É Oficial, o Pico do Petróleo Foi em 2006!

Terá o mundo já passado o pico do petróleo?. Estudo afirma que passarão 90 anos até que os substitutos do petróleo assumam o seu actual papel.

Terminou a especulação sobre o Pico do Petróleo, já não é mais uma teoria da conspiração, agora é uma realidade que vinha sido escondida a todo o custo dos Zé Povinhos do mundo.

A AIE, Agência Internacional de Energia, apresentou esta terça-feira em Viena a sua previsão de produção de energia para as próximas décadas, onde apresentou este belo e informativo gráfico: (Clicar para ver maior)

Será apenas uma coincidência o ano de 2006 e o Pico na produção de petróleo e o escalar dos preços do petróleo até perto dos 150 dólares?
Será apenas uma coincidência em 2007 termos o começar do implodir da economia ocidental, situação que continua a seguir o seu caminho de lenta mas paulatina destruição de riqueza?
Sinceramente, as coincidências fazem-me comichão…

O mais “engraçado” nesse gráfico é que em 2035, para que a produção de petróleo se mantenha ao nível de 2006, ou um pouco mais acima como fantasiosamente é representado neste gráfico, 50% ou mais de todos os combustíveis fósseis terão de vir de campos petrolíferos que ainda não foram descobertos, ou que ainda não foram explorados.
Isto abre um campo enorme para perguntas.
– Como quantificar o volume de extracção de petróleo de campos petrolíferos que ainda não foram descobertos?
– Como é possível quantificar tal coisa sem estar a especular tanto que eu deste lado posso dizer que isso é pura ficção até prova cabal em contrário?
– Portanto, podemos retirar os 15%, aproximadamente, que representam as descobertas de novos campos petrolíferos de forma a estarmos a analisar o que hoje é real e não os sonhos que esperamos ter para o amanhã.
– Como é possível dizer que em 2035 os campos de petróleo já descobertos mas que ainda não foram explorados irão representar 20 a 25% de todos os combustíveis fósseis produzidos?
Parece-me que tais números têm de incorporar o petróleo que está por explorar nos pólos.
– Como colocar isso em equação, e principalmente no volume que irão representar no futuro, se ainda não existe tecnologia para explorar essas zonas do planeta?
Sonhar não faz mal, mas sonhar demais acordado faz perder a noção da realidade.

Analisando friamente o que nos guardam os próximos anos…
– O preço do petróleo irá subir exponencialmente.
– As economias mundiais irão constantemente esbarrar contra as limitações de um mundo em retracção na produção de combustíveis fósseis.
– As recessões económicas passarão a ser recorrentes, tanto por escassez de energia, como pelo aumento exponencial do preço dessa energia.
– A juntar às recessões teremos períodos de inflação que poderão chegar a ser de hiperinflação, devido ao aumento que poderá ser muito rápido e significativo dos preços dos produtos. Poderemos assistir a recessões hiperinflacionárias, que são o mais dantesco que pode acontecer no mundo económico.
– Iremos certamente assistir aos países produtores a limitar as suas cotas de exportação de forma a estenderem ao máximo no tempo as suas reservas de forma a não colocarem em causa o seu consumo interno.
– Guerras por recursos.

São estas coisas que estes senhores nos têm estado a esconder, ao esconderem a verdade do mundo.
Enquanto quem sabe se pode preparar, quem estiver na ignorância irá ser engolido e trucidado pela violenta e rápida velocidade das mudanças que nos estão a ser dispostas à frente.

E depois lá vem o lugar à esperança:
E então as energias renováveis? O Homem é engenhoso e irá encontrar solução para contornar isso!
Pois bem, nada melhor do que ler o estudo presente na Environmental Science & Technology, que estima que a sociedade necessitará de 90 anos mais do que as reservas que existem de petróleo para conseguir desenvolver uma forma de energia que consiga substituir os níveis que o petróleo representa nos nossos dias em termos de geração de energia… 90 ANOS!

Notícia da National Geographic – Has the World Already Passed “Peak Oil”?
Notícia da Science Daily – Oil Will Run Dry 90 Years Before Substitutes Roll Out, Study Predicts
Notícias de apoio:
ASC Publications – Future Sustainability Forecasting by Exchange Markets: Basic Theory and an Application
The Oil Drum – IEA World Energy Outlook 2010 Now Out; a Preliminary Look
Green Car Congress – New UC Davis market-based sustainability forecasting approach concludes supplanting gasoline and diesel with renewable fuels could take 131 years

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 12/11/2010, in Ambiente, Artigos, Bélico, Economia, Energias and tagged , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: