credit Suisse Threatens to Cut Off German Clients
* Dan White: ECB’s rate cut will deepen bank debt
* Banca espanhola é a mais exposta a Portugal com 55,5 mil milhões de euros

* Critical Warning No. 13: Stockman’s ‘Apocalypse’
(Quando revimos o “Doutrina de Choque” de Klein em 2007, ficou claro que o “capitalismo de desastre” da Reganomics estava “no cerne do aparecimento de uma nova ordem que gerava lucros da miséria das outras pessoas: guerras, catástrofes naturais, pobreza, sanções comerciais, crashes nas bolsas”. […] O capitalismo de desastre é uma ideologia negra, fim-do-mundo, secreta e paranoica, com pouco respeito pela vida humana excepto por ser uma ferramenta para criar dinheiro. […] “os economistas profissionais não são mais do que meros empreiteiros dos políticos com ideologias míopes que recebem a peso de ouro o que lhes facilita a justificação da mentira, engano e roubo dos investidores, trabalhadores, consumidores, depositantes e contribuintes. O capitalismo evoluiu para um monopólio governado por políticos que estão a mando da elite opulenta. A competição é uma mera graçola”. […] “o que tem de ser feito?” […] infelizmente, Stockman o contador de verdades é claro, estas soluções “só irão acontecer depois do próximo grande crash. Porquê? Porque o governo é gerido por uma conspiração secreta de Wall Street, multinacionais e super ricos, estando todos em negação.)
* Zygmunt Bauman: ‘É inevitável a queda do capitalismo pela própria ganância’
* The market farce is ending
* China ‘ultra high-speed growth could be over’
* O inevitável abrandamento da economia chinesa
* Vanishing workforce weighs on growth EUA
* Discouraged job seekers behind shrinking labor force
* U.S. Labor Force Participation Rate Lowest Since 1979
* Wall Street on the dole: America pays out millions in jobless benefits to millionaires
* Signs of a Canadian housing downturn are everywhere Buuummm…
* Moody’s analysis contemplates 44% drop in Canadian housing prices
* As cities lay off police, frustrated neighborhoods turn to private cops EUA
* Estado da Guiné-Bissau corre risco de desaparecer, avisa Ramos-Horta
* Foreigners are cool: Iceland’s lesson for Britain as isolated island is voted the friendliest place on earth

* Bankers carry on unabashed, unscathed and unashamed
(A verdadeira folia está na incapacidade de compreender que os banqueiros não foram atingidos. Na realidade, mal foram tocados. Os tribunais não prenderam ninguém responsável pelo crash. Em vez de um “julgamento interminável de crimes financeiros”, não temos tido qualquer tipo de julgamento. Ninguém procurou compensar os contribuintes confiscando os bónus ganhos durante o tempo da bolha. […] O custo total para os contribuintes é incalculavelmente superior porque agora temos de gerir uma economia zombie com um sistema bancário cocho que não consegue passar crédito para onde é necessário. Em vez de punir os responsáveis, a coligação baixou-lhes os impostos. […] O lóbie bancário está tão incólume – sem vergonha, sem ter sofrido golpes e sem nódoas negras – que tem músculo para prevenir a reforma urgente e necessária e pode agir como se a crise nem tivesse acontecido.)
* China Local Debt May Top Estimates, Former Minister Says Tic,tac,tic,tac…
* China’s big banks “faking” their micro loans: researcher
* RBC replaces Canadian staff with foreign workers Hmmm…
* Regulators close small lender in Arizona, represents fifth bank failure of 2013
* Rich and mighty brought to book: Biggest-ever financial leak with global ripples
(Um terço da riqueza mundial está ligada a paraísos fiscais […])
* Tax haven probe authors refuse to share data with state agencies
* Anonymous Whistleblower Behind Exposé Of Massive Offshore Corruption By Banks And Others
* British police uncovers plot to kill Bank of Moscow’s ex-chief Andrey Borodin: British media
* Price of a first class stamp ‘could soar to £1 in just three years if Royal Mail is privatised’ campaign group warns

* Central Banks Move Into Riskier Assets Casino…
* Moody’s: BOJ move won’t solve fundamental problems
* Japan stimulus will start currency war, say Chinese economists
(Muitos dos principais economistas chineses estão lívidos com aquilo que veem com uma desvalorização por parte do Japão e estão a pedir que do Banco da China retalie enfraquecendo o yuan para se defender […])
* Nervous Europe Drives Demand for Dollars
* Man has undeclared $10,000 seized at border after exchange rate pushes him over limit to take from country
* Preços da gasolina aumentam 14% em 2012 Portugal

* WikiLeaks divulga 1,7 milhões de telegramas diplomáticos dos tempos de Henry Kissinger
* Blair ordered production of intel for Iraq war: Report
* Wikipedia outraged: French intelligence orders to remove ‘classified’ content
* Maduro acusa “direita salvadorenha” de pagar a mercenários para o assassinarem
* Google, beyond the CIA: Insurgency and espionage factory
(STRATFOR, numa troca de emails diz isto do Google: “O Google está a receber apoio e cobertura da Casa Branca e do Departamento de Estado. Na realidade, está a fazer coisas que a CIA não consegue. […] os emails sublinham as actividades criminosas e até mesmo terroristas por parte do Google incluindo planos de operações de insurgência. Fontes confirmaram que o Google ajudou a planear operações militares contra a Síria e tem estado directamente envolvido, trabalhando com países árabes como a Turquia e o Azerbaijão para planear a desestabilização no Irão. […] “A falta de informação nos meios de informação sobre as operações de espionagem e de insurgência por parte do Google e a falta de acusações judiciais demonstram claramente que a linha entre a “segurança privada”, terrorismo e pirataria foi permanentemente manchada.”)
* The ATF Wants ‘Massive’ Online Database to Find Out Who Your Friends Are
* Japanese mayor sparks international ire
* Police teach tactics for handling ‘sovereign citizens’
* Keeping the government’s secrets
* Daniel McGowan Jailed, Allegedly For Writing Huffington Post Blog
* GlobeCast pulls plug on Hispan TV Shhh…
* Chinese Editor Fired Over Call to Abandon N.Korea
* França ordenou remoção de artigo da Wikipédia por conter alegados segredos militares
* Vaticano considerou crimes de Pinochet progaganda comunista, segundo WikiLeaks
* 7-year-old faces 2 felony charges for shooting BB gun at cars

* First week of April and it’s STILL SNOWING! London and South East hit by more white stuff as the Great Spring Freeze keeps its grip on Britain
* Rare April snow blankets NE China’s Shenyang
* Gritty Images From China’s Muddy Rare Earth Mines
* Activists: Arkansas oil spill diverted into wetland
* Vazamento de óleo atinge praias de São Paulo
* Fish deformities linked to oil pollution in U.S. and Alberta
* Pesticides found in over half of Italy’s surface water
* Over 500,000 children in US have harmful level of lead in blood
* The great recycling con trick: How 12million tons of your carefully sorted waste is being dumped in foreign landfill sites
* Drug companies pay doctors £40m for travel and expenses
* On Twitter, anti-vaccination sentiments spread more easily than pro-vaccination sentiments
* Cratera com 100 metros de profundidade surge no Marvão
* Environmentalists fear sinking land under planned nuclear site Espanha

* Fukushima N-Accident Not Yet Resolved: Expert
* Detetada fuga de água radioativa em dois tanques da central nuclear de Fukushima
* Radiation Levels Rise near Leaky Tank at Fukushima N-Plant
* Defect could affect all radioactive water storage tanks at Fukushima plant
* INSIGHT: Problems at Fukushima plant stem from TEPCO’s rickety equipment
* Japan Govt Sues Antinuclear Activists
* PROMETHEUS TRAP/ ‘Shadow units’ (16): SDF members take off protective gear to ease concerns of residents

* Chinese tanker takes in 2 million barrels of crude at Iranian terminal
* No useable oil in disputed areas: USHmmm…
* Europe to shut 10 refineries as profits tumble
* Britain’s biggest gas storage runs out of normal supply
* NTPC vs Coal India: Eastern, Northern grids face blackout as CIL cuts off coal supply
* Spent nuclear fuel reprocessing costs nearly triples, a blow to utilities Exemplo da energia “barata”…
* EDF ‘in big trouble’ says French nuclear expert
* The fuel of the future
(De longe o assim chamado combustível renovável mais usado na Europa é a madeira. […] as centrais electricas são facilmente adaptadas para uma mistura de 90% de carvão e 10% de madeira (co-inceneração) com baixo investimento. […] como a madeira pode ser usada nas centrais a carvão que de outra forma poderiam ter de ser encerradas por causa dos novos padrões ambientais, é extremamente popular entre as empresas de energia. […] rapidamente formou-se uma aliança para apoiar os subsídios públicos à biomassa. Juntou Verdes, que pensavam que a madeira era neutra em carbono; empresas, que viam a co-inceneração como uma forma fácil de salvar as suas centrais a carvão; e governos, que viram a madeira como a única forma de atingir os seus objectivos com as renováveis. […] com incentivos como estes as empresas europeias estão a vasculhar o planeta à procura de madeira. […] Resumindo, a UE criou um subsídio que custa uma valente maquia, provavelmente não reduz as emissões de dióxido de carbono, não encoraja novas tecnologias energéticas – e está preparada para crescer como uma cerca sem fim.)
* RSPB makes a killing… from windfarm giants behind turbines accused of destroying rare birds
* Governments, Western corporations grab lands across Africa: Justine Mutale

* 10th anniversary of US invasion to Iraq: cost of war tremendous, violence remains
* Moscow Slams UN ‘Maneuvering’ on Syria Chemical Attack Probe
(Moscovo acredita que as Nações Unidas estão a atrapalhar as investigações à alegada utilização de armas químicas na Síria sob pressão de “determinados países” […] o ministro dos negócios estrangeiros criticou a acção das Nações Unidas como “intolerável e inaceitável” e apelou à organização para agir de acordo com os princípios da “imparcialidade”.)
* Arms supplies to all sides of Syrian conflict should be halted – Putin
* Syria’s Escalating War Bleeds Into Lebanon Rufam os tambores…
* Syrian conflict threatens to spill over from Golan into Israel
* Líder da Al-Qaeda exortou à fundação de um Estado islâmico na Síria
* Negociação sobre programa nuclear do Irã termina sem acordo
* Hamas accuses Western spies of Gaza operations
* Hundreds Protest U.N.’s Gaza Aid Suspension
* Blackseafor 2013 – manobras das armadas do mar Negro

* US wish for pre-emptive action ‘a prelude to global warfare’
* Coreia do Norte retira 53 mil trabalhadores de Kaesong
* Afinal teste nuclear da Coreia do Norte não está iminente
* Washington adia teste de míssil balístico intercontinental devido à tensão com Coreia do Norte Hmmm…
* Japão se prepara para interceptar mísseis norte-coreanos
* EUA planeiam destacar avião para o Japão para reforçar vigilância face a ameaça norte-coreana
* US, Philippine troops start war games amid China tensions
* Philippines may allow U.S. greater military access: minister
* China’s submarines in Indian Ocean worry Indian Navy
* Agni-II missile successfully test fired Índia
* US fighter sale ‘shows hypocrisy’
* Rússia fornece caças adicionais à Malásia
* Drone use remains cloaked despite Obama’s pledge for more transparency
* A secret deal on drones, sealed in blood
* How the CIA agreed to assassinate one of Pakistan’s enemies to open the way for drone strikes
* Onze crianças e uma mulher mortas durante ofensiva da NATO no Afeganistão
* Presidente moçambicano exige à Renamo que “”pare com atos de intimidação ” Hmmm…

* Canada police arrest 279 protesters in Montreal
* Confrontos sectários deixam mais 2 mortos no Egito
* Polícia turca dispersa milhares de manifestantes em Istambul
* Yemeni protesters demand release of Guantanamo detainees

Biden: The ‘affirmative task’ before us is to ‘create a new world order’

Notícias do Dia 21/03/2013

* Crisis in Cyprus shows collapse of the West
(A União Europeia decidiu desanuviar o ar utilizando o antigo mecanismo de culpar a Rússia que alegadamente é a mais afectada pelas medidas propostas. […] Infelizmente, a UE está a desintegrar-se sem a participação da Rússia. Não existe unidade em lado nenhum, incluindo política. Para além dos opostos “trabalhadores do norte” e os “calões irresponsáveis do sul”, existem outros conflitos, como o de países credores vs países devedores, assim como contradições entre líderes. A Alemanha é acusada de usurpar o poder, o Reino Unido levantou a questão de saída da UE, e França está a enviar unilateralmente tropas para o Mali e vai fornecer armas aos terroristas sírios. Também não existe nem paz nem sossego a nível nacional. Os nacionalistas estão tornaram-se activos em todas as direcções, desde a extrema esquerda até à extrema direita. Em Portugal, os protestantes cantam um a música revolucionária “Grândola,” Espanha está a dividir-se em movimentos separatistas, na Grécia os Nazis subiram ao Parlamento, e em França a “Frente Nacional” de extrema direita de Marine Le Pen está em crescimento. Em Itália as eleições parlamentares um “príncipe palhaço” comediante Beppe Grillo garantiu uns sensacionais 25% dos votos. Na Alemanha, um novo partido, “Alternativa para a Alemanha”, foi criado clamando a dissolução da área do euro e a criação de pequenas alianças com “alguns países com economias ricas”, ou seja, Áustria, Finlândia e a Holanda. Fundada tendo por base o confronto ideológico com a União Soviética, a União Europeia criou um sistema de protecção social que as pessoas da antiga união soviética só podiam sonhar. […] Mas essas garantias não se baseavam no crescimento do PIB da economia real mas nos fundos especulativos da sector bancário. A crise de 2008 levou ao colapso do modelo económico neoliberal. A população da Europa já não deseja viver em conjunto. O termo “estado social” desapareceu do vocabulário dos políticos. […] A eleição do Papa Francisco, que falou da Igreja Católica como a Igreja dos pobres, negando, na realidade, a riqueza enquanto virtude, mostra que a crise no ocidente avançou das esferas económica e política para as religiosa e ideológica. Os seus líderes e as suas elites enfrentam um dilema – ou mudam o modelo de distribuição de riqueza e o fardo das dificuldades, ou serão destruídos.)
* Cyprus: The geopolitical dimension
* Cyprus Turns to Moscow: Scenarios for a Russian Role in the Bailout
* ‘Cyprus no longer part of Eurozone’
(Chipre já não faz parte da Zona Euro. E o comportamento dos políticos de Chipre mostra claramente que está no comando da ilha, em termos económicos. É Moscovo, não Bruxelas, e temos de retirar o mais rapidamente possível conclusões disso.)
* Zhirinovsky propõe ao Chipre aderir à Federação Russa
([…] o Chipre deve aderir à Federação Russa e introduzir o rublo.)
* Troika chumba solução alternativa do governo cipriota
* BCE dá ultimato a Chipre para solução para obter recursos de resgate Bluf?
* Alemanha pode deixar bancos do Chipre quebrarem, diz jornal Bluf?
* Dirigentes de Chipre excluem qualquer taxa sobre os depósitos bancários
* Presidente do Eurogrupo insiste na imposição de uma taxa bancária em Chipre
* Russos ameaçam União Europeia Tic,tac,tic,tac…
(O primeiro-ministro russo ameaçou hoje reduzir a participação do euro nas reservas russas se a gestão da crise financeira em Chipre lesar os interesses do seu país. “Entre 41 % e 42 % das reservas [russas] são em euros e a proposta [europeia relativa a Chipre, que fez depender o resgate da criação de uma taxa sobre os depósitos bancários] não é somente imprevisível, mas inadequada”, […])
* Cyprus is euro zone’s very own Lehman moment
* O que fazer se Bruxelas sugerir atirar-se pela janela?
(“Creio que tal violação pela UE, ou seja, pela RFA, foi possível com o consentimento do FMI. A instituição de Bretton Woods, tomou a decisão, compreendendo ser impossível preservar o sistema bancário mundial em seu atual estado. A grosso modo, que se lixem os bancos! Já não importa se os deputados cipriotas aceitarão ou não a exigência comunitária, porque o default foi, de fato, anunciado. O encerramento dos bancos, que não funcionam pelo sexto dia consecutivo, significa um colapso financeiro. Cedo ou tarde, ele irá alastrar-se por outros países, inclusive Portugal, Espanha e Itália. Se o depósito deixa de ser um ativo seguro, se torna difícil prever o evoluir do sistema bancário. Por isso esta foi uma catástrofe!” […] Assistimos ao conflito agudo entre Putin e Merkel por causa de esferas da influência. Merkel diz: o Chipre pertence a nós. Putin retorquiu, afirmando que não, o Chipre “não é apenas de vocês”. A UE procura a liderança na definição das regras do jogo financeiro. O que será se ele algum dia pedir, no sentido figurado, para “atirar-se pela janela” na altura em que se sente capaz de manter a estabilidade na zona do euro?)
* Delinquentes
(Angela Merkel, nova imperatriz da Europa, esqueceu – se alguma vez teve presente – não só os trágicos acontecimentos da Segunda Guerra como ainda os ensinamentos que o também seu compatriota, escritor e filósofo, Thomas Mann, no seu discurso de 1953, em Hamburgo, transmitiu: “…os alemães não devem voltar nunca mais a aspirar a uma Europa alemã…”. […] O ano de 1953 não se perdeu, propriamente, nos confins da História ou nos primórdios da Humanidade. Está ainda ali na porta de trás do nosso tempo e do de Angela Merkel, que entende que a Europa é dela porque a herdou, comprou e, para tirar dúvidas, a conquistou.)
* Grandes empresários alemães instalados em paraíso fiscal Reis da hipocrisia…
* Europeans now have another reason to be cynical
(Mas não tenham dúvidas: isto é parte de um problema muito mais abrangente da Zona Euro: É uma manifestação de um instinto de resposta política que dá prioridade à protecção do falhado sistema internacional financeiro acima do bem estar dos cidadãos comuns. […] Irá resultar numa tendência de confiança nos investimentos conservadores, como o oruo, em vez de direccionar capital para fins mais produtivos, reduzindo ainda mais o crescimento, e aumentando ainda mais a perda de confiança nas moedas fiduciárias. A confiança – por toda a sociedade como um todo, não apenas entre fundos de hedge e bancos globais – é a cola que mantém unido o nosso sistema capitalista. A sua perda significará a perda da capacidade do sistema de gerar prosperidade.)
* A vida no Chipre começa a tornar-se insustentável O colapso…
* Manifestantes atacaram edifício do parlamento do Chipre
* Cypriot ‘no’ inspires Greeks to rail against austerity Hmmm…
* Eurodeputada em estado de choque com presidente do Eurogrupo Hmmm…
(“Acabo de sair da audição com o presidente do Eurogrupo. Confesso: em estado de choque! É mesmo chantagem o que se está a fazer com Chipre. Pelos vistos, o BCE tem mesmo todo o direito de só providenciar liquidez de emergência a ‘países que têm futuro'”. […] “A chantagem feita a Chipre é uma chantagem feita a todos os países em dificuldades. De que é que nós europeus estamos à espera para correr com esta gente?”)
* A democracia é sagrada, o Euro não
(A sobrevivência do Euro não pode justificar o injustificável, isto é, o resgate do Euro não pode ser feito sobre o cadáver da democracia. Mas, infelizmente, começamos a ver um padrão na gestão desta crise: o fanatismo europeísta ultrapassa os limites anti-democráticos com demasiada facilidade. […] “o Euro não é sagrado, a democracia é que é; o Euro deve servir as democracias, e não o inverso”. […] Este desprezo por uma democracia nacional é chocante, pois revela a mentalidade anti-democrática de uma série de camarilhas técnicas que orbitam em redor da UE e do Euro. Esta malta acha mesmo que a legitimação democrática dos planos de resgate é um mero pormenor. No fundo, os senhores do Euro acham que a democracia é da Joana.)
* Crise? Que crise? Bombardeiem a Síria!
(Bem-vindos ao modo como a “democracia” realmente funciona na Europa […] “Nem o Parlamento Europeu nem o Parlamento nacional têm sequer uma palavra a declarar nas decisões do Conselho Europeu e da Comissão Europeia.” […] A Comissão Europeia (CE) é composta de 27 comissários (ah, sim, sombra da boa velha URSS). São o poder executivo europeu – eleitos pelo Parlamento Europeu. […] Resumo da ópera: as “democracias” européias não têm qualquer poder (poder-zero) para decidir sobre as políticas cerebradas em Bruxelas. Quem governa é aquela troika sinistra: o Conselho Europeu, o Eurogrupo e a Comissão Europeia. Para nem falar do Banco Central Europeu, cosmicamente opaco, transparência zero.)
* Sondagem indica que maioria dos cipriotas quer sair do Euro e reforçar relações com Rússia Buuummm!
* “A história de sucesso terminou” Moldávia
(O Presidente Nicolae Timofti anunciou, a 20 de março, o adiamento do acordo de associação com a UE, considerado o primeiro passo para uma possível adesão.)
* Escócia marca referendo de independência para 2014
* Sociedade irlandesa continua esmagada pela austeridade
* Três milhões de espanhóis em pobreza extrema Obrigado Europa!
* Actividade económica na zona euro contrai-se ainda antes da crise de Chipre Tic,tac,tic,tac…
* Indústria alemã trava em Março Pufff…
* European Car-Sales Drop Accelerates on Decline in Germany

* Bancos de Chipre encerrados até 3.ª feira Finito?
* Segundo maior banco do Chipre limita levantamentos diários a 260 euros
* Técnicos do Eurogrupo já dizem que Chipre pode sair do euro
(Os bancos vão abrir e ninguém sabe qual será a dimensão do descalabro. A missão do Eurogrupo está a contar com uma corrida dos depositantes aos bancos e, como tal, diz a Reuters, o BCE já estará a tratar de estudar forma “técnicas” para impor limites à livre circulação de capitais, de modo a que os depositantes não drenem o sistema bancário cipriota. “Estamos a fazer tudo, dentro dos nossos poderes, para limitar saídas de capitais não autorizadas” […] Mais provável parece ser, num primeiro momento, impor um controlo estrito às saídas de dinheiro do país, bem como o afundamento da economia. Depois disso, há já quem veja a rutura final.)
* Fitch: Taxa a depósitos em Chipre cria “precedente perigoso para outros países” Pois…
* Agora podemos esperar tudo
(Agora sim, podemos esperar de tudo. No Chipre, na Grécia, ou mesmo em Portugal. Por mais que nos garantam – o que é natural, em causa própria -, a partir de agora, ninguém pode estar seguro de que as suas poupanças, no limite o pouco dinheiro de uma vida de trabalho, não será atacado, e de noite para impedir qualquer tipo de reacção (só assim se poderia garantir a eficácia do corralito, como ficou conhecida na Argentina esta prática, até aqui inédita na Europa).)
* Portugueses, espanhóis e italianos já não acreditam em poupanças Tic,tac,tic,tac…
* A Tale of Two Londons
([…] é por isso que alguns bancos de investimento lhe chamam a “Baía de Guantanamo das finanças”. […] “A maioria dos grandes bancos de investimento têm por lá secções de operações no estrangeiro… vão para lá porque pura e simplesmente não existem regulações”. […] “ajudando elites do terceiro mundo a fugir com milhares de milhões de empréstimos desviados, comissões ilícitas e privatizações corruptas, e o dinheiro é colocado em Londres ou noutros paraísos fiscais”. […] Pode ser uma surpresa para a maioria das pessoas que a área mais importante no sistema global de paraísos fiscais não seja a Suíça ou as Ilhas Caimão, mas sim a Grã-Bretanha […] A Grã-Bretanha podia da noite para o dia acabar com o segredo deste paraíso fiscal, caso desejasse, mas a City de Londres não deixa. […] Mas para muitos o secretismo é o menos importante: pois uma vez que um investidor estrangeiro tenha escapado aos impostos britânicos, então o segredo dos paraísos fiscais fornece-lhe a oportunidade de escapar ao escrutínio dos impostos no seu próprios país – ou escapar também das autoridades criminais. […] “Eles roubam e roubam. Estão a roubar absolutamente tudo.”)
* PIMCO reduces exposure to euro in wake of ‘botched’ Cyprus bailout: report
* Bad debts at Italian banks top 126 bln euros in January Tic,tac,tic,tac…
* Spanish Lenders’ Bad-Loan Ratio Resumed Increase in January Tic,tac,tic,tac…
* France, Belgium told to count Dexia bailout in deficits
* Barclays Gives Shares to Top Brass Noutro planeta…
* Bancos emprestam menos dinheiro às famílias, mal parado continua a subir Tic,tac,tic,tac…
* BPN: Acusação desmonta teia de negócios e offshores Mais uma…

* O retorno do tempo fascista
(“O bacilo fascista estará sempre presente no corpo da democracia de massas. Negar este facto ou dar outro nome ao bacilo não nos tornará resistentes a ele. Pelo contrário. Se queremos combatê-lo eficazmente, teremos de começar por admitir que está novamente prestes a contaminar a nossa sociedade, teremos de o chamar pelo seu nome: ‘fascismo’” […] A crise que estamos a viver tem muito em comum com a crise de entre as duas grandes guerras do século xx, com destaque para o quadro institucional e ideológico da política económica. A maioria dos economistas acreditava (era mesmo uma crença!) que um orçamento equilibrado dava confiança aos agentes económicos e que medidas de austeridade eram indispensáveis à recuperação da economia. […] A política económica reduzia-se à engenharia do empobrecimento através do desemprego para reduzir os custos de produção. Esse tempo regressou. Sob a tutela do ordoliberalismo germânico, uma variante da “economia da idade das trevas” […] “Imaginar que foi a força do movimento [fascista] que criou situações desta natureza e não ver que, neste caso, foi a situação que deu origem ao movimento, significa não aprender a marcante lição das últimas décadas.” […] o “tempo fascista” é um tempo de impasse político, um tempo em que os partidos se revelam incapazes de apresentar uma proposta que rompa com “a situação” geradora do desemprego de massa, lançando assim os cidadãos desesperados para os braços de um demagogo carismático.)
* Portugal entre os países que mais cortam na educação Brilhante…
* Madeira atinge recorde de 25 mil desempregados
* Aumentou a pobreza infantil em Portugal Obrigado Europa!
* GNR regista furtos à procura de comida no Alentejo
* Estamos em guerra
* Militares à porta do primeiro-ministro ameaçam com crise de segurança Hmmm…
* Sair do euro “não pode ser tabu”

* A nova propaganda é liberal. A nova escravidão é digital.
(É o meio final de controle social porque é voluntário, viciante e amortalhado em ilusões de liberdade pessoal. […] A “mensagem” de hoje, de grotesca desigualdade, injustiça social e guerra, é a propaganda de democracias liberais. Em qualquer avaliação de comportamento humano, isto é extremismo. […] O historiador Norman Pollack chama a isto “fascismo liberal”. Ele escreveu: “Tudo está normal na aparência”. Para os que marchavam a passo de ganso [nazis], substitui a aparentemente mais inócua militarização da cultura total. E para o líder bombástico, temos o reformador manco, a trabalhar alegremente [na Casa Branca], a planear e executar assassínios, sorrindo o tempo todo. Ainda há uma geração atrás, a discordância e a sátira mordaz eram permitidas nos media de referência, hoje passam as suas falsificações e impera a falsa moral da época (moral zeitgeist). A “identidade” é tudo, feminismo mutante que declara classe [como conceito] obsoleto. Do mesmo modo como dano colateral encobre assassínio em massa, “austeridade” tornou-se uma mentira aceitável. Por baixo do verniz do consumismo, verifica-se que um quarto da Grande Manchester vive em “pobreza extrema”. A violência militarista perpetrada contra centenas de milhares de homens, mulheres e crianças anónimas pelos “nossos” governos nunca é um crime contra a humanidade. […] A CIA tem um “gabinete de ligação com a indústria do entretenimento” que ajuda produtores e diretores a refazerem a sua imagem de uma gang sem lei que assassina, derruba governos e trafica drogas.)
* ShadowStats’ Williams: Cyprus Might Spark Meltdown of Global Finance System
* 10 banks foreclosing on the most homeowners
* Tensions run high as Egypt trials bread rationing plan
* Citizens’ campaign to arrest Blair continues

* Bond crash dead ahead: tick, tick … boom!
(Faz-lhe recordar que “a volatilidade dos mercados bolsistas está de volta aos níveis vistos em 2006 e 2007 (pois, mesmo antes da maior crise desde a Grande Depressão). […] Mas o que é realmente assustador não é as taxas de juro subirem, ou as obrigações do tesouro cairem, ou as acções colapsarem, ou a economia estagnar. Não, o que é realmente assustador é os investidores estarem complacentes, sem fazerem a mínima ideia, não conseguem entender. Como resultado, quando a bomba relógio estourar (não apenas a bomba das obrigações e a bomba das taxas de juro, mas a bomba das acções e a bomba da economia) a volatilidade irá entrar numa corrida louca como numa montanha russa que irá desencadear a venda em pânico, até mesmo um crash total, repetindo o desastre de 2008. […] Os investidores foram adormecidos em complacência pelas duradouras políticas de Bernanke de dinheiro barato. […] A InvestmentNews leva a sério a sua responsabilidade pelos 90.000 conselheiros de finanças profissionais e no seu “Relatório Especial: Tick, Tick … Boom!” é dolorosamente cristalina na forma como vê os enormes perigos que estão a chegar para os milhões de investidores complacentes que “não fazem ideia do que está para lhes acontecer. … Tick … Tick … Boom!”)
* Caution: China Stocks May See Double-Digit Correction Tic,tac,tic,tac…
* High Frequency Trading: A Plea for a Pause
* Freddie Mac Sues Multiple Banks Over Libor Manipulation Mais uma…
* Fund Manager Indicted in U.S. Fraud Case Mais uma…
* Autoridades fazem buscas no apartamento de Lagarde Limpinho…
* Swaziland government sells maize donated by Japan and banks the cash
* How Rich Is the Catholic Church?
([…] provou ser surpreendentemente difícil conseguir entender o quão rica é a Igreja. Em parte porque as finanças da Igreja são complicadas. Mas também porque, pelo menos nos Estados Unidos, as igrejas estão isentas de revelar as finanças, requerimentos que se aplicam a todos os outros grupos sem fins lucrativos. E como se veio a revelar, essa isenção poderá ter consequências indesejáveis.)

* Fed’s $4 Trillion Question: Where’s the Exit Door?
* Brasil e China assinarão acordo para trocas em moeda nacional Fuga ao dólar…
* Dólar paralelo atinge recorde na Argentina
* US regulator: Bitcoin exchanges must comply with money-laundering laws
* The incredible shrinking groceries rip-off

* Civilian ‘hacktivists’ could be lethal targets in cyberwar, NATO study says
* Kuwait lengthens jail term for Twitter user
* Obama admin: GPS tracking without warrants ‘necessary’
* Arlington police get federal go-ahead to fly unmanned helicopters across city
* AUDIO: New York’s Police Union Worked With the NYPD to Set Arrest and Summons Quotas
* Analysis: How the deal to end over 300 years of a ‘free press’ was done
* Press regulation deal sparks fears of high libel fines for bloggers Shhh…
* UN ordered to compensate whistleblower
* Governo sul-coreano vai multar o uso de minissaias

* Monsanto: Patenting death
(Considerem que ao exercer este nível de controlo sobre a oferta de alimentos, a Monsanto está a criar rapidamente um mundo em que as pessoas têm de pagar legalidade à empresa para poderem produzir ou consumir alimentos. Como consequência, a Monsanto ganha o enorme poder de poder determinar a quem é permitido alimentar-se – e dessa forma decidir quem vive e quem morre. […] Contabilizando tudo isto, cada vez mais parece que a Monsanto está a patentear morte, talvez mais que vida.)
* Major US supermarkets to boycott GM salmon Publicidade enganosa?
* Britain ponders ‘three-person embryos’ to combat genetic diseases Os deuses do aDeus…
* China Is Engineering Genius Babies Os deuses do aDeus…
* Malaria vaccine test results disappoint
* Study: Birds Evolved Shorter Wings To Avoid Cars
* Milhares de crustáceos aparecem mortos em praia no Chile
* Consumo de refrigerantes ligado a 180 mil mortes
* China’s nearshore seawater quality degrading
* Vulcão Lokon voltou a entrar em erupção
* Caso um grande asteroide ameace a Terra, rezem, aconselha a NASA
* Morreu mais um antigo trabalhador das minas de urânio Portugal

* Power, cooling restored at Japanese nuclear plant
(“Ainda temos toneladas de problemas que precisam ser resolvidos para superar os obstáculos com que nunca nos tínhamos deparado,” […] “Não acredito que o desastre de Fukushima esteja controlado,” […])
* TEPCO yet to learn from nuclear disaster / Problematic ‘makeshift’ power panel was exposed to elements, in use since initial crisis response Areia e sal… hmmm… seguríssimo…
(“Talvez tenha sido sal na areia que tenha causado o curto-circuito no quadro eléctrico da central eléctrica,” […])
* Japão culpa rato por apagão na central de Fukushima Ratos… hmmm… seguríssimo…
(A prespectiva de que um pequeno animal possa ter causado o curto-circuito só demonstra as vulnerabilidades da central, dois anos depois do imenso tremor de terra e tsunami terem desligado a energia para os reactores, desencadeando uma crise nuclear.)
* ANALYSIS: Cooling failure brings renewed criticism of lax TEPCO Seguríssimo…
(O corte de energia no equipamento de arrefecimento em várias piscinas de armazenamento de varas radioactivas tinha o potencial de se poder tornar catastrófico. Com os sistemas de arrefecimento desligados, a temperatura da varas de combustível nuclear nas piscinas podia ter subido até ao ponto de evaporar a água, conduzindo possivelmente a um derretimento do combustível.)
* 15 Experts for Japan NRA Receive Money from Nuclear Industry Na cama…
* Another bent rod found in fuel assembly at Kashiwazaki nuclear plant Tic,tac,tic,tac…

* Tanker rout reversing as U.S. buys more Middle East oil É a independência energética…
* For Oil Markets, China Isn’t What it Used to Be
* Carbon tax to cost NSW $1bn: coalition Energia para elites…
(“Para as comunidades por todo o país, para as famílias, o imposto de carbono não só está a fazer-se sentir no custo da electricidade, como também significa que o governo tem menos dinheiro para gastar em serviços.”)
* Governo acusado de defender biocombustíveis poluentes Portugal
* Suntech’s troubles cast a shadow over the green tech industry
* Mike Holmes: Water makes the world go around

* Iraq 10 years after the invasion: no remorse and no lessons learned Os reis da hipocrisia…
* ‘Fragmentation of Iraq into several small states possible’
* Fukuda: Japan feared Iraq WMD claims were false, but valued relationship with U.S. Os beija-mão…
* US plan for Iran ‘pinpoint strike’ ready – report Rufam os tambores… WMDs
* Irã arrasará cidades israelenses se atacado, diz líder supremo Rufam os tambores…
* Agente estadunidense disparou contra presidente do Irã Hmmm…
* ‘Shadow war’ between Israel, Iran rages on as Obama visits
* Obama talks tough on Syria, counsels patience with Iran
* ‘US wants Syrian wealth’ no matter the cost
* U.N.: Syria’s humanitarian crisis is ‘dramatic beyond description’
* Syrian opposition PM ‘more Texan than Muslim Brotherhood’ Hmmm…
* Key Syria Dissidents Leave Coalition Grouping Hmmm…
* West delaying UN probe into Syria chemical attack: Russia Hmmm…
* Foguetes atingem o sul de Israel em meio à visita de Obama ao país Rufam os tambores…

* An ‘unpardonable provocation’: North Korea warns of attack if US flies B-52 bombers again Rufam os tambores…
* Kim Jong-un ameaça atacar a Coreia do Sul e os EUA Rufam os tambores…
* North Korea’s Kim supervises “drone attack” drill
* Pyongyang simula ataque à Coreia do Sul Rufam os tambores…
* Coreia do Norte colocou em alerta a sua população e Exército para ataque aéreo Tic,tac,tic,tac…
* South Korean banks, media crippled by virus attack among speculation of North Korea cyberattack
* Ciberataque contra Coreia do Sul teve origem na China Hmmm…
* Korea, U.S. conduct naval drills with nuclear attack submarine Rufam os tambores…
* China, Russia to Stand Together on Missile Defense in AsPac
* PLA Navy warships start patrols China
* Navy warships conduct high-sea training China
* EUA e Japão discutem contingência para recuperar ilhas disputadas com a China em caso de ataque
* Who owns the drones?
* French-led forces use banned weapons in Mali: Report Reis da hipocrisia…
* Strike begins at Chinese uranium mine in Niger Hmmm…
* Indonesia to buy more Russian jet fighters, patrol ships
* Sofisticado caça norte-americano teme frio e trovoadas
* Navy Will Make 2013 Its Year of the Laser Gun

* Barack Obama, “persona non grata” no Médio Oriente
* Obama visita Cisjordânia e é recebido com protestos de palestinos
* UK civil servants strike on Budget Day
* Protesters Call for Swift Freedom of Political Prisoners from Saudi Jails
* British anti-war activists blockade weapons manufacturing company
* Índios e ribeirinhos invadem canteiro de obras de Belo Monte

Notícias do Dia 13/03/2013

* O buraco negro da austeridade
* “Operação bem sucedida, paciente morto”
(Brüning não conseguia oferecer mais ao país do que maior pobreza, a redução da liberdade e a garantia de que não havia alternativa. Na melhor das hipóteses, a sua política consistia apenas num repetido apelo à austeridade. Os seus sucessos – e indubitavelmente teve alguns – podiam sempre ser descritos pelo seguinte slogan: ‘Operação bem-sucedida, paciente morto.’”)
* Portugal perdeu na agricultura o dobro do anunciado pelo Governo
* Pires de Lima: “Os políticos que se convençam: exportações não salvam empresas”
* Concessionárias não aceitam corte de 1/3 na rentabilidade
* Desmantelar a martelo
(O objectivo é criar um problema (ineficiência) para lhe aplicar a solução já conhecida (privatização). A privatização dos transportes e o declínio da qualidade de vida das pessoas residentes em Portugal é uma farsa trágica com pouco de cómico. […] .Sabemos, pela experiência, por exemplo, dos caminhos-de-ferro britânicos, que será uma privatização momentânea; sabemos que esbulhará o património público, de acordo com os últimos resultados da TAP; sabemos que a Carris e a CP deixaram de ser financeiramente viáveis devido aos truques (des)orçamentais dos últimos governos. Desmantelar a rede de transportes públicos é um projecto ideológico sem qualquer racionalidade económica.)
* Derrapagem: obras públicas custam até 7 vezes mais que previsto
* Fartura de faturas
* Portugal é o país europeu com menos empregos disponíveis
* Desemprego na construção atinge recorde
* Famílias portuguesas cortam na comida
* Milhares de pessoas em risco de se tornarem sem-abrigo
(“Há milhares de pessoas que estão a viver num limbo, com rendas em atraso às câmaras e à banca, que ainda não foram despejadas. A partir do momento em que as autarquias tomem a decisão de as despejar será o caos social” […] As responsáveis criticam a falta de gestão e coordenação da estratégia para os sem-abrigo a nível nacional e o “silêncio” do Governo sobre esta matéria.)
* A pobreza pode acordar os demónios
(Bem acentuada nos números ontem divulgados pelo INE e de acordo com os quais o PIB retrocedeu 3,6%, qualquer coisa como 5 mil milhões de euros, valor superior aos cortes estruturais a marinar, a desgraça portuguesa é preocupante […])
* Suicídios nas cadeias portuguesas duplicaram em 2012
* Futuro universitário dos alunos portugueses pode passar por países onde as propinas são grátis
* Concorrência perdeu todos os processos de abuso de posição dominante lol
* Manuel Sebastião volta ao Banco de Portugal entre elogios… à banca Em casa…
* «Nome polémico na concorrência» – Correio da Manhã
* Vamos mudar isto? Vamos salvar isto?
* A vida acima da dívida
(Recusam-se a aceitar que uma vida honesta feita de muito trabalho e estudo possa ser apelidada de preguiçosa, leviana e aventureira, que os impostos e os descontos pagos ao longo da vida tenham sido em vão, que quem menos pagou seja quem é mais protegido num momento de dificuldade coletiva. Recusam-se a aceitar que a democracia seja uma máquina de triturar a esperança, um moinho que só sabe moer o moleiro, uma farsa onde só são reais os fios que sustentam as marionetas, uma engrenagem encalhada num parlamento à beira-mar enterrado. Recusam-se a aceitar que os representantes eleitos pelo povo representem exclusivamente os interesses de credores predadores, que os governantes tenham outra pátria que não a dos governados, que a riqueza do país e o bem-estar dos cidadãos se transformem em penhora de um futuro hipotecado, que o roubo deixe de o ser apenas por estar institucionalizado e cotado internacionalmente. Recusam-se a aceitar que um governo nacional se comporte como a comissão liquidatária do País, reduza a história e a cultura a números, de que aliás retira tantas previsões quantas imprevisões, viaje às escondidas pelo país e só fale em público quando o público é estrangeiro. […] Se a política atual se mantiver, os portugueses passarão os próximos 30 anos a transferir a sua poupança para o exterior; com o ritmo migratório de 40 mil pessoas por ano, na grande maioria jovens e muitos deles altamente qualificados, daqui a dez anos Portugal será um imenso deserto com balões Google de resorts para turistas. Mais do que riscos, estas são certezas. […] O que aconteceu com a Islândia? Os credores, confrontados com uma ameaça credível de moratória, serão rígidos ou negociarão para receber alguma coisa em vez de nada? A UE deixará cair definitivamente a periferia, como tem vindo a fazer, ou entenderá finalmente que a crise do sul da Europa só é grave porque há um norte que se alimenta dela e dispõe de uma moeda apenas coerente com a sua economia? Ante riscos de desastre e certezas desastrosas, a inteligência intuitiva não hesita.)

* EU, IMF want Cypriot natural gas, but will get nothing – Archbishop
* Crisis: Cyprus’ house sales drop 44% in January-February
* Cyprus’s Audit Whitewash
([…] levem em consideração o grupo intergovernamental que o Chipre insistiu para liderar a missão. Moneyval, o grupo de controlo para a lavagem de dinheiro do Conselho da Europa, que até à data já realizou quatro avaliações ao Chipre desde 1998. As suas conclusões foram que o país tinha todas as leis e mecanismos de supervisão correctos. Não se vai ao mesmo médico para uma análise de rotina a não ser que se deseje a mesma resposta. […] a questão mais básica que enfrenta a Zona Euro com o seu quinto bailout a uma nação é se os contribuintes devem pagar para salvar accionistas e depósitos de bancos. Uma auditoria de branqueamento é o primeiro passo para garantir uma resposta efectiva a essa questão, que uma vez mais será, “sim”.)
* Dutch bankruptcies hit record in February
* Austerity leaves scar on Italy
* Italian spending on food falls 20 bn euros 2007-2012
* Fitch downgrades Italian regions
* A crise dividiu a saúde na Europa
* Sick man of Europe: Life-support drugs run short in Greece Obrigado Europa…
* Escritórios de políticos atacados na Grécia
* Sobe para quatro número de búlgaros que se incendeiam
* Protests in Slovenia continue despite government’s fall
* Anti-gold mining protests hit Greece
* Crise está a levar jovens europeus a vender e cultivar droga
* Advogado espanhol diz que os “sem-abrigo não são seres humanos”

* Vive a tua memória e assombra-te
([…] tal como existem placas em edifícios históricos para nos lembrar o que ali aconteceu, também nas sedes dos bancos, em Portugal e na Europa, deveriam ser colocadas inscrições: “Aqui foram injectados milhares de euros para evitar o colapso”. […] temos a manipulação da taxa Libor, processos por venda indevida de seguros, multas por envolvimento em esquemas de lavagem de dinheiro, enfim, a lista já vai longa. […] A história tem tendência a repetir-se, sobretudo se não aprendemos com os erros do passado. A banca, se não muda de comportamentos e ajuda a economia a recompor-se, arrisca-se a voltar a estar de mão estendida num futuro próximo.)
* EUA apontam Espanha como principal centro de lavagem de dinheiro na Europa
(“O acesso em Espanha às instituições financeiras europeias permite que entrem fundos ilícitos no sistema financeiro global com vigilância reduzida” […])
* British banks may have £30bn hidden losses Buraco negro…
(Os bancos britânicos poderão estar a esconder um buraco negro de até 54 mil milhões de euros de perdas não declaradas que não aparecem na sua contabilidade […] A pesquisa mostra o impacto distorcido das regras de contabilidade, que permitem que empréstimos irrecuperáveis continuem escondidos […] empréstimos irrecuperáveis e perdas esperadas não aparecem na contabilidade dos bancos porque tal não é exigido pelos Padrões de Contabilidade Financeira Internacional (IFRS).)
* Banks need more capital, says new regulator head Mais e mais e mais…
* Depósitos dos particulares voltam a descer em janeiro Portugal, tic,tac,tic,tac…
* Crédito malparado atinge valores históricos no início do ano Tic,tac,tic,tac…

* Global growth is burning out and fading away
(Impulsionados por um estimulo monetário por parte dos bancos centrais, a performance dos mercados financeiros globais, especialmente as acções, desprenderam-se da realidade de uma economia mundial moribunda. […] existem razões fundamentais do mundo poder estar a entrar num período de baixo ou nenhum crescimento. […] Nos últimos 30 anos, uma porção significativa do crescimento económico e riqueza criada foi sustentado em dinheiro emprestado e especulação. […] Existem semelhança impressionantes entre os problemas do sistema financeiro, danos irreversíveis no ambiente e escassez de recursos naturais vitais como o petróleo, alimentos e água. […] “Parece engraçado dizer isto, mas ainda bem que vivi na época em que vivi. As crianças que estão agora a crescer, elas irão viver dos restos. Nós comemos a refeição.” […] “Pode dizer-se que uma era está para terminar quando estão esgotadas as suas ilusões mais básicas.”)
* Economia do G20 cresce 0,5% no 4º trimestre de 2012 Pufff…
* Ships Reject Unprofitable Cargo to Halt Slump in Rates: Freight
* China’s Overcapacity Bubble
* Pew: For Every 10 Americans, Only 3 Trust The Government
* World’s Richest Add $29 Billion as Dow Hits All-Time High
* Private Debt Is a “Rock of Damocles” Hanging Over the Economy: Steve Keen EUA
(A dívida pública poderá estar nuns impressionantes 15 biliões de dólares, mas a dívida do sector privado está em mais do dobro em 38 biliões de dólares.)
* 46,609,072 People on Food Stamps in 2012; Record 47,791,996 in December
* Students claim exploitation after they paid thousands to work for McDonalds
* Beijing Rising Rents Squeeze Newcomers Barred Buying Homes
* Egypt declines $750 million IMF rescue loan
* Residents Urged To Prep For ‘Two Weeks On Your Own’ On Quake Anny

* Could gold be the next Libor scandal?
(O sector financeiro de Londres estava ontem à noite a preparar-se para outra investigação oficial a uma alegada manipulação de preços depois de relatos que o regulador norte-americano estava a considerar lançar um inquérito aos mercados de ouro e prata na City. […] O sistema usado para estabelecer o preço do ouro em Londres é incomum e envolve uma teleconferência bi-diária entre cinco bancos – Barclays, Deutsche Bank, HSBC, Bank of Nova Scotia e o Société Générale – enquanto o preço da prata é definido pelos três últimos. O que por lá é decidido é então depois usado para definir os preços por todo o mundo.)
* Dow Jones com maior ciclo de ganhos dos últimos 17 anos Chuta pá veia pá!
* Strategist Peck to Moneynews: Fed’s Money Printing Sends Stock Market to Record High
* Robert Shiller: Stock Market Confidence Can Turn Around in a Hurry
* Europe Stocks Defy Weak Earnings
* Investors missing rally because of ‘too big to jail’ financials
* Kuroda Says Bank of Japan Will Consider Buying Derivatives Casino…
* Cyber-attackers penetrate Reserve Bank networks Austrália
* Illinois Is Accused of Fraud by S.E.C.
* Vulnerable savers left with paltry returns after Lloyds told them to invest in fiendishly complex products Mais uma…
* GE, Pfizer, Microsoft, Apple And Other Major US Corporations Are Parking More Cash Abroad To Avoid Paying Taxes Neo-capitalismo…
* Big Sugar Is Set for a Sweet Bailout
* Crimes Found Sapping Billions From Africa
* Mali war disrupts cocaine supply to Europe
* Papal conclave: anti-mafia police raid offices in diocese of frontrunner
* Novo papa, cardeal argentino combateu FMI e é acusado de ajudar ditador

* Strong Dollar Is Flashing a Warning Sign for Stocks
(Para os mercados de acções continuarem em modo turbo é muito provavelmente necessária a ajuda de um antigo alido – do dólar fraco.)
* Norway Fund Flees Currencies Tainted by Stimulus Addiction
* BOJ nominee vows swift action as orders data disappoints
* JPMorgan Downgrades Emerging Dollar Bonds Hmmm…
* Budget 2013: fears rise as cost of living soars four times faster than earnings Inglaterra

* 1.6 Billion Rounds Of Ammo For Homeland Security? It’s Time For A National Conversation
([…] o Departamento de Segurança Nacional comprou 1,6 mil milhões de munições. […] algumas das munições adquiridas foram balas de ponta oca, as quais a utilização em guerra é proibida pelas leis internacionais, além de balas especializadas para atiradores furtivos. […] no auge da guerra no Iraque o exército gastava menos de 6 milhões de balas por mês. Por isso, 1,6 mil milhões de balas serão o suficiente para manter uma guerra durante mais de 20 anos, nos Estados Unidos. Adicionem isso a outra aquisição de deixar qualquer um perplexo, o Departamento de Segurança Nacional adquiriu viaturas militares pesadas, repatriadas do Iraque e do Afeganistão. […] A compra de 1,6 mil milhões de munições e a utilização de veículos blindados vai contra, em todos os sentidos, o real significado de “segurança nacional”.)
* Brennan, one of biggest war criminals in US history: Analyst
* Cancer is a very convenient assassination tool – Dr. Kevin Barret
* Venezuela vai investigar se cancro de Chavez foi “provocado”
* Governo da Venezuela diz ter detectado plano contra vida de Capriles
* JSoc: Obama’s secret assassins
([…] este novo modelo de guerra por parte dos Estados unidos que atacam tanto civis como insurgentes – em 70 países. Entrevistaram assassinos do JSoc, que estão em choque com como as “listas para a morte” que recebem estarem sempre a aumentar, mesmo com eles a eliminar cada vez mais pessoas. […] Scahill chama aos JSoc os “paramilitares” do Presidente. […] Esta forma de funcionar – com esquadrões da morte a vaguear apenas sob o controlo de executivos – é uma das definições de ditadura. Agora tem o potencial de ameaçar críticos dos Estados Unidos em qualquer lugar no mundo. […] O Presidente Obama ajudou dessa forma a prender um jornalista crítico das actividades do JSoc. […] O poder executivo nos Estados Unidos tem agora uma rede de leis secretas, orçamentos secretos, listas da morte secretas, e um exército de equipas de assassinos globais. […] Será “fascismo” uma palavra demasiado fraca para descrever isto?)
* Belarus adds more fuel to the fire of secret CIA prisons
* Cinema Shooting: Judge Approves ‘Truth Serum’
* Over 100 Guantanamo inmates ‘on hunger strike,’ possibly in grave condition
* ‘Guantanamo hunger strike is prisoners’ only way to reclaim dignity’
* Arábia Saudita executa sete jovens em praça pública
* Bahrain detains six for insulting king on Twitter
* Manning: US Army like ‘child torturing ants with a magnifying glass’ (FULL LEAKED TESTIMONY)
* Guantanamo smoke detector? No, a listening device
* The FBI Goes To Disturbing Lengths To Set Up Potential Terrorists
* Obama to visit Church of Nativity, Iron Dome to be moved to airport for photo-op
* NYPD program patrols inside private buildings; residents say they’re unfairly stopped
* A dangerous use of police force to quell protest
* Polícia birmanesa usou fósforo para controlar manifestação Os novos “queridos” do mundo dos negócios…
* EU porn ban: ‘Censorship disguised by noble idea’
* Google admite que Street View envolvia violação de privacidade
* Google’s Gmail-reading ad service faces Russian privacy probe
* Mysterious murder of American conspiracy theorist

* Forests more resilient to climate change
* Resíduos de pesticida em comida para bebés
* Oil spilled into Danube River in Ukraine
* Meia tonelada de peixes mortos no Lago Titicaca
* Owen Paterson set to scupper EU plans to ban pesticides linked to bee harm $$$$
* Navy dolphins: trained to kill
* Um cometa de Primavera pode ser visto a oeste após o pôr do Sol
* Four Asteroids Buzz Earth in Single Week
* Two years on, America hasn’t learned lessons of Fukushima nuclear disaster

* Fukushima plant decommissioning may last until 2051
* MARCH 11–TWO YEARS ON / Reality of recovery differs from official data
* Fukushima status little improved
(A radiação ainda está em níveis perigosos dentro da zona de contaminação da central nuclear de Fukushima […])
* ‘Fukushima made us sick’: Two Navy veterans join federal lawsuit against the Tokyo Electric Power Company over nuclear power plant meltdown
* Activists fault WHO report on Fukushima radiation
(“É um relatório que deseja reassegurar muitas das pessoas que, quase certamente, irão desenvolver leucemia ou cancro […] “Como médica, abomino o que eles fizeram” […])

* AIE reduz estimativa para crescimento da demanda global por petróleo
* OCDE prognostica preço de barril de petróleo ao nível de 270 dólares
(Peritos da organização internacional revelaram que novas jazidas não são tão ricas como anteriores e sua exploração custa muito mais para companhias petrolíferas.)
* The Strange Surge in U.S. Oil Imports
* Alberta’s economy takes hit on oil sales
* Egypt’s fuel crisis adds to its economic woes
* Kuwait may face power shortage risk next year
* Peninsula blackout ‘one of many’ Austrália
* Govt To Again Request Power-Saving Across Japan This Summer Japão
* Yemen faces mass blackout ahead of national dialogue
* UK gas up sharply as cold grips Britain, flows fall
(Na segunda-feira da manhã a capacidade em Rough, a maior área de armazenamento na Grã-Bretanha, caiu para zero […])
* Europe Gas Carnage Shown by EON Closing 3-Year-Old Plant
* The Price of Green Energy: Is Germany Killing the Environment to Save It?
(De momento, mais de metade das árvores abatidas na Alemanha vão parar a centrais de biomassa ou a sistemas de aquecimento a madeira. O resultado é um aumento dos preços da madeira e das espectativas de lucro. As perspectivas de se realizar dinheiro fácil, afirma Kaiser, “conduziu à pura brutalização do negócio madeireiro”. […] “os limites da sustentabilidade já foram ultrapassados por várias vezes”. […] o problema não é apenas a devastação das florestas. Terrenos baldios e terrenos agrícolas, que se estendem para além da vista, estão a ser transformados em oceanos de milho para produção de energia. […] Imensas extensões de terras estão a ser usadas para a indústria – convertidos em em enormes centrais solares, centrais eólicas, ou autoestradas de cabos de alta tensão. […] os Verdes estão a começar a compreender que grande parte dos seus sonhos – a utopia de uma sociedade a operar a energia “boa” – está a evaporar-se. A energia verde, descobriram, chega cobrando um elevado custo. E o ambiente irá também pagar um preço caso as coisas continuem a avançar como têm avançado.)
* China bailout eyed as sun goes down on former solar tech star
* Picturesque village is facing wind farm ‘catastrophe’
* Falta de água afeta 3 em cada 4 países da região Ásia-Pacífico
* Maha police gear up to tackle possible water riots

* ‘Iran can’t covertly produce atomic bomb’ – US intelligence chief
* Iran detects, repels US U2 reconnaissance plane: Cmdr. Rufam os tambores…
* Arming Syria militants breaches international law: Russian FM
* Relatório denuncia provação das crianças sírias
* Unreal Combat Footage Shot From Syrian Government Tank Shows Complete Devastation
* Syria Anti-Regime Protesters Rally against al-Nusra Front
* Israel Likely to Be Next Target of Syrian Rebels, General Says Hmmm…
* ‘Israelis love the peace process, but achieving peace is not their goal’
* Israeli troops kill Palestinian, injure several in West Bank clashes
* Hamas introduces voluntary weapons training in Gaza high schools
* Lebanon: Sibling of Syria
* CIA ramps up role in Iraq

* Drone industry predicts explosive economic boost
* US using tiny, ‘suicidal’ drones in Afghanistan
* Força aérea norte-coreana realiza número “sem precedentes” de surtidas Rufam os tambores…
* N. Korea starts fielding new mobile ICBMs: U.S. official
* N. Korea ready for military attacks without warning: U.S. official
* EUA vão manter navios com armas nucleares em águas da Coreia do Sul Rufam os tambores…
* Cinco grandes potências alimentam conflitos vendendo armas
(Reino Unido, França, Estados Unidos, China e Rússia arrecadam todos os anos mais de metade dos milhões de dólares gerados pelo comércio de armas. O relatório da Amnistia Internacional sublinha que este negócio é menos regulado do que a compra e venda de obras de arte ou até de bananas.)

* Japan, Sri Lanka to beef up maritime security alliance with eye on China
* 3 Chinese ships enter Japan’s territorial waters near Senkaku

* Shots fired during Iraq-Kuwait border protest: police
* Massive rally staged in Tokyo to protest Japan’s entry into TPP talks
* Polícia dispersa manifestação de veteranos de guerra em Maputo
* Hundreds rally in Brooklyn for second night of police brutality protest

Fukushima Shadow: Anti-atomic activists angry at nuclear revival plans

%d bloggers like this: