A Alemanha e a Energia Nuclear, a Banca e o Pico do Petróleo

Alemanha prolonga a vida das suas centrais nucleares em 12 anos. Bancos alemães podem vir a necessitar de 105 mil milhões de euros. Estudo militar avisa para uma crise do petróleo potencialmente drástica.

Alemanha, essa terra do silêncio onde mal se ouve o som das cidades e a cerveja choca é rainha… ah Alemanha…

Uma notícia que anda a fazer escaparates em todos os meios de comunicação, o prolongamento da vida das centrais nucleares na Alemanha…

Bom senso, bom senso? Alguém viu por aí o bom senso?
Ah está bem, encontraram o bom senso económico…
Pilim, pilim… anda cá!

Portanto economicamente faz sentido prolongar a vida útil das centrais nucleares até ao limite daquilo que está cientificamente comprovado… Pois é, os iogurtes quando passam de prazo também não costumam ficar logo impróprios para consumo mas perdem algumas características: o paladar, a consistência, a cor, etc… até ficarem intragáveis…
Pessoalmente gostava de saber mais sobre que características irão perder as centrais nucleares com o estender deste prazo?
Naturalmente a segurança não será a mesma… por isso podemos concluir que a segurança será a característica que mais será posta em causa… e Chernobyl é mesmo ali ao lado…
Bem, se calhar pensando melhor, já que aquilo já está poluído que mal fará mais um pouco, não é verdade?
Enfim…

A associação de bancos alemães diz que os dez maiores bancos poderão vir a necessitar de mais 105 mil milhões de euros de modo a conseguirem cumprir com os requisitos do Comité de Basileia III.
Que raios… ainda há dias andavam todos contentes que todas as suas indicações tinham sido levadas em conta pelo Comité de Basileia… hmmm… será que lhes será mais rentável começar a chorar pelos cantos, eles que andavam tão felizes?
Situação relatada no artigo: Comité de Basileia Deixa Bancos em Estado Eufórico
Hmmm…

Cheira-me que esses 105 mil milhões de euros poderão vir do fundo de emergência da União Europeia, tal como exigiu o governo alemão. Situação relatada no artigo Um Dia Portugal Será uma Província Alemã (Muito Grave)
Estarão eles a começar a fazer filinha indiana para receber rebuçados?
Hmmm…

E também da Alemanha nos chega um estudo das mentes bélicas alemãs (Bundeswehr) a alertar para os perigos eminentes de um Pico do Petróleo.

A primeira coisa engraçada é que todos os estudos oficiais sobre o Pico do Petróleo aparecem inadvertidamente na Internet… deve ser do óleo… devem escorregar e pumba, lá estão eles à vista de todos na Internet… Hmmm

Vamos então ao que é por lá dito… não se esqueçam que isto é um segredo de Estado…

– O receio que a noção de Pico do Petróleo possa desencadear turbulência nos mercados de bens e nos mercados de capitais.
Ó pá, os defensores das teorias da conspiração já dizem isso há anos… grande segredo…

– Alterações no equilíbrio mundial de poderes, formação de novos relacionamentos tendo por base a independência, um declínio na importância das nações ocidentais industrializadas, o colapso total dos mercados e de crises políticas e económicas muito sérias.
Desculpem… isto não é o Tenente Coronel Thomas Will a falar… isto é conspiração! Conspiracionista, reaccionário, anarquista!
Mas não… foi confirmada a sua veracidade por fontes governamentais… Sinceramente julgava que apenas os conspiracionistas usassem tal profundidade de análise…

– De acordo com o estudo o Pico do Petróleo poderá acontecer em 2010.
Epá! Desculpem-me! Este gajo é um mentecapto anarquista, conspiracionista! Um doente! Como pode ele dizer tal coisa?

– O impacto do pico do petróleo poderá ser sentido na segurança no espaço de quinze a trinta anos.
Agora sim, foi um pouco mais meiguinho…

– O petróleo irá determinar o poder.
Mas já não é o pão nosso de cada dia as guerras e as alianças pelo poder do petróleo?
Politicamente correcto… sim senhor..

– Os países exportadores de petróleo irão assistir ao aumentar da sua importância.
Pois e 2 + 2 = 4… Tcharam!

– Os países exportadores terão tendência a fechar parte do seu mercado.
Pois e 3 + 3 = 6… Tcharam!

– Os mercados irão falhar.
Pois e 4 +4 = 8… Tcharam!

– Terá de ser totalmente repensada a forma de alocação de energia nos países.
Pois é natural… se existe menos energia é normal ter de se repensar a forma como se a usa… brilhante…

– A Alemanha não conseguirá evitar as crises por estar tão dependente dos mercados internacionais.
Mas a Alemanha tem reservas de petróleo no seu solo? Brilhante conclusão…

– O risco de sobrevivência da democracia.
Conspiracionista! Anarquista! Doente mental!

Conclusão:

Faz anos que estudos independentes vêm a alertar para este facto, estudos esses que não foram realizados apenas quando já não há volta a dar. Esses estudos foram intitulados de conspiracionistas, de anarquistas, de pessimistas, de reaccionários… sei lá mais que termos foram usados para descredibilizar esses estudos, e para não variar era nesses estudos que estava a razão e não nas palavras de circunstância que somos bombardeados diariamente pelos políticos, pelas instituições internacionais, pelos economistas, pelos ditos especialistas que mais parecem ser especialistas na banha da cobra, por quase tudo o que tenha o selo de politicamente correcto…

O silêncio pensado por todas estas instituições com obrigações para com os Zé Povinhos do mundo é execrável, deviam ser todas elas levadas ao tribunal de Haia e  julgadas por crimes contra a humanidade.
Quem mais irá sentir as dores destes silêncios será a humanidade, os seus povos, a quem tem sido dito: Gastem, consumam, comprem, usem, abusem… façam o que quiserem mas gastem e consumam!
Para quem?
Para o bem de quem?
Para o quê?

Pois é, o mundo é uma bola esférica que nos tem sido vendido como uma rampa que irá continuar a crescer até às estrelas… quer dizer… irá continuar a crescer até ficarmos a ver estrelas…

Notícia do RTP1 – Alemanha prolonga duração média de centrais em 12 anos
Notícia da Reuters – Bancos alemães podem necessitar de 105 bi euros por Basileia III
Notícia do Spiegel – Military Study Warns of a Potentially Drastic Oil Crisis

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 06/09/2010, in Ambiente, Economia, Energias and tagged , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: