O Parasita Morre com o Hóspede

O que significam mais estímulos para os mercados: “América está à venda”. Governo americano “esconde o verdadeiro total da dívida”. Estudo: Ricos são os mais beneficiados pelos benefícios fiscais. Banco de Inglaterra está a considerar a necessidade de mais estímulos. Vince Cable ataca os banqueiros dizendo que são “parasitas e «casineiros»”.

Depois de meses consecutivos a sermos bombardeados com a noção de deflação da economia, eis que a Reserva Federal americana faz uma inversão de 90º e começa a dizer que a inflação é que irá ser o problema…

Pois é, se calhar para quem gosta de acreditar nos conceitos mais badalados isto seja realmente uma surpresa, para quem 2+2= 4 a surpresa é ser surpresa para muitos esta noção de inflação…
Meus senhores, o valor das moedas é essencialmente “medido” pela quantidade dela que existe em circulação, e como já por cá expliquei, ao contrário do que a maioria pensa a inflação não é um conceito apenas associado ao aumento da procura mas sim e principalmente à desvalorização da moeda em circulação…
Depois dos biliões de euros que foram injectados na economia mundial, é matematicamente impossível que as moedas das economias que receberam os pacotes de estímulo não venham a sofrer uma desvalorização… é matematicamente impossível, volto a frisar… a única solução é retirar de circulação o excesso de moeda de forma a conter essa inflação – através do aumento das taxas de juro (preço do dinheiro)…
Mas como temos assistido, nas economias desenvolvidas do mundo, as taxas de juro estão mais perto de zero do que de reflectirem preocupação com o capital que foi injectado nas economias… o que conduzirá a inflação, ou pior… (No artigo: Hiperinflação e o Fim de um Ciclo)
Quem quiser continuar a acreditar nos contos de fadas… continue…

Para os Estados Unidos, cada vez mais dólares em circulação tem outro intento tão perverso quanto o nomeado acima, que também é um pau de dois bicos…

Uma das formas do governo americano ir reduzindo o défice é através da desvalorização do dólar, ou seja, como exemplo:
Um investidor compra em 2010 um valor X de Títulos de Tesouro americano (dívida) a 10 anos com uma taxa de juro de Y. Se a desvalorização do dólar durante esses 10 anos for superior ao valor Y de juros que terá de pagar quando os Títulos do Tesouro americano ganharem maturidade, o valor líquido que irá ser pago será inferior ao valor real a que foram adquiridos os Títulos do Tesouro…
Mas isto acarreta um problema, e bem sério…
Se a desvalorização do dólar for demasiado evidente – como acho que anda a ser – os mercados internacionais podem ganhar a percepção que o investimento nos Títulos de Tesouro americano não compensa e deixam de os comprar… Esta situação, para quem faz contas de somar é… “the end” do dólar americano, pois quem tem em carteira Título americanos tentará desfazer-se deles o mais rápido possível de forma a reduzir ao mínimo os seus prejuízos, o que conduzirá à injecção de rios de mais dólares em circulação… mais desvalorização, mais inflação… hiperinflação… “the end”…

Uma das coisas que o governo americano está a fazer é esconder contabilisticamente o total de dívida, ou seja, manipulando os números de forma a dar um ar de mais sustentabilidade que o que tem, “almofadando” dessa forma a confiança dos mercados…
Meus senhores, todos os esquemas em pirâmide chegam a um momento em que se tornam incontroláveis, e este tipo de medidas não é algo recente, é uma acção que vem sendo usada para conseguir fazer crescer todas as economias sustentadas por numerário… bolsas e afins…
A bolha vai estourar… é inevitável… só o quando é ainda questão…

Depois a noção de que os benefícios fiscais beneficiam mais os ricos que os pobres…
O problema não está nos benefícios, está que eles são quase sempre direccionados para as classes mais abastadas, escondendo essa redução num embrulho político muito bonitinho que nos é constantemente bombardeado: “Para estimular o investimento“.
Mas que investimento? Um investimento nos mais ricos? Eles são os que menos precisam de investimento do Estado!
Sabem uma coisa… quem tem dinheiro irá quase sempre querer investir de forma a conseguir angariar ainda mais dinheiro, não são necessários benefícios fiscais para isso… é realmente uma “pescadinha de rabo na boca”… uma bela mentira…

E como o que se passa por lá, no outro lado do oceano, costuma ser quase imediatamente copiado cá deste lado, o Banco de Inglaterra diz que se calhar irão ser necessários mais estímulos de forma a estimular a economia…
De onde virão esses estímulos?
Dos impostos do Zé Povinho.
Quem os irá receber?
A banca.
O que irão estimular?
Mais vício… e muito poucos resultados, como podemos ver à nossa volta, quase dois anos depois da grande injecção de pacotes de estímulos…

Um dos poucos políticos não “banana” a falar com todas as letras nos anos mais recentes na Europa, Vince Cable, diz que os bancos são “parasitas e «casineiros»”…
Alguém no mundo da política que tenha a coragem de usar palavras que retratem realmente o que eles são, é realmente uma lufada de ar fresco…

Tudo o que escrevi neste artigo até aqui não mais é do que a confirmação disso mesmo… de parasitas e «casineiros», que se alimentam de políticos “bananas” e de políticas “bananas” de forma a conseguirem chutar para a veia ainda mais dinheiro… tipo sanguessugas pérfidas que nunca se cansam de se alimentar daqueles que menos têm…

Sabem uma coisa… na natureza, o parasita que mata o seu hóspede acaba por morrer com ele…

P.S: Quem achar que este texto não retracta o que se passa e irá passar na Europa que levante o dedo…

Notícia da CNBC – What More Fed Easing Means For Markets: ‘America On Sale’
Notícia da News.com.au – US Government ‘hiding true amount of debt’
Notícia da Reuters – Wealthy benefit most from tax subsidies: study
Notícia do Financial Times – Bank considers need for further stimulus
Notícia do The Telegraph – Vince Cable attacks bankers as ‘spivs and gamblers’

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 22/09/2010, in Artigos, Banca, Economia and tagged , , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: