9 Homens Decidem o Mundo

Uma secreta elite de banqueiros controla as transacções de derivados.

Já quase todos devem ter ouvido falar, entre portas e travessas, que o mundo é controlado por um punhado de homens. Talvez sejam apenas histórias da conspiração, ou talvez não.
Ontem o “talvez não” ganhou força com um extraordinário texto jornalístico publicado no The New York Times.

Reza a história que todos os meses 9 banqueiros, representantes dos maiores bancos de Wall Street, reúnem-se em segredo para debater o mercado de derivados controlados pelas suas representadas. Os nomes avançados no texto como estando representados são: JPMorgan Chase, Goldman Sachs, Morgan Stanley e Deutsch Bank, e eu avento com os nomes do Bank of America, AIG, Citigroup, Credit Suisse e Barclays. (Estes são os bancos rotulados de “grandes demais para falir”.)
É-nos dito que estes 9 homens partilham dois objectivos em comum: Proteger os interesses e o domínio exclusivo dos grandes bancos no imenso mercado de derivados. (Tamanho deste mercado explicado no artigo Derivados – 1,5 Mil Biliões (quanto é isso?))

Este mercado de derivados, de muitos biliões de dólares, é um tipo de um seguro sobre as flutuações futuras no valor dos mercados. As apostas para subir ou para descer… o casino final, o mesmo casino que levou a ruptura do Lehman Brothers e ao início da crise que estamos a enfrentar hoje.

Escrito isto, os mesmos bancos representados nestes almoços, criaram uma Clearinhouse – Agência para proteger futuros desvios -, controlada e gerida por eles.
Portanto, podemos ficar descansados que depois de criada a agência nunca mais os casineiros irão investir a mais no casino dos derivados… Isto é uma pura galhofa! Tornar os ladrões polícias para controlar os seus roubos… LOOOOOOL!!!!!

Juntamos a estas explicações o facto dos preços e dos lucros nesse mercado serem segredo, e que o grupinho dos 9 não deixa mais nenhuma instituição bancária entrar no restrito grupo dos donos deste mundo.
Somos constantemente bombardeados com a noção de livre circulação de bens e capitais, e que a concorrência é que estimula e move os mercados. Acham que está a ser feito algo em relação a esta oligarquia secreta e silenciosa?
Acham que o mundo bananeiro está a envidar esforços para dar transparência ao mundo destes 9 homens?
Sabem, todas as instituições de controlo deste mercado estão nas mãos dos mesmo bancos que supostamente devem controlar – explicação mais detalhada no texto do New York.

Quem utiliza os derivados?

“Hoje em dia quem os usa são os Fundos de Pensões para segurar os investimentos. Estados e cidades usam-nos para baixar os custos com os empréstimos. Companhias de aviação para assegurar preços estáveis nos combustíveis. Empresas alimentares para estabilizar os preços das comodities, como o trigo e a carne.”

In The New York Times

Quase todos os cantos e recantos da nossa economia utilizam os derivados para assegurar preços, pagando uma taxa não revelada aos representados por esses 9 homens, o que directamente conduz à subida do preço de quase todos os produtos comercializados no mundo ocidental e, digo mesmo, no mundo inteiro, para contentamento dos casineiros que gerem o maior casino do mundo.

“Na realidade, hoje em dia, para alguns especialistas, este mercado de derivados é muito parecido com a bolsa Nasdaq em 1990. O Departamento de Justiça descobriu que os decisores de mercado do Nasdaq conspiravam em segredo para proteger os seus proveitos. Depois do escândalo, reformas e sistemas electrónicos de transacções cortaram os custos para 1/20 – uma poupança para os investidores.”

In The New York Times

E para compararmos se essa afirmação tem bases sólidas:

“Duas pessoas com conhecimento de como foi desenvolvida a Clearinhouse disseram que os bancos recusariam participar a não ser que deixassem cair o plano do sistema electrónico de transacções”

In The New York Times

Será que estes 9 homens representam algo diferente do mencionado em cima?
Duvido mesmo muitíssimo, pois o lucro em formato de bónus é tudo e toda a sua vida, pouco mais lhes interessa, de forma a saciar o seu vício por numerário… os verdadeiros agarradinhos no nosso mundo!

E assim continuamos a assistir ao apoio incondicional da grande maioria do “bananas” que nos (des)governam, dos mercados financeiros desregulados e independentes, à lógica do: “Cavas e apanhas uma saca de batatas e uma das batatas é para mim“, às custas dos Zé Povinhos do mundo…
Cortem-lhes os apoios sociais!
Baixem-lhes os salários!
Usem os seus impostos para pagar as dívidas do grandes bancos!
Mas nunca coloquem em causa a independência financeira abstractamente lucrativa dos 9 grandes!

“O representante do Deutch Bank disse também que o papel dos bancos neste processo tem sido um sucesso, afirmando que «é um dos melhores exemplos das parcerias publico-privadas»”

In The New York Times
Cá está a batatinha da saca dos “casineiros” para o bolso dos “bananas”…

Sem dúvida que tem sido um enorme sucesso para os bancos… ÀS CUSTAS DA FOME DE MUITOS MILHÕES DE PESSOAS!!!!!! Vígaros maltrapilhos e asquerosos!!!!!! (Desabafo!)

“Talvez nenhum outro mercado financeiro seja actualmente tão proveitoso quanto o de derivados. De certeza não o de empréstimos. Também não o dos cartões de crédito. Não o de aconselhamento financeiro em fusões e aquisições. E também não o de gestão das grandes fortunas.”

In The New York Times

Alguns analistas aventam – porque ninguém sabe ao certo o valor que representa este mercado – que este mercado represente até 1,5 mil biliões de dólares.
Para melhor compreender a imensidão deste número… se contar um número por segundo, para chegar aos 1,5 mil biliões precisará de 32 milhões de anos para o conseguir contar todo!

Muito mais está descrito no texto do The New York Times e quem puder e conseguir deve lê-lo profundamente porque um melhor conhecimento desta história é indubitavelmente ficar melhor preparado para lidar com as montanhas de inverdades que nos bombardeiam diariamente os meios de informação generalistas, com o apoio incondicional dos nossos “bananas” e a mãozinha secreta das nossas instituições bancárias. A vida a três tons que pintam sempre a mesma cor… a cor do despesismo e facilitismo daqueles e para aqueles que já têm mais e demais…

Conclusão:
9 homens têm nas mãos o futuro da economia do mundo… em 9 homens está parte do futuro da fome no mundo… estes 9 homens formam a realidade que nos é dada a viver… tantos quantos 9 homens são quase todo o mundo…
Este é mesmo um mundo de e para muitíssimo poucos que o vivem como se todos os outros homens fossem apenas mercadoria e valor acrescentado… este é um mundo de 9 homens não um mundo para todos os homens…

Notícia do The New York Times – A Secretive Banking Elite Rules Trading in Derivatives

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 13/12/2010, in Artigos, Banca, Corrupção, Economia and tagged , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. 4 comentários.

  1. CropedFrag

    Mas que achado de notícia. Ou melhor, ele sempre saíu no New York Times, um grande jornal que realmente deve ter deixado uma valente marca com esta coluna.

    Bem, eu só queria deixar o seguinte.
    O site, wikileaks pelo HTML habitual foi abaixo…
    Mas, o seguinte HTML ainda funciona que deve ser de um desses últimos servidores ainda vivos:

    http://213.251.145.96/

    Abraços

    • Obrigado CropedFrag, por acaso esqueci-me de colocar o link para o Wikileaks no Especial Wikileaks :P…

      E é mesmo uma notícia daquelas para guardar e não esquecer… É este tipo de notícias que justificam a existência do minha mOsca, pois explicam, usando palavras dos meios de informação para as massas, aquilo que muitos tentam explicar através das denominadas teorias da conspiração…
      Já há uns anos que cheguei à conclusão que não é necessário entrar no mundo da informação alternativa para entender grande parte dos assuntos mais complexos e elusivos… os meios de comunicação generalistas, mais cedo ou mais tarde, acabam quase sempre por escrever sobre eles, basta para isso ter paciência e ir lendo as notícias “oficiais” que vão saindo um pouco por todo o mundo.
      E assim, deste modo, se vai construindo uma imagem mais real do nosso (verdadeiro) mundo…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: