Notícias do Dia 25/05/2011

Especial Euro:

Greeks bearing EU debts squeezed on bailout payback

* Euro. Crise da dívida alastra com divisões na União Europeia
* Custo para segurar dívida grega sobe para recorde
* Grécia: Rehn e Juncker rejeitam reestruturação mas admitem recalendarização (LOoOL, e isso é?… uma reestruturação com um nome mais cor-de-rosa…)
* Probabilidade da Grécia reestruturar dívida é superior a 70%
* Grécia: Líder da oposição rejeita apoiar novas medidas de austeridade Hmmm
* Governo grego pondera referendar novas medidas de austeridade (Não vai, porque sabe que perde, e democracia é coisa do passado!)
* PIB do Reino Unido cresce 0,5% no 1.º trimestre (Neste sistema económico um crescimento inferior a 1% não é crescimento real, é um empate técnico… e se se juntar a isso os 5% de inflação lá por aquelas bandas, onde está CRESCIMENTO???? Onde????Enfim…)
* ECB’s Balance Sheet Contains Massive Risks (“O incumprimento de um país como a Grécia, o que inevitavelmente leverá à falência alguns dos bancos gregos, irá fazer disparar dramaticamente a factura, porque se crê que o BCE tenha adquirido 47 mil milhões de títulos gregos. Para além disso, até ao final de Abril, o BCE tinha gasto mais de 90 mil milhões no refinanciamento dos bancos gregos.”) (Eis o porquê de alguns compararem a situaçlão na Grécia com um filme de terror… Pessoalmente não podia estar mais de acordo, principalmente porque o terror é representado pelas medidas draconianas de uma lógica económica que não tem ponta por onde se lhe pegar. A lógica do trapaceiro engana e é salvo é a lógica da batata e que só terá um fim… o fim!)
* Alpha Bank swings a first-quarter profit (Quem diria que na Grécia a banca estava com lucros… e substanciais?!?!? O povo a passar fominha e os «eles» em festa das desgraças… mas «felizmente» está quase a terminar este ciclo de doidos!)
* EU policy options narrow to avert Greek default (“um incumprimento grego poderá minar a solvência de outros países em dificuldades na Zona Euroa.”)
* Greece to sell telecoms, state bank, top ports immediately (Nham, nham…)
* Shades of 2008: A Greek Default Won’t Be ‘Contained’, John Mauldin Says (“Não é algo que vá ficar pelas águas europeias, […] tal como a crise do «subprime» não se ficou pela Califórnia.”)
* Dennis Gartman: Germany To Tell EU ‘We’re Out!’ (Dúvido muito… mais facilmente os países europeus se unen para correm com a Alemanha do que ela querer sair…) Hmmm
* China agency downgrades UK sovereign credit rating (“as negras prespectivas de crescimento económico do país e a enfraquecida capacidade de pagar a dívida.”) Hmmm
* Budget Deficit Widens to $16.1 Billion as Tax Receipts Fall on Slow Growth (Inglaterra… quase…)

Portugal:

* Segurança Social disponível para comprar dívida pública (Estará o Zé Povinho disponível para o fazer?!?!?!? Estas são as poupanças de uma vida do Zé Povinho!!!!! Se isto é respeito pelo trabalhador, pelo cidadão e pelo Homem, então o que será realmente faltar ao respeito!!!! DEMO-CRACIA, Estado financeiro!!!)
* Agência canadiana corta «rating» de Portugal
* Portugal paga 5,68% pela primeira tranche de 1,75 mil milhões (Ora isso representa… peguem numa calculadora e façam as contas, não esperem que eles as façam por vós!)
* Seguro contra bancarrota de Portugal sobe para 682 mil euros por ano (“Os juros de Portugal estão hoje a subir nos prazos mais curtos. “) (Obrigado UE e FMI)
* Dívida pública deve ultrapassar os 100% do PIB este ano (Obrigado UE e FMI…)
* OCDE: Dívida pública subirá para 115% do PIB em 2012 (act.)
* Desemprego em Portugal poderá agravar-se para além de 2012 (Muito para lá de 2012)
* Empresas e particulares estão a demorar mais tempo a saldar dívidas
* Há mais de cinco mil milhões de euros de dívidas incobráveis
* “O desencanto com a democracia é um dado preocupante” (vídeo) (O Zé Povinho não se desencanta nunca com a democracia, anda desencantado com a demo-cracia!!!|!)
* Portugal é o único país em recessão no próximo ano (Voltaremos a falar daqui a dois, três meses… talvez nem tanto…)
Agora as mentirinhas diárias que grassam nesta demo-cracia sem escrúpulos:
* OCDE prevê recessão de 1,5% no próximo ano (A sério?)
* OCDE prevê recessão de 2,1% e desemprego nos 11,7% (A sério????)
* Desemprego já estaria em 13% sem os Censos (pois…)
* Finanças garantem que ordem para Segurança Social comprar dívida respeita limites legais (Sim e o mundo é quadrado…)
* Ministra do Trabalho garante que acordo com a troika aumenta protecção laboral (Isto ultrapassa todo o tipo de conotação de mentira que lhe possa ser atribuída!!! Numa verdadeira democracia a mentira não é uma virtude é aquilo que ela é, um engano, uma falácia, uma injúria aos seus princípios base!!! Viva a demo-cracia!!! Viva!!!)

Economia\Sociedade:

* Retoma económica mundial no bom caminho mas a diferentes velocidades (Falamos daqui a dois, três meses, talvez menos…)
* Exportações nipónicas caem 12,5% em Abril (Quase)
* One giant debt for mankind: U.S. national deficit would reach almost to the moon if piled high in $5 bills (Só possível num mundo faz-de-conta)
* China seen as the candidate for ‘next catastrophe’ (E o novo mundo de faz-de-conta)
* World Bank Predicts Multipolar Global Economy (Quase…)
* U.S. Commercial Real Estate Prices Decline to Post-Crash Low, Moody’s Says
* For 25% of retirees, savings are all gone

Banca\Corrupção\Manipulação:

* Cartão do Cidadão: Assinaturas digitais podem ser falsificadas
* Pedidos da banca para emitir dívida com aval do Estado superam valor de 2009
* BCP pede para emitir 1,75 mil milhões de dívida com garantia do Estado (Enquanto vais passando fome Zé Povinho, outros comem os teus restos!!!)
* Polícia nega ter dado informações sobre DNA de Kahn Hmmm
* World Bank pledges up to $6bn to Egypt, Tunisia (Então mas é o FMI ou o Banco Mundial que vai emprestar dinheiro? Ahhh, será o FMI e o Banco Mundial a mesma entidade… hmmmm!)
* Goldman Sachs on Third Try to Enter Market
* Goldman U-turn fuels surge in oil prices Hmmm
* Goldman calls bottom of commodity market … six weeks after calling top (Este mundo acredita em tudo o que os manipuladores dizem… era óbivo que tudo não passava de mais uma mentirinha!)
* New powers for Central Bank (Serão os novos bananas que estão no poder na Irlanda diferentes dos que o deixaram??? Eis a resposta… mais poderes para o Banco Central do país!!! Banco Central que é e foi um dos responsáveis do estado do Estado irlandês!!! Viva a demo-cracia!!! Viva!!!)
* Bankers’ bonuses paid for by taxpayers, banking commissioner tells MPs (As sanguesugas que vivem às custas dos Zé Povinhos deste mundo… neste caso em Inglaterra!)
* ICB says taxpayers’ bank subsidy will top £10bn (Mais dinheiro sem fundo e sem retorno… Inglaterra…)
* Stimulus money recipients owe billions in taxes: government (Alguns «meninos» podem fazer de tudo neste mundo!)
* US tax dodgers pocket over $24 billion
* “You Americans Are Funny” — You Start an IMF
* Contract Dispute With United Nations Could Lead to End of Diplomatic Immunity (Tal coisa nem devia existir num mundo de Direito)

Inflação:

* Inflation Picks Up in Vietnam (“19,8%”) (Hiperinflação de volta ao mundo moderno!)
* Belarus Devalues Ruble 36% Against Dollar, Sets New Limits (Continua a saga…)

Saúde\Ambiente\Ciência:

* After battling fluoride for 64 yrs, village gets pure drinking water at doorstep (O flúor e os seus milagres milagrosamente escondidos…)
* Ash May Cause Flight Ban Over North Germany on Wednesday
* Are tornadoes more common because of climate change? (“a verdadeira resposta é que ninguém sabe.”)
* GOP unveils cuts to nutrition, food safety
* Meat grown in TEST TUBES instead of on the farm is ‘only a few years away’ as scientists cook up ‘in vitro’ burgers
* UN puts off destroying last smallpox viruses

Japão:

* Peritos das Nações Unidas investigam acidente na central de Fukushima (Os meios de desinformação colectiva escreveram mais nestes últimos dois dias sobre o assunto do que no último mês… mesmo assim apenas informação oficial proveniente da TEPCO, a entidade que menos devia ser confiada em relação ao que por lá se passa… mas é assim este mundo de demo-cracia!)
* Solo de Fukushima precisará de limpeza intensiva, diz especialista (E um caso muito raro nos meios de desinformação… voz dada a alguém que não é directamente pago pela TEPCO!!! Façamos uma festa pois isto é caso muito raro!!!! Mesmo que seja um especialista «muito meiguinho»…)
* No.1 reactor vessel damaged 18 hrs after quake (“Julga-se que a situação levou ao derretimento das varas de combustível, criando buracos no compartimento de pressão, e danificando o sarcófago.”) (Se em 18 horas aconteceu isso, que mais falta contar???)
* Soil contamination from Fukushima crisis comparable to Chernobyl: study
* TEPCO describes 3 meltdowns / Report on Fukushima N-plant outlines downward spiral of events
* NISA wants measures to stop seawater contamination
* 70 000 must evacuate around Fukushima (Aos poucos vão sendo deslocados… aos poucos…)

Matérias Primas\Energia\Agricultura:

* Preços do petróleo sobem mais de 2% (“Desvalorização do dólar sustenta subida do «ouro negro»”)
* Gold Denominated in Euro Rises to Record 1,080.959 Euros/Oz (Se nem Soros conseguiu abanar o mercado…)
* WGC issues glowing report on gold demand
* As ice melts and technology improves, interest in Arctic grows (A corrida para os loucos!)
* The Russian economy and its oil
* Venezuela Plans to Ration Power for Second Year, Minister Says
* China Resource Demand Robust Again in April
* U.S. looks to reduce dependence on China for critical minerals (Pois, mas não vai ser no momemtno… vai demorar talvez uma década)

Bélico\Demo-Cracia:

* Morte no Campo (“Desde ano passado, o casal vinha denunciando o desmatamento realizado por madeireiros e carvoreiros da região.”)
* Regulação na Internet marca primeira cimeira (Um exemplo puro de um verdadeiro democrata e seu defensor com unhas e dentes, verdade???? Mentira!!! Sarkozy a impulsionar tal coisa não é certamente coisa boa que está a ser cozinhada para a democracia – que ainda resiste – e para a liberdade de expressão!)
* ONG contabiliza mais de mil mortos na Síria (Comunidade internacional… nada, por lá não há tanto petróleo como na Líbia!)
* Premiê israelense diz que país não voltará às fronteiras de 1967
* Abbas avisa que vai pedir reconhecimento de Estado palestiniano à ONU
* Palestinos dizem que discurso do premiê israelense é obstáculo para paz Hmmm
* Israel prepared to make ‘painful compromises’ for peace (A sério?)
* Netanyahu’s defiance on deal is ‘declaration of war’ Hmmm
* Palestinian U.N. bid enters unknown territory
* Netanyahu’s speech to Congress speech shows America will buy anything Hmmm
* IAEA: Syria site bombed by Israel ‘was likely nuclear’
* Who’s on the US terror watch list? More than just terrorists, it seems.
* Iran challenges Western model of the world – professor (“Os iranianos querem quebrar o hábito dos americanos e dos europeus de constantemente agirem como se fossem o centro do mundo e mais civilizados que os outros, quando na realidade o mal que já fizeram ao mundo não tem precedentes,”)
* Tribal fighters barricade Yemeni capital
* Yemen locked in power struggle as escalation of fighting leaves 38 dead
* Supporters of Ivory Coast president Alassane Ouattara ‘killing enemies’ (Comunidade internacional???…. silêncio…)
* CIA hunted in Sweden without permission? (Os donos do mundo…)
* Danish commandoes wade into Greenpeace Arctic oil protest
* Libya: Allies soften demands for Gaddafi to go Hmmm
* Libya: Col Gaddafi’s oil minister ‘did not flee’
* Exclusive: Libya’s Ghanem may be on secret government mission (Na reunião da OPEP?)
* Russia says a fifth of defense budget stolen
* Japan to allow U.S. to export new missile
* Pentagon weapons buyer quietly visits California to discuss bomber planes (Os destruidores do futuro)
* Nicolas Sarkozy’s cache of sleaze on rivals, including Dominique Strauss-Kahn

Revoluções:

* Geração à Rasca defende que manifestações mostram que precariedade é problema europeu (Precariedade?!?!?! Então não será muito mais importante defender os valores da democracia destes sugadores sanguinários desprovidos de princípios democráticos?!?!?! Querem ajudar a salvar a precariedade e poderão estar a ajudar a manter o status quo que irá continuar a querer implementá-la… a lei das batas ruffles, parecem ser mas não são!)
* Plano de austeridade desencadeia nova manifestação na Grécia
* A revolução que veio de cima
* Millions of Spaniards Have Lost Faith in Politics’ (Se fossem apenas os espanhóis…)
* Uncertain Democratic Future of Tunisia

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 25/05/2011, in Outras Notícias do Dia. Bookmark the permalink. 3 comentários.

  1. CropedFrag

    Uau…, a Merkel continua convicta, ou mentirosa, com o balanço dos benefícios versus esforço e trabalho. Mas o que mais me assustou, nomeadamente no video ao início do post, foi ouvir a existência de 40% de desemprego entre os jovens na Grécia.

  2. E a mim o que mais me assustou foi ouvir a frase final do comentador que diz que deve-se “deixar sair do Euro aqueles países que, desde inicio, nunca deveriam ter aderido a ele”. Isto pode ser verdade, mas não estamos habituados a tanta frontalidade. Realmente, é inconsequente estabelecer-se uma moeda única para economias disparatas. A médio prazo a questão de saber que economia serve melhor teria que surgir… Assim sendo, para mim, a saída do Euro por parte da Grécia e de Portugal é uma realidade próxima (visto que até podem sair “sem grandes problemas”). Mas ficam por responder duas questões:

    1) Se a saída do Euro não irá causar um tumultuo de tal forma grande que o faça coincidir com uma saída da UE. Parece que facilmente podemos dizer que “não”, mas é ignorar o facto de que muitos regulamentos europeus deixarão simplesmente de se aplicar a esses países, que muitos terão que ser revistos em função dessas saídas, e que o BCE (que hoje é uma instituição da UE) não os servirá mais monetariamente. O recuo de uma União Económica e Monetária para uma simples União Económica pode ter consequências avassaladoras… E sair da UE implica sair-se de todas as restantes instituições europeias (nomeadamente Comissão e PE) e despir-se das suas grandes liberdades (livre circulação de pessoas, trabalhadores, mercadorias e capitais). Vamos voltar a um Estado de pos-guerra?

    2) Que impacto poderá ter a saída do Euro para um país debilitado a nível económico? Não irá essa realidade condicionar desfavorávelmente o valor da moeda recém-instaurada? É que se sim (e concordaremos todos que é provável que assim seja), é inútil sair do Euro uma vez que uma moeda mais barata só agrava o peso da dívida (em euros).

    Para concluir: achei que Garcia Pereira tinha exagerado quando disse que “Merkel está a conseguir por meios monetários aquilo que Hitler não conseguiu fazer por meios militares”. A frase repetiu-se com um Socialista da minha zona. Face a estas posições da chanceler, chego à conclusão que as suas palavras não pecam pela dureza e que talvez a Alemanha procure novo fuhrer.

    • Hephem.

      1) Por acaso cada vez mais acho que serão tumultos que irão levar países à saída do euro e não por opção do bananal, seja ele qual for.
      Será uma situação que terá consequências avassaladores, sem dúvida, mas na minha opinião possiveis de ser revertidas por um Estado soberano, com mais ou menos dificuldade. O inverso será uma perda acentuada dessa soberania a qual fornece aos Estados e seus Zé Povinhos as armas para uma independência económica e social. O caminho que as coisas estão a tomar, Portugal, como Grécia e Irlanda, passará a ser um Estado subsídio-dependente para sobreviver, indo perdendo a pouco e pouco, mais ou menos devagar, todas as armas para uma subsistência autónoma. Talvez tal caminho seja desejado para quem não se importe de passar a ser uma Federação da Europa e deixar de ser um país de direito próprio, passando a ser governado pelos interesses alemães, franceses e outros que tais, quase sem voz e voto nas suas necessidades especificas e peculiaridades.

      2) O impacto será violentíssimo, assim como a perda de soberania o será ainda muito mais. Essa perda de soberania será apenas sentida de forma mais suave pois será estendida durante muitos anos, mas que tenho poucas dúvidas conduzirá a um constrangimento económico\social muito mais atroz que a opção que agora parece ser mais dantesca.
      A moeda terá uma desvalorização monumental. Haverá uma rápida e súbita perda de riqueza em Portugal. Serão anos, 2,3,4 ou 5, verdadeiramente complicados mas será essa mesma desvalorização da moeda que voltará a trazer competitividade à produção portuguesa. Para além de que, uma das armas sempre usadas pelos Estados em dívida crescente é o da desvalorização da sua moeda de modo a facilitar o seu pagamento – uma desvalorização da moeda não é igual a um aumento da dívida a pagar, pelo contrário. Parece um contra-senso mas a inflação não é contabilizada no valor da dívida… os Estados imprimem mais dinheiro e assim pagam a dívida mais facilmente, algo que Portugal não consegue fazer debaixo das amarras da UE.

      Não sei se a Alemanha estará a querer “conquistar” a Europa à força, mas é inegável que as políticas da UE são na sua raíz políticas que defendem primordialmente os interesses dos mais fortes, e sendo a Alemanha o país mais forte desta Europa…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: