Os Bancos, os Lucros e o Choradinho

Este não é sobre uma notícia do dia de hoje, mas uma soma de algumas notícias que tenho apanhado sobre os resultados semestrais de bancos.

Nestas últimas duas, três semanas foram saindo os resultados das contas dos bancos. Como exercício “técnico” queria contabilizar esses números:

* Goldman Sachs – 613 milhões de dólares (464 milhões de euros)
* BPI – 99,5 milhões de euros
* UBS – 1,5 mil milhões de euros
* Deutsche Bank – 1,16 mil milhões de euros
* Bradesco – 2 mil milhões de euros
*BCP – 163,2 milhões de euros
* BiG – 11,4 milhões de euros
* Banco Bilbao Vizcaya – 1,29 mil milhões de euros
* Finantia – 6,3 milhões de euros
* Santander Brasil – 765 milhões de euros
* Santander – 4,45 mil milhões de euros
* Santander Totta – 247,2 milhões de euros
* BES – 282,2 milhões de euros
* HSBC – 5,17 mil milhões de euros
* BNP Paribas – 2,11 mil milhões de euros
(Apenas alguns dos bancos que encontrei os resultados do primeiro semestre do ano)

Mesmo assim dá para fazer um exercício “engraçado”
19.867,8 milhões de euros de lucro no primeiro semestre de 2010 e ainda assim continuam com o choradinho de que: “Não nos aumentem os impostos senão a economia pára!”.
Se conseguirem encontrar outro sector da economia que chegue sequer aos calcanhares da banca, avisem-me…

A banca nada produz – quer dizer, alguns bens tóxicos – de palpável, apenas numerário. A indústria mundial, que devia ser a verdadeira dinamizadora da economia mundial está a milhas de chegar aos números registados pela banca.
Não podemos esperar que o lucro do mundo seja o resultado do movimento de papeis, pois isso não reflecte a real economia. A construção económica base sobre qual assenta o nosso presente e o nosso futuro é puramente académico e não palpável. O que acontece com todas as teses académicas é que na sua maioria quando são aplicadas à realidade não são tão fiáveis quanto se poderia esperar, e este “esquema em pirâmide” também não o é…

Um dia destes ainda teremos de voltar às raízes e olhar para a economia como algo que produz e não apenas como algo que troca papeis… nesse dia a banca de forma alguma atingirá lucros tão grosseiros como os que apresenta actualmente quando comparados com o verdadeiro tecido produtor…

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 04/08/2010, in Banca and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: