O Aquece Que Arrefece

O que aconteceu ao “ano mais quente desde que existem registos?”: A verdade é que o aquecimento global está em pausa. Estamos a gelar devido ao aquecimento global?. Ted Turner defende uma política global de um filho por casal para salvar o planeta.

Frio, calor, chuva, seca, quase tudo é responsabilidade do aquecimento global… Esta é hoje em dia parte da lógica usada para tentar explicar o fenómeno que assola os estudos de muitos dos cientistas do clima… mas… essa tentativa de lhe transmitir lógica tem de entrar no campo da efectividade dos números, e aí, por vezes, “a porca torce o rabo”.

Fomos na última semana bombardeados com a notícia – nem lhe dei lugar aqui no minha mOsca, pois era apenas mais uma falsa e “manipuladora” notícia sobre o clima -: 2010 poderá ser o ano mais quente desde 1850.
Mais uma vez fiquei pacientemente à espera da notícia que colocasse em xeque tal parangona desmedida e potencialmente “mentirosa”. E nem tive de esperar muito tempo… hoje foi o dia.

Gostava de salientar que este tipo de notícias bombásticas sobre alterações drásticas na temperatura do planeta saem quase sempre um pouco antes do início de reuniões internacionais sobre o clima, desta feita em Cancún, e esta não foi em nada diferente… aquilo a que depreciativamente chamo de: “O joguinho dos interesses sobre os interesses daquilo que não interessa”.

Pegando nas palavras do Daily Mail:

“De pouco importa que a Grã-Bretanha, tal como nos invernos dos últimos dois anos, estivesse a lidar com uma frente fria, que levou que a temperatura baixasse até -20º em algumas localidades, e que tenha sido o ano mais frio desde 1996.”
“Cruzando dados, eles encobrem uma verdade que para alguns, parafraseando o antigo vice-Presidente dos Estados Unidos Al Gore, é realmente inconveniente: nos últimos 15 anos, o aquecimento global estagnou.”

In Daily Mail

Talvez tais linhas sejam uma surpresa para muitos, mas a surpresa para mim era tais linhas não descreverem isso mesmo, porque há muito que o tema aquecimento global deixou de ser uma questão de defesa do ambiente e passou a ser uma questão da política e das finanças, impulsionada pelo mercado dos créditos de carbono, mercado que dá ainda mais dinheiro a ganhar à banca e faz os produtos ficarem ainda mais caros ao consumidor… um imposto escondido…
Sempre que os meninos “bananas” e os “casineiros” se juntam a brincar aos mercados a mentira passa a ser lei, e a lei neste tema há muito que é mentirosa!

Continuando… as grandes mentes da ciência do clima, ainda assim, continuam a aventar que até 2100 a temperatura do planeta irá aumentar 6º… Se começarmos a fazer contas… 6º… 90 anos… 6 a dividir por 9 é igual a… 0,6º por década… hmmm…

“Na realidade, com a excepção de 1998 – um ano atípico em que aasistimos a temperaturas altas recorrentemente, devido a um «El Nino» muito forte – os dados presentes nas páginas na Internet do Met Office (Instituto de Meteorologia)e do CRU (Unidade de Pesquisa do Clima), apresentam que as temperaturas globais têm estagnado, não apenas nos últimos 10 anos, mas nos últimos 15 anos.”
(…)”pelos dados do Met Office, o aumento da temperatura global desde 1850 foi de menos de 0,8º”(…)

In Daily Mail

Ui… 15 anos de temperaturas médias globais sem representar aumento médio de temperatura? E 0,8º de aumento em 160 anos?
Acho que se calhar podemos começar a chamar a este caso o “fritanço global”, tal o aumento da temperatura!

E como aparentemente a causa do aquecimento global induzir o aquecimento do planeta começa a ter cada vez menos bases sólidas para vingar entre as populações de Zé Povinhos do mundo – até mesmo nos dados -, tais as disparidades e erros básicos na ciência, que a melhor forma começa a ser dizer que o aquecimento global provoca frio…
Por vezes apetece-me chorar tal a abstracta noção da realidade que determinados seres – pessoas que se julgam acima do senso comum – desejam passar para os Zé Povinhos do mundo.

“Ontem, a Organização Mundial de Meteorologia anunciou que 2010 figurará quase certamente num dos três primeiros lugar, desde que se iniciou o registo de temperatura em 1850 – e já há muito foi aceite que um dos efeitos das alterações climáticas podia ser o aumento da frequência de invernos rigorosos.”

In The Telegraph

Portanto, se por acaso a temperatura média do planeta começar a diminuir a culpa será do aquecimento global????
Esta ciência de doidos dá comigo em doido… ou não… isto mais parece o grito desesperado de um naufrago quando vê que terra está cada vez mais longe.
Meus senhores, não existe arrefecimento global por causa do aquecimento global, isso é um puro contracenso ilógico e incongruente!

Já habituado à constante incongruência nos temas defendidos pelas super estrelas da ciência de hoje em dia, que dão força e falsa razão aos pequenos demónios que sempre existiram na nossa sociedade, eis que um deles, Ted Turner, aproveitando o balanço dado pelo aquecimento global e a defesa do meio ambiente propõe:

O Sr. Turner – há muito um proponente da redução da população mundial– disse que a pressão ambiental sobre o planeta Terra requer soluções radicais, sugerindo que os países adoptem o exemplo da China instituindo uma política de uma criança por agregado familiar de forma a reduzir gradualmente a população mundial. Acrescentou que os DIREITOS DE FERTILIDADE POSSAM SER VENDIDOS DE MANEIRA QUE AS PESSOAS MAIS POBRES POSSAM SER COMPENSADAS DA SUA DECISÃO DE NÃO REPRODUZIR.

In The Globe and Mail

Para quem anda distraído… bem vindo ao mundo de boa parte do status quo instituído… bem vindo a um mundo em que o dinheiro compra tudo… bem vindo a uma sociedade construída e vivida para funcionar sempre de acordo com os desejos e desígnios de uns quantos que têm e terão dinheiro para viver nela.
Esta sua visão do mundo de vários filhos para os ricos e um filho, quando dá, para os pobres, é consubstanciada num estudo do ECONOMISTA Brian O’Neill realizado a pedido da americana National Center for Atmospheric Research (Centro de Estudos Atmosféricos), que chegou à conclusão:

“(…)o rápido aumento da população mundial está a contribuir para a aceleração das emissões, e que um planeamento familiar alargado poderá reduzir a quantidade de emissões até 30% até 2050.”

In The Globe and Mail

Para além de ser um economista a realizar um estudo populacional para uma instituição que estuda o clima – grande confusão, verdade?-, a noção das emissões que eles dizem aquecer o planeta, CO2, quando nos últimos 15 anos a temperatura teve um aumento médio igual a quase zero, serem reduzidas reduzindo número de nascimentos no planeta e para isso criando um mercado de compra e venda de fertilidade é algo verdadeiramente único, ou quase único, apenas possível nas mentes que vêem o mundo por um prisma económico e não ambiental.
Sim apenas por um prisma económico, porque se vissem o mundo preocupados com o ambiente o que seleccionavam para reduzir emissões seriam as grandes multinacionais que destroem o planeta em busca de lucros fáceis, as grandes indústrias poluidoras, ou talvez a redução do fosso entre ricos e pobres… mas não: Criem um mercado para a compra e venda de direitos de fertilidade!
Doentes!!!!

Conclusão:
Um aquecimento global que não tem aquecido e que por vezes até arrefece demais, é pedra de toque para muitas vezes tentar justificar o injustificável, seja à base de falsas verdades ou de teoremas sobre a vida que servem apenas o viver de muito poucos… tudo isto feito à luz do aquece que arrefece…

Notícia do Dailymail – What happened to the ‘warmest year on record’: The truth is global warming has halted
Notícia do The Telegraph – Are we freezing because of global warming?
Notícia do The Globe and Mail – Ted Turner urges global one-child policy to save planet
Notícia de Apoio:
Notícia do Jornal de Notícias – 2010 poderá ser o ano mais quente desde 1850

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 07/12/2010, in Ambiente, Artigos, Corrupção, Saúde and tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: