Próximo do Fim das Ilusões

Portugal é a 2ª preocupação da UE. Pressão sobre as finanças portuguesas. O nível de recurso da banca nacional ao BCE é preocupante. Só nos metem na ordem à força. Dívida cresce a um ritmo de 2,5 milhões hora.

Apertem os cintos que o avião está prestes a fazer uma aterragem de emergência…

Na continuação dos problemas técnicos que estão a acossar o avião português, no artigo Na Corda Bamba com o Euro, há uns dias na Alemanha saiu uma publicação que foi um pouco mais longe e diz que os problemas técnicos que estão a afectar Portugal são a 2ª maior preocupação da Europa.
Afirma também que o problema técnico que mais está a afectar o voo português é as despesas sociais… Gosto mesmo quando vão direitinhos ao assunto e acertam no alvo mais fácil contornando as questões de fundo…

Então e os impostos que a banca não paga, não davam e sobravam para cobrir “N” vezes o buraco gerado pelo aumento das despesas sociais?

Então os impostos que os grandes aglomerados financeiros não pagam não dava para cobrir “N” vezes esse buraco?

Então e a tão proclamada redução da despesa de Estado que em apenas oito meses deste ano já superou o endividamento total do ano passado?

Então e os tão indispensáveis submarinos alemães, não dava o seu valor para cobrir “N” vezes o buraco?

Está a ser definido um novo ponto de “ataque” social… tenham poucas dúvidas em relação a isso…
Vai ser uma vez mais o Zé Povinho a arcar com todas as loucuras financeiras de um sistema que no seu âmago é perverso e beneficia sempre quem mais tem…
Se gostam de injustiças… continuem na vossa… Se gostam de ser sadomasoquistas… continuem na vossa… Se gostam de viver com cada vez menos… continuem na vossa… Se gostam de gostar de tudo o que os outros pintam à força para nós… então continuem na vossa…
Eu não gosto!

Vou usar algumas das palavras de Eduardo Catroga numa entrevista ao Diário Económico que está pintada nas entrelinhas:

“Portugal está a caminhar a passos largos para o destino grego.”

“Hoje, o recurso da banca nacional ao BCE representa já 30% do PIB, contra 13% em Espanha e 40% na Grécia.”

“(…)não vejo a tomada de medidas para inverter esta situação, que é realmente insustentável, mais cedo ou mais tarde.”

“Portugal foi o único país, nos primeiros sete meses do ano, em que a despesa pública continuou a subir(…)”

“vejo o ministro das Finanças a querer fazer uma redução contabilística do défice, tal como já fez entre 2005 e 2008, recorrendo ao aumento da carga fiscal, a receitas extraordinárias e a desorçamentação (…)”

“Enquanto não levarmos um apertão no financiamento externo, o que vai acabar por acontecer, as nossas entidades responsáveis não assumirão as suas responsabilidades.”

In Diário Económico

Sabem o que significa “fazer uma redução contabilística do défice“?
Leiam o que o Público escreveu sobre essa acção quando realizada pela China: China mexe na contabilidade orçamental para reduzir défice

Meus caros, como tudo na vida que é uma ilusão, o futuro desta não irá ser diferente… mais dia menos dia irá cair a máscara e a realidade surgirá tal qual uma revelação… quer dizer, irá ser uma revelação para os muitos que preferem usar a cabeça apenas para segurar o cabelo, ou acreditar piamente que quem nos governa fá-lo sempre com a melhor das intenções…
O dia da revelação já não deve estar muito longe, pode mesmo estar ao virar da próxima esquina, e aí os que têm guardado 5% da sua vida para precaver um solavanco no futuro irão cruzar essa esquina com muito mais facilidade do que os que acreditaram que acreditar sempre era o caminho mais certo… ou seja, quem comodista é, comodista terá de deixar de ser…

Depois de passada a esquina da revelação, o que se seguirá será o FMI…
Há quem já hoje esteja de braços abertos para receber essa instituição em solo nacional. Para esses aconselho vivamente a leitura ao que acontece e aconteceu ao Estado Social nos países em que ela põe e pôs os pés…
Sabem uma coisa, eu chamo ao FMI – Fonte Mundial de Injustiças, e não o faço de animo leve, faço-o porque o âmago das suas acções é do mais danoso que os Zé Povinhos enfrentam no mundo actual.

Avancei com os parágrafos acima porque o economista Jacinto Nunes diz hoje numa entrevista ao Diário Económico:

“Mas isso vem com o Fundo Monetário Internacional, não acredito que a União Europeia nos dê acesso ao fundo de emergência sem nos sujeitarmos ao FMI.”

In Diário Económico

O que abre campo a outra pergunta, ou perguntas:
Porque razão tem a União Europeia de impor o FMI?
Quem manda na UE, o FMI?
Deixo esta especulação para ser analisada por vós…

E para fechar a notícia que está a fazer parangonas em todos os meios de comunicação social hoje: Dívida cresce a um ritmo de 2,5 milhões hora.

Poucas coisas são inocentes no nosso mundo… esta notícia aparece na véspera do novo orçamento de Estado que deverá vir carregado com um futuro de mais impostos para o Zé Povinho e o acenar da bandeira dos 2,5 milhões irá ajudar a justificar os seus porquês… tenho muito poucas dúvidas nisso… tenho tão poucas dúvidas nisso que em Julho escrevi o artigo Dois Milhões à Hora… Quilómetros? no qual abordei a questão.
Portanto, isto só é notícia hoje e não o foi ontem porque apenas hoje alguém escreveu o guião para que ela fosse notícia copy/paste em quase todos os meios de comunicação social… quer dizer, também pode ser só especulação minha ao nível das especulações dos artigos abaixo que aconselho a leitura:

O Portugal do Futuro Para o Zé Povinho
Um Futuro Com Mais e Melhor de Quê?
As Privatizações e os Números “Engraçados”
Este Ano a Banca Ainda Vai Pagar Menos de Impostos!!!!!!!!!
Os Bancos, os Lucros e o Choradinho II

Para o bem ou para o mal acho que estamos mesmo próximos do fim das ilusões que têm comandado o nosso estilo de vida, principalmente na última década… a década do Euro FIAT…

Notícia da Agência Financeira – Dívida: Portugal é 2ª preocupação da UE, diz jornal alemão
Notícia da TSF – Pressão sobre finanças portuguesas
Notícia do Diário Económico – “O nível do recurso da banca nacional ao BCE é preocupante”
Notícia do Público – Governo perto de ultrapassar dívida prevista para 2010
Notícia do Diário Económico – Governo obrigado a mais austeridade para cortar défice
Notícia da Agência Financeira – Governo sob pressão: vêm aí mais medidas de austeridade?
Notícia do Diário Económico – “Só nos metem na ordem à força”
Notícia do Jornal de negócios – Endividamento está a subir ao ritmo de 2,5 milhões de euros por hora
Notícia do Diário Económico – Portugal endivida-se ao ritmo de 2,5 milhões por hora
Notícia da TSF – Ritmo horário de crescimento da dívida cresceu 25 por cento

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 16/09/2010, in Artigos, Banca, Corrupção, Economia and tagged , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: