Um Mundo à Imagem Deles

Governo prepara novo aumento do IVA. Economia portuguesa não aguenta mais impostos, diz Mira Amaral. Bruxelas exige mais corte no Orçamento de Estado para 2011. Bruxelas nega que vem a Lisboa fiscalizar o Orçamento.

Na continuação da saga da desgraça, nos artigos: Próximo do Fim das IlusõesÀ Beirinha do BeiralA EsquinaContornando a EsquinaAo Encontro do Destino, seguem os últimos desenvolvimentos…

Governo prepara novo aumento do IVA para 23%!!!
“Caraças”, isto faz lembrar-me o Soares dos Santos, Presidente da Jerónimo Martins, sobre quem escrevi no artigo Portugal Pelos Olhos Do(s) Patrão(ões).
Hmmm… acho que vou criar uma lista e começar a colocar vistos nos tópicos que se forem revelando as verdades do Estado português.
1-0 para o Soares dos Santos… palminhas, palminhas, palminhas…

Em verdadeiro contra-ciclo, Mira Amaral afirma que a economia portuguesa não suporta mais impostos.
Tenho de concordar, mas ao mesmo tempo discordo em absoluto.

Concordo porque se forem impostos que se alimentem principalmente das classes média e pobres da população, como o IVA principalmente, só irão assacar responsabilidades àqueles que já mais pagam pelos vícios do erário público… É que isto de escravizar a maioria da população num sistema de tributação abusiva só tem um caminho social, que no melhor dos cenários se ficará pela contestação…

Discordo porque os sectores financeiros da nossa sociedade são “protegés” de um sistema que se intitula democrático. Há mais do que espaço para o aumento de imposto nesse sector da sociedade, e não é apenas um aumentozito é um verdadeiro aumento da carga fiscal de forma a exigir a todos os sectores de uma sociedade que se intitula democrática o mesmo nível de esforço e de contribuição para a melhoria do erário público.
Pessoalmente, como já estou tão cansado de assistir sempre ao mesmo – Este Ano a Banca Ainda Vai Pagar Menos de Impostos!!!!!!!!! – o caminho irá ser o que tem sido sempre tomado, a não ser que o Zé Povinho português deixe de anuir com a sua ignorância o preservar o estado do Estado despesista e defensor intransigente de um status quo onde não faz parte o Zé Povinho…

Também para não variar, temos vindo a assistir pacientemente(?) ao agravar das contas do défice público e ao aumento dos impostos que alimentam esse despesismo sem sentido e de difícil justificação.
Perdida a nossa soberania – Soberania, BCP e Grécia – a União Europeia está a exigir mais cortes no lado da despesa. Estou totalmente de acordo com tal afirmação, mas também sei qual a verdadeira profundidade desse pedido (não tenho a miníma dúvida):

Vou usar palavras de Faria de Oliveira, Presidente da Caixa Geral de Depósitos, para retratar o que quero dizer:

2. Implementar as medidas de redução da despesa pública, necessárias à manutenção da confiança e de forma a assegurar o respeito dos compromissos tomadas no âmbito do programa de estabilidade e de crescimento, provavelmente reforçado.
Sabe-se que não são opções fáceis (sabemos a contestação que geram cortes na saúde, na educação, na segurança social, na segurança, na justiça, nas F.A, etc. Qual a margem de manobra?), mas são imprescindíveis, ressaltando um forte combate ao desperdício e ao investimento público não essencial (necessidade v. oportunidade)

In Diário Económico

Ainda subsistem dúvidas?
Já viram como estes senhores analisam o Estado Social que é apenas e só a mais importante conquista da humanidade no século passado?
Ressaltando um forte combate ao desperdício e ao investimento público não essencial, (necessidade v. oportunidade)!!!!
O Estado Social para eles é um desperdício e algo não essencial, e é uma oportunidade única para fazerem avançar medidas draconianas e inqualificavelmente lesivas do interesse do Zé Povinho!!!!!!
É com este tipo de “bestas” insensíveis e maquiavélicas que estamos a lidar…

Gostava de lembrar que o Zé Povinho paga impostos é para ter direito ao Estado Social… o pagar impostos apenas para conseguir financiar o pagamento da dívida a instituições privadas que nos cobram juros sobre uma responsabilidade\obrigação que devia estar na mãos do Estado (emissão de moeda própria) não é a missão para o qual surgiram os impostos!
Estas “bestas” gostam de se esquecer rapidamente do cerne das questões de forma a que o seu status quo possa ser preservado e ampliado!

E apenas como exemplo da verdadeira imagem da realidade que é a política por cá, por lá, por onde quer que seja, Janusz Lewandoski, o Comissário europeu para a Programação Financeira e Orçamento, virá a Portugal em Outubro, por altura da aprovação do Orçamento de Estado.
Numa entrevista ao jornal Sol, ou tem uma lata desgraçada, ou descaramento, ou falta de vergonha, ou então é um mentiroso compulsivo como são quase todos os “bananas” que temos de aturar, e diz:

(…)no âmbito de uma ‘tour de capital’ (à semelhança do que aconteceu recentemente com a Lituânia e a França) para discutir as perspectivas financeiras da União Europeia pós-2013, e não o Orçamento português, porque não são essas as suas competências»(…)

In Sol

Caso para dizer: Que momento mais oportuno, hein?

Acreditem no que desejarem mas o nosso mundo é feito a dois tons, o tom do status quo instalado e o tom dos Zé Povinhos.
Infelizmente para nós Zé Povinhos este mundo não é feito à nossa imagem, é mesmo uma imagem das necessidades desse cada vez mais asqueroso status quo, quase tudo o resto é apenas um reflexo daquilo que um dia já foi…

Notícia do Jornal de Notícias – Governo prepara terceiro aumento do IVA em cinco anos
Notícia do Diário Digital – Mira Amaral: «Economia não aguenta mais impostos»
Notícia do OJE – Bruxelas exige mais cortes no OE 2011
Notícia do Diário Económico – Leia aqui na íntegra o discurso de Faria de Oliveira
notícia do Sol – Bruxelas nega que venha a Lisboa fiscalizar orçamento

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 24/09/2010, in Artigos, Banca, Economia and tagged , , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: