A Inquisição, Galileu Galilei, Aquecimento Global e Solar Max. (Uma Explosão a Caminho da Terra)(Actualizado)

Cientistas da NASA avisam para nos prepararmos para ser atingidos por um tsunami solar que vem a caminho da Terra. Irá a vaga de calor que está a afectar a Rússia terminar com as dúvidas em relação ao aquecimento global?

Astrónomos, um pouco por todo o mundo, assistiram a uma explosão solar com uma área equivalente à da Terra.
É expectável que a onda de gás super carregado de energia atinja ainda hoje a Terra.

Este tipo de explosão solar pode colocar em causa os satélites, as redes eléctricas, computadores, as comunicações, etc…

Como já expliquei no post Climategate – Todos Inocentados…, o Sol entrou no ciclo a que os cientistas chamam de Solar Max., do qual esperam que até 2012/2013 a Terra seja bombardeada regularmente e cada vez com mais intensidade por explosões como esta…

Ao mesmo tempo a Rússia está a passar por uma das mais intensas vagas de calor da sua história – a maior de há 130 anos.
Esta vaga de calor está a ser usada, e até mesmo abusada, para justificar o aquecimento global… É indesmentível que o planeta está a aquecer, mas também é indesmentível que alguns cientistas previram isso usando apenas e só o Sol como referência. No início de 2000, cientistas previram que os anos de 2010, 2011 e 2012 iriam ser os mais quentes já registados porque o Sol vai atingir o seu pico máximo de actividade desde há mil anos, talvez mesmo o maior desde há 8 mil anos…

Gostava de dar a conhecer Henrik Svensmark, um cientista que estuda os efeitos dos raios cósmicos na formação das nuvens, e no geral os efeitos do sol sobre o planeta.
Infelizmente, numa época quase de inquisição às ideias contrárias ao CO2, os seus estudos são largamente ignorados pela comunidade que se dedica ao estudo do aquecimento global. Mas nem todos o renegam, o CERN é quem subsidia as suas pesquisas, por isso podemos dizer que este é um dos poucos cientistas que chegou ao topo da carreira (enquanto reconhecimento entre pares)…

A ideia prevalente que o homem e as emissões de CO2 são quase a única causa do aquecimento global é algo que considero absolutamente redutora, até mesmo ridícula, comparável apenas à época de Galileu Galilei e à Inquisição em que um defendia que a Terra era redonda e as vozes da maioria defendiam que a Terra era plana e o centro do Universo.

O problema do aquecimento global está a ser gerido de forma muito semelhante a essa época, em que o Homem é o centro da Terra e que quase tudo o que nos rodeia tem um impacto diminuto sobre o planeta.
Que dizer do Sol? Será apenas um ser estável que não exerce influência sobre o planeta Terra? Que dizer de todo o Universo que nos envolve? Não terá nada a ver com nada?
A tendência do Homem para valorizar em demasia os seus feitos e defeitos leva a que perca a noção da sua realidade e crie uma ilusão onde ele é o Rei… Má ciência…

Precisamos de mais cientistas como Henrik Svensmark e menos crentes absolutistas como são grande parte dos defensores do CO2 causa única. Precisamos de mais Galileus Galilei e de menos Inquisição…

Actualização:
Vou juntar a este texto um estudo de cientistas portugueses que demonstra que os ciclos solares influenciam as marés em veneza, porque influenciam as tempestades sobre o Mediterrâneo…
Só mais uma para juntar à fogueira do CO2…

Notícia do The Telegraph – Nasa scientists braced for ‘solar tsunami’ to hit earth
Notícia do NewsScientist – The sun sends a charged cloud hurtling our way
Notícia da Time – Will Russia’s Heat Wave End Its Global-Warming Doubts?
Notícia da Discover – Sun’s Shifts May Cause Global Warming
Notícia da NewScientist – Solar cycle may drive Venice’s floods

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 03/08/2010, in Ambiente and tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink. 2 comentários.

  1. PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE PRODUTORES RURAIS

    A Federação da Agricultura do Estado do Espírito Santo (FAES), através de seu Conselho de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (COMARH), com o apoio do Núcleo de Estudos em Percepção Ambiental / NEPA, está iniciando uma pesquisa (inéditas e em âmbito estadual) voltada ao estudo da percepção ambiental dos produtores rurais. Entre outros objetivos, a pesquisa visa assegurar à FAES informações adicionais para seu programa de conscientização ambiental do segmento dos produtores rurais. É pretensão do NEPA levar (posteriormente) esta importante pesquisa para outros Estados de modo a, progressivamente, ter o cenário da percepção ambiental nacional do segmento O NEPA acaba de concluir na Região da Grande Vitória (ES), pesquisa também inédita para a região, um estudo da percepção ambiental da sociedade frente à problemática (causas, efeitos, prós e contras) das mudanças climáticas.

    Roosevelt S. Fernandes, M. Sc.
    Núcleo de Estudos em Percepção Ambiental / NEPA
    roosevelt@ebrnet.com.br

  2. Neste caso já dou os meus parabéns pelo excelente artigo – e recomendo o mitosclimaticos.blogspot.com do climatologista Português Rui G. Moura. Muito interessante!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: