Um Dia Portugal Será uma Província Alemã (Muito Grave)

O governo alemão está a preparar uma série de regras para os estados europeus que entrem em insolvência. Requererá que os investidores privados tenham de assumir parte do fardo e que forçará os estados em causa a abdicar de parte da sua soberania.

Estou estarrecido! A Alemanha vai propor que os estados que não cumpram com os desígnios da Comissão Europeia percam parte da sua soberania? Isto é de uma gravidade quase sem precedentes, isto é o IV Reich! Isto é uma proposta de anexação dos estados europeus, não através da força das armas, mas através do federalismo europeu, federalismo esse que é mostra ser o desejo “ardente” da Alemanha!

Será que voltei atrás no tempo e estarei a ouvir Hitler a propor uma solução para Europa depois de uma crise financeira mundial? Não esquecer que Hitler chegou ao poder nas cinzas da Grande Depressão de 1929. Será isto um “dejá vu”?

Já por aqui escrevi que a Alemanha tem sido um dos maiores obstáculos à resolução dos problemas económicos na Europa, adiando constantemente a tomada de posições e levando ao arrastar dos problemas quase até ao limite. Terá sido isso uma forma de levar esta avante?

Na reunião para debater este assunto estiveram Angela (Hitler) Merkel, Nicolas (L’Oréal) Sarkozy, José Manuel (Cherne) Barroso e o Primeiro-Ministro grego Georgios (Corrupção) Papandreou. De lá saiu mais uma informação muito importante:
“Os 750 biliões de euros do fundo de emergência é apenas uma medida para comprar tempo”. Nada que surpreenda por aí além, mas vir da boca deles é realmente um feito.

Ficámos também a saber que o governo alemão quer para si 170 mil milhões do fundo de emergência.
Ou estou a ficar “gá-gá” ou então a economia alemã é a que menos precisa de fundos de emergência… isto até parece um sistema de lavagem de dinheiro…

Também ficámos a saber que este é um plano secreto. Pssst, não contém a ninguém o que está aqui escrito…
Só pode ser comédia…

E ainda que as nações incumpridoras sofrerão “um corte de cabelo” (são palavras deles), onde as suas dívidas não serão pagas na totalidade aos credores.
Deve ser esta a forma, dos estados que tenham em posse mais créditos por cobrar ao país em dificuldades, de “comprar” parte da sua soberania…

E formaram um novo clube. O Clube de Berlim (Para além do Clube de Paris e do Clube de Londres – já dá para criar um campeonato). Primeiro, quem esteja a par de outros clubes do género, como o Clube de Roma, sabe bem que os intentos destes clubes são única e exclusivamente financeiros onde a parte social é pura e simplesmente jogada para que os ganhos sejam potenciados. Segundo, sempre que os políticos fecham a porta aos olhares do público deixam de ser políticos e passam a ser empresários ou mandatários de interesses financeiros/comerciais.

E claro, o FMI (O braço armado da banca) terá um papel de relevo no clube…

Mas o melhor é lerem esta notícia toda na sua raiz porque o que é proposto é algo puramente orwelliano, algo absolutamente inqualificável para quem se sinta parte viva do seu país, e é mais um passo para a crescente destruição da democracia em benefício da “nouvel” demo-cracia.

Isto é muito grave!!!!

Notícia do Spiegel – Creating Order in the Euro Zone

About minhamosca

Em busca de mais conhecimento

Posted on 17/07/2010, in Corrupção, Economia and tagged , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: