A Falsa Demanda da Banca

Os negócios internos da banca foram o motor da crise financeira.

Acho que já todos sabíamos que a banca foi a principal responsável pelo evoluir do caos financeiro que conduziu ao estado em que se encontra a economia mundial actualmente.

Hoje ficamos a saber um pouco mais profundamente como tal se processou: Criaram uma falsa procura.

O Merryl Lynch, Citigroup, USB e outros compraram os seus próprios produtos de forma a “enganar” os mercados.
Em 2006, começaram os problemas com o sector imobiliário que começou a corroer as contas dos bancos. Então de forma a esconder os números negativos os bancos começaram a criar derivados dos derivados de modo a criar a ilusão de fluidez. O que criaram foi uma bolha financeira baseada em “nada”, porque já não havia valor de mercado que sustentasse esse mercado. Criaram um novo problema para tentar esconder outro problema – foi a lógica da batata… a constante ilusão de que o adiar dos problemas dará tempo suficiente para se encontrar uma solução para os resolver, e o que constatamos é que o que acontece quase invariavelmente é o agudizar dos mesmos.

Este estratagema financeiro gerou elevados dividendos no curto prazo para a banca. O exemplo tipo dos rendimentos gerados por ano por cada derivado era de 5 a 10 milhões de dólares, que depois quase metade era dividido para pagar bónus aos “casineiros”.

A maioria destes derivados valem actualmente pouco mais que cêntimos… esta é a verdadeira imagem da loucura desmedida do vício que governa a conduta da banca, de Wall Street e de quase todas as praças financeiras mundiais.

Uma explicação detalhada sobre esta questão está desenvolvida na investigação do ProPublica – de leitura obrigatória de forma a perceber a verdadeira profundidade desta questão.

Acho que o importante a retirar daqui é que os vícios continuam os mesmos, pouco ou nada se aprendeu com os erros cometidos, e que com uma economia cada vez mais titubeante a tendência para que a banca continue a tentar fazer crescer este tipo de produtos financeiros é uma realidade vincada.

A vida de um país não pode, não deve, nem nunca devia ter sido “vendida” para as mãos de capital privado. Um mercado global não pode, não deve, nem nunca devia ser sinónimo de loucura descontrolada de produtos financeiros, devia apenas e só representar livre comércio… o comércio é que é importante para as sociedades e não os mercados de papel, quando para mais grande parte desse papel é apenas e só uma ilusão de rentabilidade.

Continuemos a deixar nas mãos destes loucos o futuro das economias e vamos todos aprender da forma mais difícil o que representa a ânsia de ganância destes agarradinhos ao numerário…

Noticia do ProPublica – Banks’ Self-Dealing Super-Charged Financial Crisis
Notícia da MSNBC – Finally, the housing meltdown makes sense
Notícia da CNBC – Did Banks ‘Fake’ Demand For Niche, Housing Products?

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 28/08/2010, in Banca, Corrupção, Economia and tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: