Aquela Coisa Chamada Inflação

Apostem que o bancos centrais nem vão dar por ela. Mudança da Reserva Federal conduz ao enfraquecer do dólar. Sinai diz que a mensagem da Reserva Federal de 21 de Setembro significa “Temos de comprar ouro”. Ouro atinge preço recorde e prata o máximo de trinta anos.

Ainda se lembram daquela coisa chamada inflação?
Para quem não se lembra, está na hora de voltar a pensar um pouco nela… e seriamente…

O sinal de mudança dado pela Reserva Federal americana em relação à inflação é provavelmente a última carta que ainda tem no baralho de forma a espicaçar a economia interna.
Como? Porquê?
É verdade, como as medidas que têm sido tomadas para que o consumo interno americano cresça pouco têm surtido o efeito desejado, até pelo contrário porque têm continuado em contracção, a Reserva Federal americana vai começar a apostar na inflação (des)controlada do dólar.
Como? Porquê?
Pois é estranho para quem não percebe um pouco mais profundamente as (i)lógicas da economia, mas o conceito é muito simples.
Ao avisar com antecedência os mercados que espera que a inflação venha a crescer, a Reserva Federal americana está a dizer aos consumidores que os preços dos bens irão em breve subir, levando dessa forma os consumidores a comprar já antes que os preços aumentem. (A lógica do vivam tudo já e nem pensem no futuro)
Para além disso a inflação ajuda a reduzir o défice – assunto já abordado no artigo: O Parasita Morre com o Hóspede

Este “jogo” aparentemente simples para fazer crescer o consumo, contornar a deflação e reduzir o défice acarreta riscos sérios para a economia americana e por inerência para toda a economia mundial.
O dólar é a moeda de reserva do mundo e a inflação por influxo de liquidez no mercado representa directamente a desvalorização do dólar, e isso representa a redução do valor que os bancos centrais do mundo detêm em dólares, podendo isto conduzir a algo ainda mais grave, que tentarei explicar abaixo.

Esta introdução à noção de inflação do dólar obriga a uma explicação sumária da sua envolvência e interdependência com o mundo.

Os Estados unidos já não são uma nação produtora nem exportadora, a sua (quase) única grande marca de exportação, que mantém viva a economia dos Estados unidos, é o dólar, porque é a moeda usada para as transacções de petróleo e outros bens um pouco por todo o mundo. Esta é a principal razão do sistema económico americano ainda não ter colapsado até hoje, quando o seu défice já ultrapassa bastante a lógica de sustentabilidade do sistema económico actual. A economia americana vive dependente da venda de dólares, mas…

Até mesmo a noção do dólar enquanto moeda universal começa a mudar com, por exemplo, o caso de países árabes reunirem-se com chineses e japoneses de modo a terminarem com a “obrigatoriedade” das transacções de petróleo terem de ser em dólares e querendo transaccioná-lo numa multiplicidade de outras moedas.
Para além disso, a China tem estado vendedora dos títulos obrigacionistas americanos, reduzindo a sua exposição ao dólar em cerca de 2% em menos de um ano. Assim como recentemente a inversão do sentido do investimento dos bancos centrais ao colocar grande parte das suas reservas monetárias, mais de 60%, em euros e em ienes e não em dólares, no último ano.
O dólar ainda representa mais de 60% das reservas monetários do mundo, mas durante quanto tempo mais?

Voltando à inflação…

O ouro, no espaço de pouco mais de um ano, passou de 925 dólares para mais de 1300 dólares a onça. A prata, no mesmo período de tempo, passou de 14 para 21,45 dólares por onça. O aumento do preço do ouro e da prata é resultado directo do influxo de dólares no mercado por parte da Reserva Federal americana e do aumento da aquisição de ouro e de prata por parte dos investidores internacionais em desfavor do dólar, assim como de outras moedas, mas mais significativamente do dólar.
Este crescimento exponencial do preço do ouro e da prata é um profundo sinal de que o dólar já está a inflacionar há muito tempo. Dificilmente é e será controlável pela Reserva Federal americana, porque grande parte dos factores estão fora das suas mãos. Podemos até especular que esta mudança de estratégia da Reserva Federal americana possa apenas ser uma forma de mascarar inflação descontrolada – é melhor esperar que esta especulação esteja totalmente errada…

Tenho de concordar com Allen Sinai que diz que a mudança de estratégia da Reserva Federal americana é um aviso para se comprar ouro porque a inflação é o erodir das poupanças em papel moeda.

E agora umas perguntas:
O euro tem subido em relação à acentuada descida do dólar?
Quase nada.
Haverá diferenças na noção de inflação entre os Estados Unidos e a Europa do euro?
Para mim apresentam basicamente os mesmo sintomas, tanto mais que o ouro e a prata também têm subido dramaticamente em relação ao euro.
Que cenário poderemos ter de enfrentar num futuro bem próximo?
A erosão do valor das moedas papel (FIAT), se entrarem em espiral descontrolada – como os sinais que começam a apoquentar o dólar, poderá conduzir a hiperinflação.

Hiperinflação?
Bem… a hiperinflação criará dois novos tipos sociais – os que investiram em ouro ou em prata, e os que acreditaram que o sistema (FIAT) não lhes pregaria uma partida dessas…

Bem agora é esperar que daqui a uns tempos não tenhamos de dizer: Lembram-se da altura em que vivíamos quase sem inflação? (Noção que está pouco correcta mas que irei certamente  abordar mais à frente, assim como aprofundarei as explicações e os detalhes da inflação e da hiperinflação… principalmente irei tornando mais simples a explicação desta injecção de conceitos inflacionários)

Notícia da Forbes – Fed shift leads to dollar drubbing
Notícia do Wall Street Journal – Bet That Central Bankers Get It Wrong
Notícia da Bloomberg – Sinai Says Fed’s Sept. 21 Statement Means `Gotta Buy Gold’
notícia da Reuters – Gold hits record as silver reaches 30-year peak
Notícias de apoio:
The American Dollar and the World Economy
Notícia da MSNBC – U.S. trade deficit surges to $40.18 billion
US Debt Clock
Notícia da Bloomberg – Dollar Falls on Report Gulf States May Stop Using Greenback
Notícia da NuWire – China Selling US Treasuries: May Find Replacement In Gold And Silver
Notícia da Fortune – Central banks start to abandon the U.S. dollar

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 25/09/2010, in Artigos, Banca, Economia and tagged , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: