Contornando a Esquina

Goldman Sachs diz que Portugal e Irlanda vão necessitar de recorrer ao FMI em 2011. HSBC diz que Portugal não está a reduzir o défice. Défice do Estado cresce 37 milhões por dia. Défice do Estado já supera os 9 mil milhões. Crédito malparado atinge valores históricos. Bancos avisam que vão cortar crédito à economia. Exterior fecha portas à dívida pública portuguesa. O que importa são os detalhes do orçamento, diz a S & P.

JP Morgan e HSBC apresentam Portugal como uma excepção…
Mas não é bom ser diferente?
Numa sociedade cada vez mais uniformizada até seria uma virtude, mas essa diferença é para pior, pois Portugal é o único dos países PIIGS que não está a conseguir controlar a sua dívida.
Outra das diferenças de Portugal em relação aos outros PIIGS é que os outros foram eficazes na redução da despesa do Estado e Portugal só tem sido eficaz no aumento da receita, tendo a despesa sido uma desilusão, para o HSBC, aumentando 4%.
O único ponto positivo em relação aos outros PIIGS é que Portugal registou um crescimento no PIB nominal… (A ver vamos como irá ser no final do ano…)

Para confirmar estas noções do HSBC e do JP Morgan nada melhor do que atestar a perspectiva da Goldman Sachs para o nosso futuro:
Vai ter de recorrer ao FMI mas talvez apenas em 2011… Talvez… o que nos diz que talvez possa ser antes e que talvez ainda possa ser já… talvez… (Os próximos tempos o dirão…)

37 milhões por dia…
A velocidade com que Portugal está a gerir a sua dívida é algo digno de registo: mais de 9 mil milhões de nova dívida nos primeiros oito meses do ano…
Mas existe um conceito que é importante realçar. Portugal não se endividou apenas 9 mil milhões no espaço destes oito meses, endividou-se MAIS 9 mil milhões quando comparado com igual período do ano passado… o número total da dívida de Portugal nos primeiros oito meses do ano é número “secreto”… só mesmo muito, muito, muito, esporadicamente é divulgado, e quando é sai numa notícia “pouco visível”…

Em tempos de crise um dos factores principais da vitalidade de uma economia é o volume de crédito malparado e este em Agosto chegou aos 4 mil milhões de euros…
O malparado reflecte a capacidade de consumo da economia na base da sua pirâmide, no Zé Povinho. A contracção de consumo do Zé Povinho põe em causa quase todas as medidas que uma economia possa tentar desenvolver para aumentar a receita do Estado (neste sistema económico). Um Zé Povinho que não gasta, gera menos impostos, e pior um aumento do malparado está quase sempre associado a um aumento do desemprego, o que significa uma redução dos impostos colectados e um aumento das despesas sociais do Estado.
Unimos estes três pontos e o que temos é: Redução no consumo, redução do número de tributários, aumento das despesas socais… menos dinheiro a entrar e mais dinheiro a sair dos cofres do Estado… défice na base da pirâmide…

E como ponto final para uma economia neste sistema económico, a estrangulação do acesso ao crédito…
Os bancos avisam que podem fechar a torneira do crédito.
Isto é apenas o corolário de tudo o que se está a passar com a economia portuguesa: O aumento do preço do dinheiro, o aumento do crédito malparado, etc… e este estrangular do crédito poderá conduzir ao fechar de portas de inúmeras empresas e famílias, o que levará a uma redução ainda maior das receitas do Estado… um verdadeiro processo exponencial…

E para acentuar o fechar da torneira do crédito a noção de que os investidores exteriores têm investido cada vez menos na compra de dívida soberana de Portugal, valor que já desceu até apenas 51%, quando no início do ano os bancos nacionais representavam apenas 5% desse mercado.
Quem tem andado a comprar a dívida emitida pelo Estado?
A banca nacional.
Quem tem financiado a banca nacional?
O Banco Central Europeu.
O Banco Central Europeu vai deixar de emprestar quando?
Em Janeiro do próximo ano.
Como irá a banca arranjar financiamento?
No mercado exterior a taxas de juro altíssimas…
Quem irá comprar depois a dívida nacional?
Boa pergunta…

E o ciclo volta a fechar-se na noção de que o orçamento de Estado para 2011 poderá ser a pedra de toque para que todo este imbróglio ganhe contornos de realidade, ou para a sustentabilidade, ou para um perspectiva de futuro amargamente negra…
O problema maior?
Para mim, a noção que depois de tantos anos dos nossos “bananas” a fazerem apenas politiquice rafeira terem agora de fazer política “perfeita”, não irá ser nada fácil… a ver vamos, mas acredito muito pouco nas capacidades dos nossos (ditos) representantes na Assembleia da República… talvez venhamos a pagar o preço de durante décadas os termos deixado fazer o que mais lhes convinha e não o que realmente convinha a Portugal e ao Zé Povinho português…

Esta semana iremos todos contornar uma esquina que se poderá revelar a esquina em que a realidade tomará a posição da ilusão que muitos têm vivido, especialmente a ilusão económica da República de Portugal…

Notícia do Diário Económico – HSBC diz que Portugal está a marcar passo na redução do défice
Notícia do Jornal de Negócios – Goldman Sachs diz que Portugal e Irlanda devem precisar de recorrer aos fundos da UE em 2011
Notícia do Correio da Manhã – Défice do Estado cresce por dia 37 milhões
Notícia do Diário Económico – Défice do Estado já supera os nove mil milhões
Notícia do Jornal de Negócios – Despesa do Estado sem juros cresce o dobro do orçamentado
Notícia da Visão – Crédito malparado atinge valores históricos
Notícia do Jornal de Negócios – Bancos avisam que vão cortar crédito à economia
Notícia do Jornal de Negócios – Exterior fecha portas à dívida pública portuguesa
Notícia do Diário Económico – S&P: “O que importa são os detalhes do Orçamento”

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 22/09/2010, in Artigos, Banca, Economia and tagged , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: